Fechar
Publicidade

Domingo, 7 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Sete estrangeiros são expulsos do país


Da Agência Brasil

16/01/2003 | 15:47


Sete estrangeiros foram expulsos do Brasil por cometerem crimes. O ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, assinou nesta quarta-feira portarias de expulsão de um holandês, um paraguaio, um inglês, um iugoslavo, uma argentina e dois liberianos, presos no Brasil por narcotráfico. A determinação de Thomaz Bastos é que o Ministério da Justiça adote mais rigor na punição de estrangeiros que praticam delitos em território nacional.

De acordo com o Departamento de Estrangeiros (DEEST) do Ministério da Justiça, o primeiro passo para realizar a expulsão de estrangeiros criminosos é a abertura do processo de expulsão. Analisa-se a situação de cada condenado e, após o cumprimento da pena na prisão, ele sai da cadeia diretamente para o aeroporto com destino ao país de origem. O objetivo do ministério é ser bastante rigoroso e não permitir que criminosos estrangeiros permaneçam no país.

Os crimes mais comuns cometidos por estrangeiros expulsos do Brasil são narcotráfico, tráfico de mulheres, estupro e falsificação de documento público.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Sete estrangeiros são expulsos do país

Da Agência Brasil

16/01/2003 | 15:47


Sete estrangeiros foram expulsos do Brasil por cometerem crimes. O ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, assinou nesta quarta-feira portarias de expulsão de um holandês, um paraguaio, um inglês, um iugoslavo, uma argentina e dois liberianos, presos no Brasil por narcotráfico. A determinação de Thomaz Bastos é que o Ministério da Justiça adote mais rigor na punição de estrangeiros que praticam delitos em território nacional.

De acordo com o Departamento de Estrangeiros (DEEST) do Ministério da Justiça, o primeiro passo para realizar a expulsão de estrangeiros criminosos é a abertura do processo de expulsão. Analisa-se a situação de cada condenado e, após o cumprimento da pena na prisão, ele sai da cadeia diretamente para o aeroporto com destino ao país de origem. O objetivo do ministério é ser bastante rigoroso e não permitir que criminosos estrangeiros permaneçam no país.

Os crimes mais comuns cometidos por estrangeiros expulsos do Brasil são narcotráfico, tráfico de mulheres, estupro e falsificação de documento público.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;