Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 27 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

O adeus de dom Jorge, há 30 anos...

Bispo emérito celebrou missa em Mauá, benzeu um apartamento em São Paulo, fez palavras cruzadas e faleceu em Suzano


Ademir Medici
Do Diário do Grande ABC

28/05/2019 | 07:00


Dom Jorge Marcos de Oliveira, o bispo fundador da Diocese de Santo André, partia em 28 de maio de 1989 na qualidade de bispo emérito do Grande ABC. Irmã Maria Miele, que na Associação Lar Menino Jesus preserva a memória de dom Jorge, reconstitui o último dia de vida do religioso que revolucionou a Igreja do Grande ABC e tornou-se nome nacional pelas suas posições sociais e em defesa do menor desamparado, dos trabalhadores, mães solteiras, pobres e desassistidos.

Lembranças e saudades
Texto: Irmã Maria Miele

28 de maio de 1989. Dom Jorge Marcos de Oliveira saiu de Suzano às 7h rumo a Mauá para celebrar missa às 9h na Capela São José, da Vila Assis Brasil.

Ao término da missa, já no carro, chamou uma garota para recomendar que no dia 31 faria a Coroação de Nossa Senhora.

Seguiu para São Paulo a fim de benzer o apartamento de um casal amigo e também ficou para almoçar.</CW>
Por volta das 18h estava de retorno ao sítio em Suzano.

Chegou dirigindo. Chovia e fazia frio. Habitualmente ao chegar sempre ia descansar, mas naquele domingo ficou na sala conversando, fazendo palavras cruzadas.

Às 19h30 partiu para a eternidade.

Dom Jorge morre aos 73 anos
Cf. manchete do Diário em 30-5-1989

Naquele tempo, o Diário não circulava nas segundas-feiras. Não havia o Diário OnLine. A notícia do jornal foi dada na terça-feira, informando que o enterro seria às 8h30 na Catedral do Carmo. Um ataque cardíaco tirara a vida de dom Jorge. O bispo foi sepultado no interior da Catedral do Carmo. Dom Paulo Evaristo Arns, cardeal-arcebispo de São Paulo, presidiu a cerimônia.

O jornalista José Marqueiz, ex-Diário, Prêmio Esso Nacional pelo jornal O Estado de S. Paulo, escreveu um artigo focalizando dom Jorge. Marqueiz estava escrevendo um livro de memórias sobre o bispo, jamais concluído. 

Uma homenagem dos memorialistas
Hoje, às 14h, no Consórcio Intermunicipal 

A preparação da 15ª edição do Congresso de História e de Estudos Regionais do Grande ABC será tema de reunião aberta na sede do Consórcio Intermunicipal do Grande ABC.

O encontro acontece hoje, 28 de maio, às 14h, com organização do Grupo Temático História e Memória, e é aberto para a sociedade civil, pesquisadores, memorialistas, estudantes, professores, gestores que atuam na área, entre outros interessados. Na abertura da reunião será prestado um minuto de silêncio em homenagem a dom Jorge Marcos de Oliveira. 

O próximo Congresso de História, que comemora os 30 anos do evento regional, será realizado em Santo André, também sede da sua primeira edição, em 1990.

O objetivo das reuniões abertas é contar com participação da população do Grande ABC, estabelecendo um diálogo para definir a programação.

Um escritor de São Bernardo em Portugal

O escritor Manuel Filho, de São Bernardo, está em Portugal. Ele participa do evento Printemps Littéraire Brésilien 2019, organizado pelo professor Leonardo Tonus, também nascido em São Bernardo e hoje na universidade francesa Sorbonne. São encontros literários com leitores no Exterior, adolescentes e crianças.

Ontem estava programada a participação de Manuel Filho em São Miguel Seide, onde está o Museu Camilo Castelo Branco; amanhã estará em Braga.

Antes de chegar a Portugal, Manuel Filho visitou o Castelo do Conde Drácula, na verdade, o Castelo de Bran, em Brasov, Romênia. Levou consigo o livro Conde Drácula e Outros Vampiros, do qual é um dos quatro participantes. No livro, a clássica história de Drácula é recontada e colocada ao lado de outras narrativas de terror e suspense, que foram especialmente criadas para essa coletânea.

‘Bom mesmo era no tempo do Sarney''

Para provar que o Brasil é um País de ficção, os políticos estão aí.

Da crônica de Guido Fidelis publicada pelo Diário em 28 de maio de 1989. Confiram a íntegra no Facebook da Memória.

Diário há 30 anos...

Domingo, 28 de maio de 1989 – ano 32, edição 7077


MancheteJânio chora e renuncia à candidatura à Presidência da República.

Brizola volta a chamar Collor de Mello de filhote da ditadura. Vice ainda preocupa o PT.

Em 28 de maio de...

Anúncio: precisa-se de comprar uma junta de bois, mansos e fortes, para lavra de terras. Ofertas com último preço a Francisco Alves, Sítio Santo Antonio, Ribeirão Pires – Linha Inglesa. Pagamento à vista.

Hoje

- Dia Nacional de Luta pela Saúde da Mulher

- Dia do Seresteiro

Santos do dia

- Bernardo de Novara

- Emílio

- Margarida Pole

Municípios Brasileiros

Celebram aniversários em 28 de maio:

- Em São Paulo, Valinhos. Elevado a município em 1953, quando se separa de Campinas. Terra natal de Adoniran Barbosa. 

- No Mato Grosso do Sul, Amambai

- Em Goiás, Corumbaíba

- No Rio Grande do Sul, Machadinho e Viadutos.

- No Pará, Maracanã.

- Na Bahia, Senhor do Bonfim.
Fonte: IBGE


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

O adeus de dom Jorge, há 30 anos...

