Fechar
Publicidade

Domingo, 21 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

CNPE aprova resolução para fomentar livre concorrência em abastecimento



04/06/2019 | 14:08


O Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) aprovou nesta terça-feira, 4, em reunião extraordinária, resolução para fomentar a livre concorrência na atividade de abastecimento de combustível no Brasil, informou nesta data o Ministério das Minas e Energia (MME). Segundo o comunicado, "o objetivo é estimular a entrada de novos agentes econômicos e as consequentes atração de investimentos e geração de empregos".

Na resolução, ficou estabelecido que os órgãos envolvidos - além do MME, o Ministério da Economia e a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) - providenciem, em até 180 dias, estudos para viabilizar a demanda aprovada.

O Ministério da Economia estudará a implementação da cobrança monofásica de tributos. Conforme antecipado pelo Broadcast em maio, a medida atinge principalmente a cadeia de etanol hidratado, cuja cobrança é feita na distribuidora e em usinas. "Reforça-se que, para a venda direta de etanol, faz-se necessária a aprovação de lei que estabeleça a monofasia tributária federal", informou o comunicado.

Segundo a resolução do CNPE, o MME fará estudos sobre modelos de negócios e arranjos societários entre agentes regulados para subsidiar a formulação de medidas com o objetivo de ampliar a competitividade do setor. "Caberá também ao MME, em articulação com os órgãos pertinentes, o combate à sonegação e à adulteração de combustíveis, práticas que distorcem a concorrência no setor".

A ANP concluirá os processos de tomada pública de contribuição (TPC) sobre as atividades de distribuição e de revenda de combustíveis no País. A agência terá um prazo adicional de até 240 dias para avaliar outros temas relativos ao abastecimento de combustíveis não mencionados nas TPC.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

CNPE aprova resolução para fomentar livre concorrência em abastecimento


04/06/2019 | 14:08


O Conselho Nacional de Política Energética (CNPE) aprovou nesta terça-feira, 4, em reunião extraordinária, resolução para fomentar a livre concorrência na atividade de abastecimento de combustível no Brasil, informou nesta data o Ministério das Minas e Energia (MME). Segundo o comunicado, "o objetivo é estimular a entrada de novos agentes econômicos e as consequentes atração de investimentos e geração de empregos".

Na resolução, ficou estabelecido que os órgãos envolvidos - além do MME, o Ministério da Economia e a Agência Nacional do Petróleo, Gás Natural e Biocombustíveis (ANP) - providenciem, em até 180 dias, estudos para viabilizar a demanda aprovada.

O Ministério da Economia estudará a implementação da cobrança monofásica de tributos. Conforme antecipado pelo Broadcast em maio, a medida atinge principalmente a cadeia de etanol hidratado, cuja cobrança é feita na distribuidora e em usinas. "Reforça-se que, para a venda direta de etanol, faz-se necessária a aprovação de lei que estabeleça a monofasia tributária federal", informou o comunicado.

Segundo a resolução do CNPE, o MME fará estudos sobre modelos de negócios e arranjos societários entre agentes regulados para subsidiar a formulação de medidas com o objetivo de ampliar a competitividade do setor. "Caberá também ao MME, em articulação com os órgãos pertinentes, o combate à sonegação e à adulteração de combustíveis, práticas que distorcem a concorrência no setor".

A ANP concluirá os processos de tomada pública de contribuição (TPC) sobre as atividades de distribuição e de revenda de combustíveis no País. A agência terá um prazo adicional de até 240 dias para avaliar outros temas relativos ao abastecimento de combustíveis não mencionados nas TPC.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;