Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 17 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

PSDB determina votação a favor da reforma da Previdência

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

12/06/2019 | 08:50


O PSDB fechou questão e determinou que deputados e senadores do partido votem a favor da reforma da Previdência, que tramita no Congresso Nacional.

O tema foi debatido ontem, em reunião da executiva nacional, em Brasília. Por maioria de votos, a legenda decidiu apoiar formalmente mudanças previdenciárias avisando que parlamentares que forem contrários à orientação estão sujeitos à punição partidária.

“Nós tiramos pela primeira vez em 30 anos uma posição formal de fechamento de questão. Nas anteriores era indicativo. Com isso, nós vinculamos os nossos parlamentares ao voto ‘sim’, em relação ao texto principal que vai ao plenário”, disse Bruno Araújo, presidente nacional da sigla. “Todos parlamentares do PSDB irão dizer ‘sim’ à reforma da Previdência no parecer do texto principal que chegará ao plenário, que sairá da comissão especial.”

A declaração de Araújo reforça que o tucanato também defende a inclusão de Estados e municípios da reforma da Previdência. Esse assunto especificamente ainda é alvo de embates na Câmara Federal. Avanço sobre esse ponto deve acontecer amanhã, quando o relator do texto na casa, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), deve tornar público seu parecer sobre o projeto.

Prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB) participou ontem da reunião da executiva – votou a favor do fechamento de questão pela aprovação da proposta – e defendeu a continuidade de Estados e municípios no texto.

“É essencial que a reforma contemple Estados e municípios. Não tem cabimento. Não incluí-los é aprovar meia reforma. Não é problema da prefeitura A ou B, de Estado A ou B. Todos são deficitários. Hoje você tem servidor aposentando, base (de contribuição) menor e deficit imenso. Isso vai absorvendo recursos municipais que iriam para saúde ou educação. Alguns municípios até suportam o cenário atual, mas deixando de investir na sociedade”, comentou.

O PSDB dispõe de 30 deputados e oito senadores. Dois parlamentares tucanos na Câmara Federal estão na comissão especial que analisa a proposta. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

PSDB determina votação a favor da reforma da Previdência

Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

12/06/2019 | 08:50


O PSDB fechou questão e determinou que deputados e senadores do partido votem a favor da reforma da Previdência, que tramita no Congresso Nacional.

O tema foi debatido ontem, em reunião da executiva nacional, em Brasília. Por maioria de votos, a legenda decidiu apoiar formalmente mudanças previdenciárias avisando que parlamentares que forem contrários à orientação estão sujeitos à punição partidária.

“Nós tiramos pela primeira vez em 30 anos uma posição formal de fechamento de questão. Nas anteriores era indicativo. Com isso, nós vinculamos os nossos parlamentares ao voto ‘sim’, em relação ao texto principal que vai ao plenário”, disse Bruno Araújo, presidente nacional da sigla. “Todos parlamentares do PSDB irão dizer ‘sim’ à reforma da Previdência no parecer do texto principal que chegará ao plenário, que sairá da comissão especial.”

A declaração de Araújo reforça que o tucanato também defende a inclusão de Estados e municípios da reforma da Previdência. Esse assunto especificamente ainda é alvo de embates na Câmara Federal. Avanço sobre esse ponto deve acontecer amanhã, quando o relator do texto na casa, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), deve tornar público seu parecer sobre o projeto.

Prefeito de São Bernardo, Orlando Morando (PSDB) participou ontem da reunião da executiva – votou a favor do fechamento de questão pela aprovação da proposta – e defendeu a continuidade de Estados e municípios no texto.

“É essencial que a reforma contemple Estados e municípios. Não tem cabimento. Não incluí-los é aprovar meia reforma. Não é problema da prefeitura A ou B, de Estado A ou B. Todos são deficitários. Hoje você tem servidor aposentando, base (de contribuição) menor e deficit imenso. Isso vai absorvendo recursos municipais que iriam para saúde ou educação. Alguns municípios até suportam o cenário atual, mas deixando de investir na sociedade”, comentou.

O PSDB dispõe de 30 deputados e oito senadores. Dois parlamentares tucanos na Câmara Federal estão na comissão especial que analisa a proposta. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;