Fechar
Publicidade

Sábado, 20 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Baldy terá de falar sobre Linha 18 na Assembleia

Arquivo/ Agência Brasil Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Secretário de Transportes participará de audiência e possibilidade de troca de modal estará em debate


Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

14/06/2019 | 07:00


Secretário de Transportes Metropolitanos do Estado, Alexandre Baldy terá de prestar contas à Assembleia Legislativa no dia 25, às 14h30, e será questionado sobre a possibilidade de mudança no modal da Linha 18-Bronze, que ligará o Grande ABC à Capital.

Na quarta-feira, as comissões de assuntos metropolitanos e municipais, de transportes e de infraestrutura fecharam data para ouvir Baldy a respeito de andamento de processos de sua pasta. A visita é obrigatória, conforme o artigo 52 da Constituição Estadual, que determina a prestação de contas semestral de secretários de Estado.

Como há um mês a base aliada do governador João Doria (PSDB) protela a análise de requerimento de convite de Baldy para tratar especificamente da Linha 18 dentro da comissão de assuntos metropolitanos e municipais, a oposição avisou que utilizará o expediente obrigatório para tentar extrair respostas concretas do secretário acerca do caso.

Depois de prometer em campanha tirar a Linha 18 do papel com monotrilho – o contrato foi assinado em 2014, mas o projeto empacou nas desapropriações –, Doria mudou discurso neste ano. Afirmou que iria fazer estudo de viabilidade econômica do projeto e admitiu que pode trocar o monotrilho pelo BRT (sistema de ônibus de alta velocidade, na sigla em inglês). A avaliação deve ficar pronta até o fim do mês, segundo projeção do próprio governador.

“O secretário está confirmado, dia 25 estará na Assembleia e vamos indagar sobre a Linha 18. Não aceitamos ônibus. Ônibus já tem. O Grande ABC quer Metrô, merece Metrô e tem direito ao Metrô. Já está inclusive licitado e contratado. Precisamos do início das obras, fazer a desapropriação, tocar a obra. Prejuízo para o Grande ABC se o Metrô não vier é muito grande”, disse Luiz Fernando Teixeira (PT), de São Bernardo, integrante da comissão de assuntos metropolitanos.

O petista comentou que colegas da bancada regional externaram a ele o desejo pelo monotrilho, como Thiago Auricchio (PL), de São Caetano, Coronel Nishikawa (PSL), de São Bernardo, Márcio da Farmácia (Podemos), de Diadema, e Teonilio Barba (PT), de São Bernardo. “Quem está fora, até pela relação com o governo, é a Carla (Morando, líder da bancada do PSDB, de São Bernardo).”

“Nossa torcida e expectativa são para que o secretário traga luz a esse debate sobre a ligação entre a nossa região e São Paulo. Quanto mais rápido obtivermos essa resposta, poderemos promover um debate amplo”, comentou Thiago, emendando que é necessário ouvir a população sobre o caso.

Carla negou existência de manobras para blindar secretários dentro da Assembleia. “O governo do PSDB atua de forma transparente e está aberto para esclarecimentos”, declarou a tucana. Ela ressaltou que não faz parte da comissão de assuntos metropolitanos e municipais e que “não compactua com as mentiras divulgadas pelo deputado do PT Luiz Fernando Teixeira”.

Frente regional será lançada na 2ª

A Frente Parlamentar em Apoio aos Municípios do Grande ABC será oficialmente lançada na segunda-feira, às 19h, na sede do Consórcio Intermunicipal do Grande ABC, em Santo André, e a instalação da Linha 18-Bronze do Metrô será uma das bandeiras do grupo.

“Chegou o momento de o Grande ABC resgatar sua importância junto ao governo do Estado. É hora de unir as forças da região em uma só. Nossa ideia é buscar, de maneira conjunta, efetivar as melhorias que proporcionem mais qualidade de vida para a população, recolocando o Grande ABC como prioridade regional”, afirmou o deputado estadual Thiago Auricchio (PL), de São Caetano, idealizador do bloco. O parlamentar avisou que o debate sobre a Linha 18 entrará na pauta “com urgência”.

Na solenidade são esperadas as presenças de secretários de Estado, deputados estaduais e federais, além de prefeitos e vereadores da região. Serão analisados o regimento interno da frente e o plano de trabalho dos deputados e demais integrantes participantes.

"Carrego comigo sentimento de mudança, de união, de pacificação por um bem comum, que é a população. Essa frente pode ser divisor de águas no discurso da regionalidade. Vamos trabalhar nesse sentido”, declarou Thiago.

