Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 22 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Para livrar presidente de depoimento, Santander fecha acordo na CPI da Sonegação

Logo do banco Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Os mais de R$195 milhões de reais pagos pelo banco ao município serão destinados a educação e saúde



31/05/2019 | 17:59


O banco Santander firmou um acordo de R$ 195.568.679,00 com a Comissão Parlamentar de Inquérito da Sonegação Tributária da Câmara Municipal de São Paulo. A instituição se compromete a recolher o valor até terça-feira, 4, dois dias antes dos depoimentos do presidente, Sérgio Rial, e outros executivos. Em contrapartida, a CPI retira as oitivas de sua pauta. O termo foi assinado pelo vice-presidente do Santander, Alessandro Tomao.

Para o vereador Ricardo Nunes (MDB), presidente da CPI da Sonegação, "esse resultado demonstra que a CPI estava correta, que o Santander devia para o município e o pagamento foi feito na data desta sexta-feira. Portanto, são mais R$ 195 milhões para os cofres do município. Lembrando que 33% serão destinados para a educação e 15% pra saúde conforme exigido pela legislação. Isso demonstra seriedade dos trabalhos da CPI".

A reportagem entrou em contato com o banco, mas ainda não obteve retorno.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Para livrar presidente de depoimento, Santander fecha acordo na CPI da Sonegação

Os mais de R$195 milhões de reais pagos pelo banco ao município serão destinados a educação e saúde


31/05/2019 | 17:59


O banco Santander firmou um acordo de R$ 195.568.679,00 com a Comissão Parlamentar de Inquérito da Sonegação Tributária da Câmara Municipal de São Paulo. A instituição se compromete a recolher o valor até terça-feira, 4, dois dias antes dos depoimentos do presidente, Sérgio Rial, e outros executivos. Em contrapartida, a CPI retira as oitivas de sua pauta. O termo foi assinado pelo vice-presidente do Santander, Alessandro Tomao.

Para o vereador Ricardo Nunes (MDB), presidente da CPI da Sonegação, "esse resultado demonstra que a CPI estava correta, que o Santander devia para o município e o pagamento foi feito na data desta sexta-feira. Portanto, são mais R$ 195 milhões para os cofres do município. Lembrando que 33% serão destinados para a educação e 15% pra saúde conforme exigido pela legislação. Isso demonstra seriedade dos trabalhos da CPI".

A reportagem entrou em contato com o banco, mas ainda não obteve retorno.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;