Fechar
Publicidade

Sábado, 24 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

diarinho@dgabc.com.br | 4435-8396

Comportamento on-line

Pixabay Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Pesquisa nacional revela que jovens internautas deixam de dormir e comer para ficar na web


Tauana Marin
Diário do Grande ABC

26/05/2019 | 07:00


O acesso a informações por meio de smartphones é algo comum na realidade atual, principalmente por causa dos aparelhos estarem sempre nas mãos dos usuários. O cenário não é diferente entre crianças e adolescentes. Apesar das maravilhas oferecidas pela tecnologia, o excesso de horas em frente à tela de celulares, tablets ou do computador pode gerar malefícios à saúde de qualquer pessoa. Exemplo disso é que, ao menos, 21% das pessoas com idade entre 9 e 17 anos já deixaram até de dormir ou comer para navegar na internet, segundo dados da pesquisa TIC Kids Online Brasil, realizada pelo Comitê Gestor da Internet.

Para se ter ideia, em 2017, 85% das crianças e adolescentes foram classificados como usuários da web, o que corresponde a cerca de 24,7 milhões de usuários no Brasil. Na mesma pesquisa, 22% declararam que já foram tratados de forma ofensiva (de maneira que não gostaram ou que os chateou) durante a navegação.

O estudo do mostra ainda que o acesso à internet caminha para uma quase universalização no País, uma vez que 80% da população jovem da classe econômica A, entre 9 e 17 anos, costumam passar tempo on-line. Metade das crianças e adolescentes das classes D e E (de menor poder aquisitivo) também está conectada. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Comportamento on-line

Pesquisa nacional revela que jovens internautas deixam de dormir e comer para ficar na web

Tauana Marin
Diário do Grande ABC

26/05/2019 | 07:00


O acesso a informações por meio de smartphones é algo comum na realidade atual, principalmente por causa dos aparelhos estarem sempre nas mãos dos usuários. O cenário não é diferente entre crianças e adolescentes. Apesar das maravilhas oferecidas pela tecnologia, o excesso de horas em frente à tela de celulares, tablets ou do computador pode gerar malefícios à saúde de qualquer pessoa. Exemplo disso é que, ao menos, 21% das pessoas com idade entre 9 e 17 anos já deixaram até de dormir ou comer para navegar na internet, segundo dados da pesquisa TIC Kids Online Brasil, realizada pelo Comitê Gestor da Internet.

Para se ter ideia, em 2017, 85% das crianças e adolescentes foram classificados como usuários da web, o que corresponde a cerca de 24,7 milhões de usuários no Brasil. Na mesma pesquisa, 22% declararam que já foram tratados de forma ofensiva (de maneira que não gostaram ou que os chateou) durante a navegação.

O estudo do mostra ainda que o acesso à internet caminha para uma quase universalização no País, uma vez que 80% da população jovem da classe econômica A, entre 9 e 17 anos, costumam passar tempo on-line. Metade das crianças e adolescentes das classes D e E (de menor poder aquisitivo) também está conectada. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;