Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 16 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Internacional

internacional@dgabc.com.br | 4435-8301

Terremoto é registrado no Alto Amazonas do Peru



26/05/2019 | 09:03


Um terremoto com magnitude preliminar de 8,0 graus foi detectado no Alto Amazonas do Peru no início da manhã deste domingo, de acordo com o Serviço Geológico dos Estados Unidos. O terremoto teria tido uma profundidade de 110 quilômetros e ocorrido às 2h41 no horário local(4h41 de Brasília), a 80 quilômetros a sudoeste do distrito de Lagunas. O Instituto Geofísico do Peru diz que a magnitude foi de 7,5 graus e a profundidade, de 141 quilômetros.

Não houve notícias sobre mortes imediatamente após o terremoto, embora algumas construções tenham desabado e cortes de energia tenham sido noticiados em algumas cidades.

Em um tuíte, o presidente peruano Martín Vizcarra pediu calma e disse que autoridades estavam monitorando as áreas atingidas. O prefeito de Lagunas, Arri Pezo, disse à rádio local RPP que o terremoto foi sentido com muita força por lá, mas que não era possível se movimentar pela cidade por causa da escuridão. Na capital, Lima, pessoas correram de suas casas com medo.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Terremoto é registrado no Alto Amazonas do Peru


26/05/2019 | 09:03


Um terremoto com magnitude preliminar de 8,0 graus foi detectado no Alto Amazonas do Peru no início da manhã deste domingo, de acordo com o Serviço Geológico dos Estados Unidos. O terremoto teria tido uma profundidade de 110 quilômetros e ocorrido às 2h41 no horário local(4h41 de Brasília), a 80 quilômetros a sudoeste do distrito de Lagunas. O Instituto Geofísico do Peru diz que a magnitude foi de 7,5 graus e a profundidade, de 141 quilômetros.

Não houve notícias sobre mortes imediatamente após o terremoto, embora algumas construções tenham desabado e cortes de energia tenham sido noticiados em algumas cidades.

Em um tuíte, o presidente peruano Martín Vizcarra pediu calma e disse que autoridades estavam monitorando as áreas atingidas. O prefeito de Lagunas, Arri Pezo, disse à rádio local RPP que o terremoto foi sentido com muita força por lá, mas que não era possível se movimentar pela cidade por causa da escuridão. Na capital, Lima, pessoas correram de suas casas com medo.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;