Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 22 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Ceará e Bahia empatam sem gols no Castelão pelo Brasileirão



08/06/2019 | 21:44


O Bahia pontuou na briga para se manter na parte de cima da classificação do Campeonato Brasileiro. Em jogo sem grandes emoções, o time de Salvador ficou no 0 a 0 contra o Ceará, no Castelão, em Fortaleza, pela sétima rodada, neste sábado.

Com o resultado, o Bahia atingiu o G4 do Brasileirão, com 14 pontos, deixando para trás Flamengo e Santos, que entram em campo neste domingo. O Ceará, por sua vez, segue em posição intermediária, com dez pontos.

Bahia e Ceará fizeram um primeiro tempo frio e sem gols. Os donos da casa ficaram mais com a bola, só que não furaram o bloqueio imposto pelo time baiano. Desta forma, o Ceará levou perigo apenas em chutes de fora da área. Bastante acionados no campo de ataque, Samuel Xavier e Carleto tentaram de longe, mas pararam em Douglas.

A estratégia dos visitantes deu resultado com as poucas chances criadas pelo Ceará. Aos poucos, o Bahia saiu para o ataque, usando a referência de Fernandão nas bolas longas. Aos 43 minutos, o centroavante ajeitou para Arthur Caike, mas o chute saiu por cima da meta. Logo em seguida, a dupla voltou a funcionar. Fernandão tentou de bicicleta, Caike ficou com a sobra e acertou o pé da trave de Diogo Silva.

O segundo tempo foi mais movimentado, com as duas equipes mais soltas em campo. A primeira chegada perigosa veio pelo lado dos mandantes. Thiago Galhardo escapou em velocidade, ficou de frente para o gol e arriscou. Douglas caiu bem para fazer a defesa. No rebote, Leandro Carvalho tentou finalizar, mas acabou travado por Nino Paraíba. A resposta do Bahia veio em seguida. Arthur Caike recebeu dentro da área e finalizou colocado, carimbando a trave de Diogo Silva.

Apesar do susto, o Ceará seguiu em cima. Thiago Galhardo recebeu em velocidade pelo lado direito e tocou na saída de Douglas. A bola, no entanto, saiu pela linha de fundo. O Bahia não conseguiu mais encaixar contra-ataques e sofreu pressão do adversário nos minutos finais. Em meio a velocidade da partida, Ricardinho caprichou em cobrança de falta, mas Douglas mandou para escanteio, aos 37. No final, Thiago Galhardo teve a última chance de marcar, mas parou em Douglas novamente.

O Bahia volta a campo contra o Internacional, na próxima quarta-feira, às 21h30, no Beira-Rio, em Porto Alegre. Na quinta, o Ceará visita o Vasco, em São Januário, às 19h15.

FICHA TÉCNICA

CEARÁ 0 X 0 BAHIA

CEARÁ - Diogo Silva; Samuel Xavier, Valdo, Luiz Otávio e Thiago Carleto; Fabinho, Ricardinho, Fernando Sobral e Thiago Galhardo; Rick (Leandro Carvalho) e Bergson (Romário Rodrigues). Técnico: Enderson Moreira

BAHIA - Douglas Friedrich; Nino Paraíba, Ernando, Lucas Fonseca e Moisés; Gregore, Elton (Ramires) e Douglas; Artur, Fernandão (Rogério) e Elber (Arthur Caike). Técnico: Roger Machado.

ÁRBITRO - Thiago Duarte Peixoto (SP).

CARTÕES AMARELOS - Samuel Xavier e Ricardinho (Ceará); Artur e Gregore (Bahia).

RENDA E PÚBLICO - Não divulgados.

LOCAL - Castelão, em Fortaleza (CE).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Ceará e Bahia empatam sem gols no Castelão pelo Brasileirão


08/06/2019 | 21:44


O Bahia pontuou na briga para se manter na parte de cima da classificação do Campeonato Brasileiro. Em jogo sem grandes emoções, o time de Salvador ficou no 0 a 0 contra o Ceará, no Castelão, em Fortaleza, pela sétima rodada, neste sábado.

Com o resultado, o Bahia atingiu o G4 do Brasileirão, com 14 pontos, deixando para trás Flamengo e Santos, que entram em campo neste domingo. O Ceará, por sua vez, segue em posição intermediária, com dez pontos.

Bahia e Ceará fizeram um primeiro tempo frio e sem gols. Os donos da casa ficaram mais com a bola, só que não furaram o bloqueio imposto pelo time baiano. Desta forma, o Ceará levou perigo apenas em chutes de fora da área. Bastante acionados no campo de ataque, Samuel Xavier e Carleto tentaram de longe, mas pararam em Douglas.

A estratégia dos visitantes deu resultado com as poucas chances criadas pelo Ceará. Aos poucos, o Bahia saiu para o ataque, usando a referência de Fernandão nas bolas longas. Aos 43 minutos, o centroavante ajeitou para Arthur Caike, mas o chute saiu por cima da meta. Logo em seguida, a dupla voltou a funcionar. Fernandão tentou de bicicleta, Caike ficou com a sobra e acertou o pé da trave de Diogo Silva.

O segundo tempo foi mais movimentado, com as duas equipes mais soltas em campo. A primeira chegada perigosa veio pelo lado dos mandantes. Thiago Galhardo escapou em velocidade, ficou de frente para o gol e arriscou. Douglas caiu bem para fazer a defesa. No rebote, Leandro Carvalho tentou finalizar, mas acabou travado por Nino Paraíba. A resposta do Bahia veio em seguida. Arthur Caike recebeu dentro da área e finalizou colocado, carimbando a trave de Diogo Silva.

Apesar do susto, o Ceará seguiu em cima. Thiago Galhardo recebeu em velocidade pelo lado direito e tocou na saída de Douglas. A bola, no entanto, saiu pela linha de fundo. O Bahia não conseguiu mais encaixar contra-ataques e sofreu pressão do adversário nos minutos finais. Em meio a velocidade da partida, Ricardinho caprichou em cobrança de falta, mas Douglas mandou para escanteio, aos 37. No final, Thiago Galhardo teve a última chance de marcar, mas parou em Douglas novamente.

O Bahia volta a campo contra o Internacional, na próxima quarta-feira, às 21h30, no Beira-Rio, em Porto Alegre. Na quinta, o Ceará visita o Vasco, em São Januário, às 19h15.

FICHA TÉCNICA

CEARÁ 0 X 0 BAHIA

CEARÁ - Diogo Silva; Samuel Xavier, Valdo, Luiz Otávio e Thiago Carleto; Fabinho, Ricardinho, Fernando Sobral e Thiago Galhardo; Rick (Leandro Carvalho) e Bergson (Romário Rodrigues). Técnico: Enderson Moreira

BAHIA - Douglas Friedrich; Nino Paraíba, Ernando, Lucas Fonseca e Moisés; Gregore, Elton (Ramires) e Douglas; Artur, Fernandão (Rogério) e Elber (Arthur Caike). Técnico: Roger Machado.

ÁRBITRO - Thiago Duarte Peixoto (SP).

CARTÕES AMARELOS - Samuel Xavier e Ricardinho (Ceará); Artur e Gregore (Bahia).

RENDA E PÚBLICO - Não divulgados.

LOCAL - Castelão, em Fortaleza (CE).

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;