Fechar
Publicidade

Sábado, 20 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Com dois gols de Messi no 1º tempo, Argentina goleia a Nicarágua em Porto Rico



07/06/2019 | 23:40


A Argentina derrotou, nesta sexta-feira, a Nicarágua, por 5 a 1, em San Juan, Porto Rico, no último amistoso preparatório para a disputa da Copa América. Lionel Messi, que só atuou nos 45 minutos iniciais, fez dois gols e chegou a 67 pela seleção.

A Argentina iniciou o jogo com forte marcação na saída de bola nicaraguense. A primeira oportunidade surgiu com Agüero, aos seis minutos. O atacante não vestia a camisa da seleção desde a eliminação para a França nas oitavas de final da Copa do Mundo da Rússia.

Amendrontada, a Nicarágua só foi finalizar aos 20 minutos de jogo, mas Barrera mandou para muito longe, sem perigo. Aos 25, a Argentina acordou para o jogo, após Matias Suárez acertar o travessão, depois de defesa parcial de Lorente.

Messi precisou de dois minutos para encerrar a disputa. Aos 36, o craque recebeu de Lo Celso, se livrou de dois defensores e bate colocado. No minuto seguinte, o camisa 10 aproveitou o rebote do goleiro.

Na segunda etapa, a Messi e Agüero foram substituídos, mas a vontade argentina permaneceu a mesma. Lautaro Martínez e Dybala entraram e quiseram mostrar serviço.

Se Messi fez dois gols no primeiro tempo, Lautaro Martínez igualou o feito na segunda etapa. Aos 17, o atacante dominou a bola, após escanteio e bateu forte para fazer 3 a 0. O quarto gol saiu também com origem em um escanteio. O jogador da Internazionale surgiu na segunda trave para bater de primeira.

Com a larga vantagem, a Argentina passou a tocar mais a bola, sem tanta preocupação com o ataque, se preservando para os jogos da Copa América. Mas a fragilidade nicaraguense aumentou com o passar do tempo e o desgaste físico.

Com isso, aos 35 minutos, De Paul foi lançado pela esquerda e cruzou. Lautaro Martínez não chegou a tempo desta vez, mas Roberto Pereyra conferiu: 5 a 0.

Aos 45, em um dos raros ataques da Nicarágua, Otamendi meteu a mão na bola e o juiz deu pênalti, que foi muito bem cobrado por Barrera.

Sem um título de importância desde 1993, a Argentina está no Grupo B da Copa América. Ela estreia contra a Colômbia (dia 15), faz o segundo jogo diante do Paraguai (dia 19) e completa a primeira fase frente ao Catar (dia 23).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Com dois gols de Messi no 1º tempo, Argentina goleia a Nicarágua em Porto Rico


07/06/2019 | 23:40


A Argentina derrotou, nesta sexta-feira, a Nicarágua, por 5 a 1, em San Juan, Porto Rico, no último amistoso preparatório para a disputa da Copa América. Lionel Messi, que só atuou nos 45 minutos iniciais, fez dois gols e chegou a 67 pela seleção.

A Argentina iniciou o jogo com forte marcação na saída de bola nicaraguense. A primeira oportunidade surgiu com Agüero, aos seis minutos. O atacante não vestia a camisa da seleção desde a eliminação para a França nas oitavas de final da Copa do Mundo da Rússia.

Amendrontada, a Nicarágua só foi finalizar aos 20 minutos de jogo, mas Barrera mandou para muito longe, sem perigo. Aos 25, a Argentina acordou para o jogo, após Matias Suárez acertar o travessão, depois de defesa parcial de Lorente.

Messi precisou de dois minutos para encerrar a disputa. Aos 36, o craque recebeu de Lo Celso, se livrou de dois defensores e bate colocado. No minuto seguinte, o camisa 10 aproveitou o rebote do goleiro.

Na segunda etapa, a Messi e Agüero foram substituídos, mas a vontade argentina permaneceu a mesma. Lautaro Martínez e Dybala entraram e quiseram mostrar serviço.

Se Messi fez dois gols no primeiro tempo, Lautaro Martínez igualou o feito na segunda etapa. Aos 17, o atacante dominou a bola, após escanteio e bateu forte para fazer 3 a 0. O quarto gol saiu também com origem em um escanteio. O jogador da Internazionale surgiu na segunda trave para bater de primeira.

Com a larga vantagem, a Argentina passou a tocar mais a bola, sem tanta preocupação com o ataque, se preservando para os jogos da Copa América. Mas a fragilidade nicaraguense aumentou com o passar do tempo e o desgaste físico.

Com isso, aos 35 minutos, De Paul foi lançado pela esquerda e cruzou. Lautaro Martínez não chegou a tempo desta vez, mas Roberto Pereyra conferiu: 5 a 0.

Aos 45, em um dos raros ataques da Nicarágua, Otamendi meteu a mão na bola e o juiz deu pênalti, que foi muito bem cobrado por Barrera.

Sem um título de importância desde 1993, a Argentina está no Grupo B da Copa América. Ela estreia contra a Colômbia (dia 15), faz o segundo jogo diante do Paraguai (dia 19) e completa a primeira fase frente ao Catar (dia 23).

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;