Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 17 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Brasil supera o Japão com facilidade e amplia invencibilidade na Liga das Nações

Reprodução/Instragram Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


08/06/2019 | 09:29


Depois de encontrar dificuldades em seus últimos jogos na Liga das Nações, a seleção brasileira masculina de vôlei venceu o Japão com facilidade na início da manhã deste sábado, em Tóquio. O Brasil controlou o jogo e, com naturalidade, triunfou por 3 sets a 0, com parciais de 25/22, 25/19 e 25/21.

Invicta, a seleção brasileira chegou à quinta vitória em cinco jogos e lidera a fase classificatória da Liga das Nações ao lado da França, que também ainda não foi derrotada. Além do Japão, o Brasil triunfou diante de Estados Unidos (3 a 0), Austrália (3 a 2), Polônia (3 a 1) e Irã (3 a 2).

A seleção masculina ganhou até uma torcida ilustre na partida. A seleção brasileira feminina está em Tóquio para a quarta semana de disputa da Liga das Nações e deu uma pausa no primeiro treino em solo japonês para assistir à vitória dos homens.

O jogo marcou o retorno do técnico Renan Dal Zotto, que voltou depois de cumprir suspensão de quatro jogos. Na ausência do treinador, Marcelo Fronckowiak dirigiu a equipe, que ainda está sem o levantador Bruninho, de folga após o fim da temporada da liga italiana e que deve retornar na próxima semana. Fernando Cachopa tem sido o levantador titular.

O oposto Alan e o ponteiro Leal foram os principais destaques da partida. O primeiro virou 16 bolas e foi o maior pontuador do jogo, enquanto que o cubano naturalizado brasileiro, muito agressivo no ataque, fez um ponto a menos. Pelo lado japonês, Fukuzawa e Ishikawa marcaram sete vezes cada.

Apesar de ver o rival japonês começar melhor, o Brasil não demorou a encontrar seu melhor jogo e comandar as ações. Quando o Japão quis equilibrar a partida, Leal estava lá para mostrar potência e força no ataque e desequilibrar a favor do time brasileiro, que fechou o primeiro set por 25 a 22.

Depois de um primeiro set mais apertado, a equipe comandada por Renan Dal Zotto se soltou ainda mais e dominou o adversário na parcial seguinte, a mais fácil das três, vencida por 25 a 19. No terceiro set, destaque para o bloqueio, que fez a diferença para a equipe brasileira fechar o set em 25 a 21 e o jogo em 3 a 0.

O Brasil volta à quadra neste domingo ainda mais cedo. Em Tóquio, no Japão, o time brasileiro enfrenta a Argentina, às 3h10, no fechamento da segunda semana da primeira fase da competição da competição.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Brasil supera o Japão com facilidade e amplia invencibilidade na Liga das Nações


08/06/2019 | 09:29


Depois de encontrar dificuldades em seus últimos jogos na Liga das Nações, a seleção brasileira masculina de vôlei venceu o Japão com facilidade na início da manhã deste sábado, em Tóquio. O Brasil controlou o jogo e, com naturalidade, triunfou por 3 sets a 0, com parciais de 25/22, 25/19 e 25/21.

Invicta, a seleção brasileira chegou à quinta vitória em cinco jogos e lidera a fase classificatória da Liga das Nações ao lado da França, que também ainda não foi derrotada. Além do Japão, o Brasil triunfou diante de Estados Unidos (3 a 0), Austrália (3 a 2), Polônia (3 a 1) e Irã (3 a 2).

A seleção masculina ganhou até uma torcida ilustre na partida. A seleção brasileira feminina está em Tóquio para a quarta semana de disputa da Liga das Nações e deu uma pausa no primeiro treino em solo japonês para assistir à vitória dos homens.

O jogo marcou o retorno do técnico Renan Dal Zotto, que voltou depois de cumprir suspensão de quatro jogos. Na ausência do treinador, Marcelo Fronckowiak dirigiu a equipe, que ainda está sem o levantador Bruninho, de folga após o fim da temporada da liga italiana e que deve retornar na próxima semana. Fernando Cachopa tem sido o levantador titular.

O oposto Alan e o ponteiro Leal foram os principais destaques da partida. O primeiro virou 16 bolas e foi o maior pontuador do jogo, enquanto que o cubano naturalizado brasileiro, muito agressivo no ataque, fez um ponto a menos. Pelo lado japonês, Fukuzawa e Ishikawa marcaram sete vezes cada.

Apesar de ver o rival japonês começar melhor, o Brasil não demorou a encontrar seu melhor jogo e comandar as ações. Quando o Japão quis equilibrar a partida, Leal estava lá para mostrar potência e força no ataque e desequilibrar a favor do time brasileiro, que fechou o primeiro set por 25 a 22.

Depois de um primeiro set mais apertado, a equipe comandada por Renan Dal Zotto se soltou ainda mais e dominou o adversário na parcial seguinte, a mais fácil das três, vencida por 25 a 19. No terceiro set, destaque para o bloqueio, que fez a diferença para a equipe brasileira fechar o set em 25 a 21 e o jogo em 3 a 0.

O Brasil volta à quadra neste domingo ainda mais cedo. Em Tóquio, no Japão, o time brasileiro enfrenta a Argentina, às 3h10, no fechamento da segunda semana da primeira fase da competição da competição.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;