Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 19 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

'Na cabeça dos caras, ser machista é passar a mão na bunda', diz Fabio Porchat



25/05/2019 | 18:47


Em entrevista à Mariana Godoy, nesta sexta-feira, 24, Fabio Porchat falou sobre sua nova série Homens? e tabus que envolvem a sexualidade e comportamento masculino.

"Muito homem diz que não é machista, porque na cabeça dos caras ser machista é passar a mão na bunda da mulher, forçar sexo, umas coisas que lógico que são machistas, mas são crime, barra pesada. Se o homem se identifica machista nas pequenas coisas, talvez ele consiga compreender tudo isso", disse o humorista durante o Mariana Godoy Entrevista, na RedeTV!.

O apresentador relembrou que, em seu programa na Record, questionou as jornalistas da emissora sobre quais atitudes dele eram machistas. Segundo o relato, as colegas de trabalho da época apontaram o costume de dizer que uma mulher deixou o local mais bonito. Esta expressão reforça a visão equivocada de que o papel feminino se limita ao estético, deixando para os homens funções intelectuais.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

'Na cabeça dos caras, ser machista é passar a mão na bunda', diz Fabio Porchat


25/05/2019 | 18:47


Em entrevista à Mariana Godoy, nesta sexta-feira, 24, Fabio Porchat falou sobre sua nova série Homens? e tabus que envolvem a sexualidade e comportamento masculino.

"Muito homem diz que não é machista, porque na cabeça dos caras ser machista é passar a mão na bunda da mulher, forçar sexo, umas coisas que lógico que são machistas, mas são crime, barra pesada. Se o homem se identifica machista nas pequenas coisas, talvez ele consiga compreender tudo isso", disse o humorista durante o Mariana Godoy Entrevista, na RedeTV!.

O apresentador relembrou que, em seu programa na Record, questionou as jornalistas da emissora sobre quais atitudes dele eram machistas. Segundo o relato, as colegas de trabalho da época apontaram o costume de dizer que uma mulher deixou o local mais bonito. Esta expressão reforça a visão equivocada de que o papel feminino se limita ao estético, deixando para os homens funções intelectuais.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;