Fechar
Publicidade

Sábado, 20 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Raptors voltam a vencer Warriors fora e ficam a uma vitória do título da NBA



08/06/2019 | 08:57


O Toronto Raptors está muito perto de fazer história e ser campeão da NBA pela primeira vez. O time canadense contou com mais uma atuação monstruosa do astro Kawhi Leonard e voltou a derrotar o Golden State Warriors na casa do rival, a Oracle Arena, em Oakland, para fazer 3 a 1 na série e ficar a uma vitória do título.

Grande destaque da final, Kawhi Leonard comandou as ações ao anotar 36 pontos e pegar 12 rebotes. Vindo do banco, o congolês-espanhol Serge Ibaka, com 20 pontos e dois tocos, também teve participação de destaque no triunfo dos Raptors.

Os Raptors, que venceram pela segunda vez seguida na casa do adversário, fizeram 105 a 92 e foram mais consistentes durante a partida. Com uma defesa forte e agressividade no ataque, a franquia do Canadá se impôs diante de um Golden State irregular.

O atual bicampeão da NBA teve o retorno de Klay Thompson, um dos craques do time. O ala-armador, recuperado de lesão, foi importante e contribuiu com 28 pontos, mas os Warriors careceram de uma defesa mais sólida para segurar Kawhi Leonard e companhia e, sem Kevin Durant, ainda lesionado, não foram tão eficientes nas investidas à frente.

Stephen Curry até pontuou bem. O armador fez 27 pontos, mas errou muitos arremessos nos três primeiros quartos e o time da Califórnia, que teve um bom início e liderou o placar no primeiro tempo, não reuniu força para sustentar a vantagem, que começou a ruir depois de uma sequência de bolas de três de Kawhi Leonard na volta do intervalo.

A partir da metade do terceiro quarto, os Raptors adotaram uma marcação por zona, fechando o garrafão. A estratégia deu certo, de modo que a equipe canadense deixou Curry desconfortável em suas tentativas de três, enfraqueceu o rival e construiu uma vantagem significativa para não ser mais ameaçado.

Na expectativa de poder voltar a contar com Kevin Durant, o Golden State Warriors, na decisão pelo quinto ano consecutivo, terá, agora, uma árdua missão para reverter a série e conseguir faturar seu quarto título desde 2015. Azarões desta final, os Raptors estão a uma vitória de serem campeões, o que pode acontecer no jogo 5, marcado para a próxima segunda-feira, às 22 horas (de Brasília), em Toronto.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Raptors voltam a vencer Warriors fora e ficam a uma vitória do título da NBA


08/06/2019 | 08:57


O Toronto Raptors está muito perto de fazer história e ser campeão da NBA pela primeira vez. O time canadense contou com mais uma atuação monstruosa do astro Kawhi Leonard e voltou a derrotar o Golden State Warriors na casa do rival, a Oracle Arena, em Oakland, para fazer 3 a 1 na série e ficar a uma vitória do título.

Grande destaque da final, Kawhi Leonard comandou as ações ao anotar 36 pontos e pegar 12 rebotes. Vindo do banco, o congolês-espanhol Serge Ibaka, com 20 pontos e dois tocos, também teve participação de destaque no triunfo dos Raptors.

Os Raptors, que venceram pela segunda vez seguida na casa do adversário, fizeram 105 a 92 e foram mais consistentes durante a partida. Com uma defesa forte e agressividade no ataque, a franquia do Canadá se impôs diante de um Golden State irregular.

O atual bicampeão da NBA teve o retorno de Klay Thompson, um dos craques do time. O ala-armador, recuperado de lesão, foi importante e contribuiu com 28 pontos, mas os Warriors careceram de uma defesa mais sólida para segurar Kawhi Leonard e companhia e, sem Kevin Durant, ainda lesionado, não foram tão eficientes nas investidas à frente.

Stephen Curry até pontuou bem. O armador fez 27 pontos, mas errou muitos arremessos nos três primeiros quartos e o time da Califórnia, que teve um bom início e liderou o placar no primeiro tempo, não reuniu força para sustentar a vantagem, que começou a ruir depois de uma sequência de bolas de três de Kawhi Leonard na volta do intervalo.

A partir da metade do terceiro quarto, os Raptors adotaram uma marcação por zona, fechando o garrafão. A estratégia deu certo, de modo que a equipe canadense deixou Curry desconfortável em suas tentativas de três, enfraqueceu o rival e construiu uma vantagem significativa para não ser mais ameaçado.

Na expectativa de poder voltar a contar com Kevin Durant, o Golden State Warriors, na decisão pelo quinto ano consecutivo, terá, agora, uma árdua missão para reverter a série e conseguir faturar seu quarto título desde 2015. Azarões desta final, os Raptors estão a uma vitória de serem campeões, o que pode acontecer no jogo 5, marcado para a próxima segunda-feira, às 22 horas (de Brasília), em Toronto.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;