Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 17 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Podemos votar Previdência neste semestre se governadores ajudarem, diz Ramos



12/06/2019 | 08:26


O deputado federal Marcelo Ramos (PL-AM), presidente da Comissão Especial que analisa a Reforma da Previdência na Câmara dos Deputados, disse na manhã desta quarta-feira, 12, em entrevista à rádio CBN que é possível que a reforma seja votada na Comissão ainda no primeiro semestre, desde que os governadores que já se declararam favoráveis à matéria incentivem suas bancadas.

"Não adianta governadores embarcarem sozinhos, eles têm que trazer as bancadas e ainda não percebemos isso em partidos de oposição, como o PT", disse Ramos. O deputado ponderou, no entanto, que isso também depende da articulação da Presidência da República, que até agora demonstrou "falta de sensibilidade para negociar com os governadores".

O parlamentar ainda citou que, a partir da semana que vem, abrirá para a discussão da matéria, vislumbrando uma votação na Comissão ainda este mês. "Depois, no Plenário, depende do presidente Rodrigo Maia (DEM-RJ). Na comissão preciso de maioria simples, de 25 votos, enquanto no plenário precisamos de 308 votos", ressaltou.

Ramos disse ainda que os governadores querem que a reforma inclua Estados e municípios porque sabem que "sem a reforma da Previdência, o Brasil todo vira o Rio de Janeiro ou Minas Gerais, que não conseguem pagar o funcionalismo público".



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Podemos votar Previdência neste semestre se governadores ajudarem, diz Ramos


12/06/2019 | 08:26


O deputado federal Marcelo Ramos (PL-AM), presidente da Comissão Especial que analisa a Reforma da Previdência na Câmara dos Deputados, disse na manhã desta quarta-feira, 12, em entrevista à rádio CBN que é possível que a reforma seja votada na Comissão ainda no primeiro semestre, desde que os governadores que já se declararam favoráveis à matéria incentivem suas bancadas.

"Não adianta governadores embarcarem sozinhos, eles têm que trazer as bancadas e ainda não percebemos isso em partidos de oposição, como o PT", disse Ramos. O deputado ponderou, no entanto, que isso também depende da articulação da Presidência da República, que até agora demonstrou "falta de sensibilidade para negociar com os governadores".

O parlamentar ainda citou que, a partir da semana que vem, abrirá para a discussão da matéria, vislumbrando uma votação na Comissão ainda este mês. "Depois, no Plenário, depende do presidente Rodrigo Maia (DEM-RJ). Na comissão preciso de maioria simples, de 25 votos, enquanto no plenário precisamos de 308 votos", ressaltou.

Ramos disse ainda que os governadores querem que a reforma inclua Estados e municípios porque sabem que "sem a reforma da Previdência, o Brasil todo vira o Rio de Janeiro ou Minas Gerais, que não conseguem pagar o funcionalismo público".

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;