Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 19 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Alaíde nomeia mulher de autor do impeachment de Atila

Arquivos / Diário do Grande ABC Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Jenifer Freire foi alçada ao cargo de secretária-adjunta de Segurança Alimentar; Paço a exonerou após ser questionado pelo Diário


Júnior Carvalho
Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

29/05/2019 | 08:30


A prefeita de Mauá, Alaíde Damo (MDB), deu cargo no alto escalão a Jenifer Freire de Souza, mulher do autor do impeachment de Atila Jacomussi (PSB). Ela é casada com Davidson Rodrigues de Souza (PSL), responsável por assinar a denúncia que culminou com a cassação do socialista e que garantiu que Alaíde assumisse definitivamente o Paço. Jenifer foi exonerada horas depois de o Diário questionar o governo emedebista sobre o caso.

Nutricionista, Jenifer foi alçada ao cargo de secretária adjunta de Segurança Alimentar no dia 15, com salário de R$ 9.850. Na noite de ontem, porém, o governo Alaíde recuou e anunciou que vai exonerá-la “para evitar especulações que seriam prejudiciais à Prefeitura e ao município de Mauá”.

Ex-assessor de vereador, Davidson passou a ser conhecido publicamente depois ter assinado sozinho pedido de cassação de Atila alegando que o então prefeito deixou o cargo vago ao não pedir licença formal à Câmara no período em que esteve preso em Tremembé, entre dezembro do ano passado e fevereiro. Além da denúncia dele, o Legislativo também acatou outro pedido, o que tratava de quebra de decoro com base nos fatos narrados na Operação Trato Feito. Ocorre que, na véspera da votação, a Justiça suspendeu a tramitação dessa última peça e a cassação se deu em cima do documento apresentado por Davidson.

Na denúncia entregue ao Legislativo mauaense, Davidson se autointitula presidente do PSL de Mauá, mas o diretório está suspenso pela Justiça Eleitoral por falta de prestação de contas. Desde que assumiu interinamente o governo, pela segunda vez, Alaíde vem demonstrando simpatia pelo PSL e pelo próprio presidente Jair Bolsonaro. Ao herdar o cargo, a prefeita concedeu as secretarias de Relações Institucionais (Coronel Barthasar) e de Segurança Pública (Tenente Lavra) a figuras da legenda.

Por meio de nota, a gestão Alaíde negou favorecimento político a Davidson. “A Prefeitura de Mauá declara ser improcedente a informação de favorecimento político na escolha. A Jenifer Souza é formada e pós-graduada em Nutrição, sendo indicação técnica do secretário (Matheus de Oliveira) para auxiliar nos trabalhos da Segurança Alimentar. Ainda assim, diante das afirmações de favorecimento, foi determinada a exoneração da secretária adjunta”, informou o Paço.

Davidson não retornou aos contatos do Diário.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Alaíde nomeia mulher de autor do impeachment de Atila

Jenifer Freire foi alçada ao cargo de secretária-adjunta de Segurança Alimentar; Paço a exonerou após ser questionado pelo Diário

Júnior Carvalho
Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

29/05/2019 | 08:30


A prefeita de Mauá, Alaíde Damo (MDB), deu cargo no alto escalão a Jenifer Freire de Souza, mulher do autor do impeachment de Atila Jacomussi (PSB). Ela é casada com Davidson Rodrigues de Souza (PSL), responsável por assinar a denúncia que culminou com a cassação do socialista e que garantiu que Alaíde assumisse definitivamente o Paço. Jenifer foi exonerada horas depois de o Diário questionar o governo emedebista sobre o caso.

Nutricionista, Jenifer foi alçada ao cargo de secretária adjunta de Segurança Alimentar no dia 15, com salário de R$ 9.850. Na noite de ontem, porém, o governo Alaíde recuou e anunciou que vai exonerá-la “para evitar especulações que seriam prejudiciais à Prefeitura e ao município de Mauá”.

Ex-assessor de vereador, Davidson passou a ser conhecido publicamente depois ter assinado sozinho pedido de cassação de Atila alegando que o então prefeito deixou o cargo vago ao não pedir licença formal à Câmara no período em que esteve preso em Tremembé, entre dezembro do ano passado e fevereiro. Além da denúncia dele, o Legislativo também acatou outro pedido, o que tratava de quebra de decoro com base nos fatos narrados na Operação Trato Feito. Ocorre que, na véspera da votação, a Justiça suspendeu a tramitação dessa última peça e a cassação se deu em cima do documento apresentado por Davidson.

Na denúncia entregue ao Legislativo mauaense, Davidson se autointitula presidente do PSL de Mauá, mas o diretório está suspenso pela Justiça Eleitoral por falta de prestação de contas. Desde que assumiu interinamente o governo, pela segunda vez, Alaíde vem demonstrando simpatia pelo PSL e pelo próprio presidente Jair Bolsonaro. Ao herdar o cargo, a prefeita concedeu as secretarias de Relações Institucionais (Coronel Barthasar) e de Segurança Pública (Tenente Lavra) a figuras da legenda.

Por meio de nota, a gestão Alaíde negou favorecimento político a Davidson. “A Prefeitura de Mauá declara ser improcedente a informação de favorecimento político na escolha. A Jenifer Souza é formada e pós-graduada em Nutrição, sendo indicação técnica do secretário (Matheus de Oliveira) para auxiliar nos trabalhos da Segurança Alimentar. Ainda assim, diante das afirmações de favorecimento, foi determinada a exoneração da secretária adjunta”, informou o Paço.

Davidson não retornou aos contatos do Diário.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;