Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 18 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Câmara dos Comuns rejeita tentativa de descartar Brexit sem acordo



12/06/2019 | 14:54


Parlamentares da oposição no Reino Unido fracassaram nesta quarta-feira em sua mais recente tentativa de garantir que o país não deixe a União Europeia sem um acordo. A Câmara dos Comuns votou por 309 a 298 contra reservar um dia neste mês para tentar aprovar legislação que impediria um Brexit sem acordo.

"Esta é uma derrota desapontadora, por margem estreita", afirmou o porta-voz do Partido Trabalhista para o Brexit, Keir Starmer. Segundo ele, a sigla oposicionista continuará a tentar bloquear uma saída sem acordo com a UE.

O governista Partido Conservador, por sua vez, realiza disputa interna para substituir a premiê Theresa May, que deixou o comando da sigla na semana passada, após o Parlamento rejeitar três vezes seu acordo para o Brexit. Apontado como favorito, Boris Johnson diz que pretende retirar o Reino Unido da UE no prazo atual, de 31 de outubro, com ou sem acordo com a UE. Muitos economistas, porém, advertem que isso causaria distúrbios econômicos e provocaria recessão no país. Ao mesmo tempo, os conservadores temem resultado muito ruim na eleição, caso o Brexit seja novamente adiado. Fonte: Associated Press.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Câmara dos Comuns rejeita tentativa de descartar Brexit sem acordo


12/06/2019 | 14:54


Parlamentares da oposição no Reino Unido fracassaram nesta quarta-feira em sua mais recente tentativa de garantir que o país não deixe a União Europeia sem um acordo. A Câmara dos Comuns votou por 309 a 298 contra reservar um dia neste mês para tentar aprovar legislação que impediria um Brexit sem acordo.

"Esta é uma derrota desapontadora, por margem estreita", afirmou o porta-voz do Partido Trabalhista para o Brexit, Keir Starmer. Segundo ele, a sigla oposicionista continuará a tentar bloquear uma saída sem acordo com a UE.

O governista Partido Conservador, por sua vez, realiza disputa interna para substituir a premiê Theresa May, que deixou o comando da sigla na semana passada, após o Parlamento rejeitar três vezes seu acordo para o Brexit. Apontado como favorito, Boris Johnson diz que pretende retirar o Reino Unido da UE no prazo atual, de 31 de outubro, com ou sem acordo com a UE. Muitos economistas, porém, advertem que isso causaria distúrbios econômicos e provocaria recessão no país. Ao mesmo tempo, os conservadores temem resultado muito ruim na eleição, caso o Brexit seja novamente adiado. Fonte: Associated Press.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;