Fechar
Publicidade

Domingo, 16 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Pelé anuncia que não vai participar de eventos durante a Copa América

Reprodução/Instragram Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


11/06/2019 | 14:57


Aos 78 anos, com problemas de saúde e orientação dos médicos para diminuir a rotina de trabalho e participações em eventos públicos, Pelé não estará presente na Copa América. De acordo com o seu assessor particular, José Fornos, não está prevista a ida do Rei do Futebol a nenhum evento do torneio, nem mesmo as cerimônias de abertura e encerramento.

A Copa América começa nesta sexta-feira com a partida entre Brasil e Bolívia, no estádio do Morumbi, em São Paulo. A final está marcada para o dia 7 de julho, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro.

Pelé também não esteve presente em outras edições da Copa América, por problemas de agenda ou conflito de patrocinadores, o que não é caso agora. O Rei do Futebol teve de diminuir a sua participação em eventos este ano por orientação médica. Ele possui apenas um rim e dificuldades de locomoção devido a duas cirurgias no quadril e já foi avisado pelos médicos que, se não reduzir o ritmo de trabalho, corre risco de agravamento do seu estado de saúde.

Em abril, o Rei do Futebol passou mal e precisou ser internado às pressas por causa de uma infecção urinária quando estava em Paris para participar de um evento comercial. De volta ao Brasil, foi novamente internado no hospital Albert Einstein, na zona sul de São Paulo, para retirar uma pedra no rim.

Em congresso realizado no Rio de Janeiro, a Conmebol concedeu a Pelé a Ordem de Honra do Futebol Sul-Americano, a mais alta distinção da entidade. Como estava internado, o Rei do Futebol não pôde comparecer à cerimônia. A sua última aparição pública foi durante um encontro com o ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama, no mês passado, em São Paulo.

A Copa América é o segundo grande evento esportivo consecutivo que Pelé não estará presente. No ano passado, ele ficou de fora de uma Copa do Mundo pela primeira vez desde 1958. O Rei do Futebol jogou os Mundiais de 1958, 1962, 1966 e 1970 e, a partir de 1974, sempre havia participado da Copa como convidado ou comentarista.

Como jogador, Pelé disputou apenas uma edição da Copa América. Foi em 1959, na Argentina, quando ele tinha 18 anos. O Rei do Futebol foi o artilheiro do torneio com oito gols em seis jogos, mas acabou com o vice-campeonato - a Argentina foi a campeã.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Pelé anuncia que não vai participar de eventos durante a Copa América


11/06/2019 | 14:57


Aos 78 anos, com problemas de saúde e orientação dos médicos para diminuir a rotina de trabalho e participações em eventos públicos, Pelé não estará presente na Copa América. De acordo com o seu assessor particular, José Fornos, não está prevista a ida do Rei do Futebol a nenhum evento do torneio, nem mesmo as cerimônias de abertura e encerramento.

A Copa América começa nesta sexta-feira com a partida entre Brasil e Bolívia, no estádio do Morumbi, em São Paulo. A final está marcada para o dia 7 de julho, no estádio do Maracanã, no Rio de Janeiro.

Pelé também não esteve presente em outras edições da Copa América, por problemas de agenda ou conflito de patrocinadores, o que não é caso agora. O Rei do Futebol teve de diminuir a sua participação em eventos este ano por orientação médica. Ele possui apenas um rim e dificuldades de locomoção devido a duas cirurgias no quadril e já foi avisado pelos médicos que, se não reduzir o ritmo de trabalho, corre risco de agravamento do seu estado de saúde.

Em abril, o Rei do Futebol passou mal e precisou ser internado às pressas por causa de uma infecção urinária quando estava em Paris para participar de um evento comercial. De volta ao Brasil, foi novamente internado no hospital Albert Einstein, na zona sul de São Paulo, para retirar uma pedra no rim.

Em congresso realizado no Rio de Janeiro, a Conmebol concedeu a Pelé a Ordem de Honra do Futebol Sul-Americano, a mais alta distinção da entidade. Como estava internado, o Rei do Futebol não pôde comparecer à cerimônia. A sua última aparição pública foi durante um encontro com o ex-presidente dos Estados Unidos Barack Obama, no mês passado, em São Paulo.

A Copa América é o segundo grande evento esportivo consecutivo que Pelé não estará presente. No ano passado, ele ficou de fora de uma Copa do Mundo pela primeira vez desde 1958. O Rei do Futebol jogou os Mundiais de 1958, 1962, 1966 e 1970 e, a partir de 1974, sempre havia participado da Copa como convidado ou comentarista.

Como jogador, Pelé disputou apenas uma edição da Copa América. Foi em 1959, na Argentina, quando ele tinha 18 anos. O Rei do Futebol foi o artilheiro do torneio com oito gols em seis jogos, mas acabou com o vice-campeonato - a Argentina foi a campeã.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;