Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 18 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

IBGE: Produção industrial sobe em 10 de 15 locais pesquisados em abril ante março



11/06/2019 | 09:50


A produção industrial aumentou em dez dos 15 locais pesquisados na passagem de março para abril, segundo os dados da Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física Regional, divulgados nesta terça-feira, 11, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O Estado de São Paulo, maior parque industrial do País, registrou um avanço de 2,4%. Os demais aumentos ocorreram em Pernambuco (8,3%), Bahia (7,4%), Região Nordeste (6,1%), Mato Grosso (5,1%), Ceará (3,7%), Rio Grande do Sul (2,3%), Santa Catarina (1,3%), Paraná (0,3%) e Minas Gerais (0,1%).

Por outro lado, a indústria do Pará despencou 30,3%, a perda mais intensa da série histórica iniciada em 2002. Segundo o IBGE, o recuo foi atípico, puxado pelo setor extrativo. "Houve influências não só da paralisação de plantas produtivas por questões ambientais, em consequência do rompimento de uma barragem de rejeitos de mineração na região de Brumadinho (MG), mas também do impacto causado pelo maior volume de chuvas no período", justificou o IBGE, em relatório.

As demais taxas negativas ocorreram no Espírito Santo (-5,5%), Rio de Janeiro (-4,5%), Goiás (-1,4%) e Amazonas (-1,2%). Na média global, a indústria nacional teve alta de 0,3% em abril ante março, segundo o IBGE.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

IBGE: Produção industrial sobe em 10 de 15 locais pesquisados em abril ante março


11/06/2019 | 09:50


A produção industrial aumentou em dez dos 15 locais pesquisados na passagem de março para abril, segundo os dados da Pesquisa Industrial Mensal - Produção Física Regional, divulgados nesta terça-feira, 11, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O Estado de São Paulo, maior parque industrial do País, registrou um avanço de 2,4%. Os demais aumentos ocorreram em Pernambuco (8,3%), Bahia (7,4%), Região Nordeste (6,1%), Mato Grosso (5,1%), Ceará (3,7%), Rio Grande do Sul (2,3%), Santa Catarina (1,3%), Paraná (0,3%) e Minas Gerais (0,1%).

Por outro lado, a indústria do Pará despencou 30,3%, a perda mais intensa da série histórica iniciada em 2002. Segundo o IBGE, o recuo foi atípico, puxado pelo setor extrativo. "Houve influências não só da paralisação de plantas produtivas por questões ambientais, em consequência do rompimento de uma barragem de rejeitos de mineração na região de Brumadinho (MG), mas também do impacto causado pelo maior volume de chuvas no período", justificou o IBGE, em relatório.

As demais taxas negativas ocorreram no Espírito Santo (-5,5%), Rio de Janeiro (-4,5%), Goiás (-1,4%) e Amazonas (-1,2%). Na média global, a indústria nacional teve alta de 0,3% em abril ante março, segundo o IBGE.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;