Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 23 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Venda de papelão ondulado cresce 4,2% em maio, mostra preliminar da ABPO



12/06/2019 | 11:46


As vendas de papelão ondulado utilizado em embalagens - caixas, acessórios e chapas - aumentaram 4,22% em maio na comparação com abril e somaram 306.221 toneladas no mês passado. O dado preliminar foi divulgado pela Associação Brasileira de Papelão Ondulado (ABPO).

Considerando os dados dessazonalizados, a expedição de papelão ondulado recuou em 0,5% em relação a abril, para 299.811 toneladas. Apesar do recuo, a entidade observa que este foi o melhor resultado para o mês de maio na série histórica dessazonalizada.

Na comparação com maio do ano passado - quando a atividade foi prejudicada pela paralisação dos caminhoneiros, a produção cresceu 29,22%.

Em nota, a associação atribuiu a forte expansão no comparativo anual à greve dos caminhoneiros que ocorreu em maio de 2018 "e levou a uma forte queda na expedição de papelão ondulado e, por si só um aumento acima dos 20% em 2019".

Com um dia útil a mais em maio do que no ano anterior, a produção por dia útil cresceu 24,25% no mês. Ante abril nesse critério foi registrado leve acréscimo de 0,21%.

No acumulado dos primeiros cinco meses do ano, a expedição de papelão ondulado cresceu 4,72% sobre igual período do ano anterior.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Venda de papelão ondulado cresce 4,2% em maio, mostra preliminar da ABPO


12/06/2019 | 11:46


As vendas de papelão ondulado utilizado em embalagens - caixas, acessórios e chapas - aumentaram 4,22% em maio na comparação com abril e somaram 306.221 toneladas no mês passado. O dado preliminar foi divulgado pela Associação Brasileira de Papelão Ondulado (ABPO).

Considerando os dados dessazonalizados, a expedição de papelão ondulado recuou em 0,5% em relação a abril, para 299.811 toneladas. Apesar do recuo, a entidade observa que este foi o melhor resultado para o mês de maio na série histórica dessazonalizada.

Na comparação com maio do ano passado - quando a atividade foi prejudicada pela paralisação dos caminhoneiros, a produção cresceu 29,22%.

Em nota, a associação atribuiu a forte expansão no comparativo anual à greve dos caminhoneiros que ocorreu em maio de 2018 "e levou a uma forte queda na expedição de papelão ondulado e, por si só um aumento acima dos 20% em 2019".

Com um dia útil a mais em maio do que no ano anterior, a produção por dia útil cresceu 24,25% no mês. Ante abril nesse critério foi registrado leve acréscimo de 0,21%.

No acumulado dos primeiros cinco meses do ano, a expedição de papelão ondulado cresceu 4,72% sobre igual período do ano anterior.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;