Bispo emérito celebrou missa em Mauá, benzeu um apartamento em São Paulo, fez palavras cruzadas e faleceu em Suzano

Ademir Medici
Do Diário do Grande ABC

28/05/2019 | 07:00


Dom Jorge Marcos de Oliveira, o bispo fundador da Diocese de Santo André, partia em 28 de maio de 1989 na qualidade de bispo emérito do Grande ABC. Irmã Maria Miele, que na Associação Lar Menino Jesus preserva a memória de dom Jorge, reconstitui o último dia de vida do religioso que revolucionou a Igreja do Grande ABC e tornou-se nome nacional pelas suas posições sociais e em defesa do menor desamparado, dos trabalhadores, mães solteiras, pobres e desassistidos.

Lembranças e saudades
Texto: Irmã Maria Miele

28 de maio de 1989. Dom Jorge Marcos de Oliveira saiu de Suzano às 7h rumo a Mauá para celebrar missa às 9h na Capela São José, da Vila Assis Brasil.

Ao término da missa, já no carro, chamou uma garota para recomendar que no dia 31 faria a Coroação de Nossa Senhora.

Seguiu para São Paulo a fim de benzer o apartamento de um casal amigo e também ficou para almoçar.</CW>
Por volta das 18h estava de retorno ao sítio em Suzano.

Chegou dirigindo. Chovia e fazia frio. Habitualmente ao chegar sempre ia descansar, mas naquele domingo ficou na sala conversando, fazendo palavras cruzadas.

Às 19h30 partiu para a eternidade.

Dom Jorge morre aos 73 anos
Cf. manchete do Diário em 30-5-1989

Naquele tempo, o Diário não circulava nas segundas-feiras. Não havia o Diário OnLine. A notícia do jornal foi dada na terça-feira, informando que o enterro seria às 8h30 na Catedral do Carmo. Um ataque cardíaco tirara a vida de dom Jorge. O bispo foi sepultado no interior da Catedral do Carmo. Dom Paulo Evaristo Arns, cardeal-arcebispo de São Paulo, presidiu a cerimônia.

O jornalista José Marqueiz, ex-Diário, Prêmio Esso Nacional pelo jornal O Estado de S. Paulo, escreveu um artigo focalizando dom Jorge. Marqueiz estava escrevendo um livro de memórias sobre o bispo, jamais concluído. 

Uma homenagem dos memorialistas
Hoje, às 14h, no Consórcio Intermunicipal 

A preparação da 15ª edição do Congresso de História e de Estudos Regionais do Grande ABC será tema de reunião aberta na sede do Consórcio Intermunicipal do Grande ABC.

O encontro acontece hoje, 28 de maio, às 14h, com organização do Grupo Temático História e Memória, e é aberto para a sociedade civil, pesquisadores, memorialistas, estudantes, professores, gestores que atuam na área, entre outros interessados. Na abertura da reunião será prestado um minuto de silêncio em homenagem a dom Jorge Marcos de Oliveira. 

O próximo Congresso de História, que comemora os 30 anos do evento regional, será realizado em Santo André, também sede da sua primeira edição, em 1990.

O objetivo das reuniões abertas é contar com participação da população do Grande ABC, estabelecendo um diálogo para definir a programação.

Um escritor de São Bernardo em Portugal

O escritor Manuel Filho, de São Bernardo, está em Portugal. Ele participa do evento Printemps Littéraire Brésilien 2019, organizado pelo professor Leonardo Tonus, também nascido em São Bernardo e hoje na universidade francesa Sorbonne. São encontros literários com leitores no Exterior, adolescentes e crianças.

Ontem estava programada a participação de Manuel Filho em São Miguel Seide, onde está o Museu Camilo Castelo Branco; amanhã estará em Braga.

Antes de chegar a Portugal, Manuel Filho visitou o Castelo do Conde Drácula, na verdade, o Castelo de Bran, em Brasov, Romênia. Levou consigo o livro Conde Drácula e Outros Vampiros, do qual é um dos quatro participantes. No livro, a clássica história de Drácula é recontada e colocada ao lado de outras narrativas de terror e suspense, que foram especialmente criadas para essa coletânea.

‘Bom mesmo era no tempo do Sarney''

Para provar que o Brasil é um País de ficção, os políticos estão aí.

Da crônica de Guido Fidelis publicada pelo Diário em 28 de maio de 1989. Confiram a íntegra no Facebook da Memória.

Diário há 30 anos...

Domingo, 28 de maio de 1989 – ano 32, edição 7077


MancheteJânio chora e renuncia à candidatura à Presidência da República.

Brizola volta a chamar Collor de Mello de filhote da ditadura. Vice ainda preocupa o PT.

Em 28 de maio de...

Anúncio: precisa-se de comprar uma junta de bois, mansos e fortes, para lavra de terras. Ofertas com último preço a Francisco Alves, Sítio Santo Antonio, Ribeirão Pires – Linha Inglesa. Pagamento à vista.

Hoje

- Dia Nacional de Luta pela Saúde da Mulher

- Dia do Seresteiro

Santos do dia

- Bernardo de Novara

- Emílio

- Margarida Pole

Municípios Brasileiros

Celebram aniversários em 28 de maio:

- Em São Paulo, Valinhos. Elevado a município em 1953, quando se separa de Campinas. Terra natal de Adoniran Barbosa. 

- No Mato Grosso do Sul, Amambai

- Em Goiás, Corumbaíba

- No Rio Grande do Sul, Machadinho e Viadutos.

- No Pará, Maracanã.

- Na Bahia, Senhor do Bonfim.
Fonte: IBGE

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;