A bancada regional, além de Thiago, conta com Carla Morando (PSDB), Teonilio Barba (PT), Luiz Fernando Teixeira (PT), Márcio da Farmácia (Podemos) e Coronel Nishikawa (PSL).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Baldy terá de falar sobre Linha 18 na Assembleia

Secretário de Transportes participará de audiência e possibilidade de troca de modal estará em debate

Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

14/06/2019 | 07:00


Secretário de Transportes Metropolitanos do Estado, Alexandre Baldy terá de prestar contas à Assembleia Legislativa no dia 25, às 14h30, e será questionado sobre a possibilidade de mudança no modal da Linha 18-Bronze, que ligará o Grande ABC à Capital.

Na quarta-feira, as comissões de assuntos metropolitanos e municipais, de transportes e de infraestrutura fecharam data para ouvir Baldy a respeito de andamento de processos de sua pasta. A visita é obrigatória, conforme o artigo 52 da Constituição Estadual, que determina a prestação de contas semestral de secretários de Estado.

Como há um mês a base aliada do governador João Doria (PSDB) protela a análise de requerimento de convite de Baldy para tratar especificamente da Linha 18 dentro da comissão de assuntos metropolitanos e municipais, a oposição avisou que utilizará o expediente obrigatório para tentar extrair respostas concretas do secretário acerca do caso.

Depois de prometer em campanha tirar a Linha 18 do papel com monotrilho – o contrato foi assinado em 2014, mas o projeto empacou nas desapropriações –, Doria mudou discurso neste ano. Afirmou que iria fazer estudo de viabilidade econômica do projeto e admitiu que pode trocar o monotrilho pelo BRT (sistema de ônibus de alta velocidade, na sigla em inglês). A avaliação deve ficar pronta até o fim do mês, segundo projeção do próprio governador.

“O secretário está confirmado, dia 25 estará na Assembleia e vamos indagar sobre a Linha 18. Não aceitamos ônibus. Ônibus já tem. O Grande ABC quer Metrô, merece Metrô e tem direito ao Metrô. Já está inclusive licitado e contratado. Precisamos do início das obras, fazer a desapropriação, tocar a obra. Prejuízo para o Grande ABC se o Metrô não vier é muito grande”, disse Luiz Fernando Teixeira (PT), de São Bernardo, integrante da comissão de assuntos metropolitanos.

O petista comentou que colegas da bancada regional externaram a ele o desejo pelo monotrilho, como Thiago Auricchio (PL), de São Caetano, Coronel Nishikawa (PSL), de São Bernardo, Márcio da Farmácia (Podemos), de Diadema, e Teonilio Barba (PT), de São Bernardo. “Quem está fora, até pela relação com o governo, é a Carla (Morando, líder da bancada do PSDB, de São Bernardo).”

“Nossa torcida e expectativa são para que o secretário traga luz a esse debate sobre a ligação entre a nossa região e São Paulo. Quanto mais rápido obtivermos essa resposta, poderemos promover um debate amplo”, comentou Thiago, emendando que é necessário ouvir a população sobre o caso.

Carla negou existência de manobras para blindar secretários dentro da Assembleia. “O governo do PSDB atua de forma transparente e está aberto para esclarecimentos”, declarou a tucana. Ela ressaltou que não faz parte da comissão de assuntos metropolitanos e municipais e que “não compactua com as mentiras divulgadas pelo deputado do PT Luiz Fernando Teixeira”.

Frente regional será lançada na 2ª

A Frente Parlamentar em Apoio aos Municípios do Grande ABC será oficialmente lançada na segunda-feira, às 19h, na sede do Consórcio Intermunicipal do Grande ABC, em Santo André, e a instalação da Linha 18-Bronze do Metrô será uma das bandeiras do grupo.

“Chegou o momento de o Grande ABC resgatar sua importância junto ao governo do Estado. É hora de unir as forças da região em uma só. Nossa ideia é buscar, de maneira conjunta, efetivar as melhorias que proporcionem mais qualidade de vida para a população, recolocando o Grande ABC como prioridade regional”, afirmou o deputado estadual Thiago Auricchio (PL), de São Caetano, idealizador do bloco. O parlamentar avisou que o debate sobre a Linha 18 entrará na pauta “com urgência”.

Na solenidade são esperadas as presenças de secretários de Estado, deputados estaduais e federais, além de prefeitos e vereadores da região. Serão analisados o regimento interno da frente e o plano de trabalho dos deputados e demais integrantes participantes.

"Carrego comigo sentimento de mudança, de união, de pacificação por um bem comum, que é a população. Essa frente pode ser divisor de águas no discurso da regionalidade. Vamos trabalhar nesse sentido”, declarou Thiago.

A bancada regional, além de Thiago, conta com Carla Morando (PSDB), Teonilio Barba (PT), Luiz Fernando Teixeira (PT), Márcio da Farmácia (Podemos) e Coronel Nishikawa (PSL).

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;