Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 15 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Seleção feminina arrasa Rússia e se recupera na Liga das Nações



23/05/2019 | 21:55


Após sofrer sua primeira derrota na Liga das Nações, a seleção brasileira feminina se recuperou na noite desta quinta-feira ao impor contundente derrota à Rússia pelo placar de 3 sets a 0, com parciais de 25/15, 25/17 e 25/14. O duelo marcou a despedida da equipe em Brasília, onde a seleção disputou seus três primeiros jogos na competição.

O saldo foi positivo: duas vitórias e uma derrota, para a República Dominicana, na quarta. O primeiro triunfo foi sobre a China, atual campeã olímpica. Nesta Liga das Nações, que substituiu o Grand Prix a partir do ano passado, o técnico José Roberto Guimarães não pode com várias jogadoras titulares, casos de Thaísa, Adenizia, Dani Lins. Elas pediram dispensa por diversos motivos, a maior parte por conta de desgaste físico.

Sem elas, Zé Roberto vem contando com a liderança de Gabi e com o brilho de Paula Borgos, maior pontuadora da partida desta quinta. Ela anotou 17 pontos e teve a companhia de Mara, com nove. Pelas russas, o destaque foi Margarita Kurilo, responsável por 12 pontos.

Nesta quinta, o treinador escalou a equipe sem mudanças em relação ao revés de quarta: Macris, Paula Borgo, Mara, Bia, Gabi, Amanda e a líbero Leia. Paula começou a se destacar logo nos primeiros pontos no set inicial, quando fazia estrago na defesa russa. Com facilidade, o Brasil abriu 9/4 no placar e não teve problemas para aumentar a vantagem até fechar a parcial.

O segundo set foi o mais equilibrado da partida. A Rússia chegou a fazer 6/3. As brasileiras só equilibraram quando empataram em 10/10. Daí em diante, as anfitriãs assumiram novamente o controle da partida e fecharam o set. Na última parcial,

Na próxima semana, a segunda da competição, o Brasil voltará à quadra contra a Holanda, na terça-feira, na cidade holandesa de Apeldoorn. Na sequência, os adversários serão a Polônia, no dia seguinte, e a Bulgária, na quinta, dia 30, também em solo holandês.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Seleção feminina arrasa Rússia e se recupera na Liga das Nações


23/05/2019 | 21:55


Após sofrer sua primeira derrota na Liga das Nações, a seleção brasileira feminina se recuperou na noite desta quinta-feira ao impor contundente derrota à Rússia pelo placar de 3 sets a 0, com parciais de 25/15, 25/17 e 25/14. O duelo marcou a despedida da equipe em Brasília, onde a seleção disputou seus três primeiros jogos na competição.

O saldo foi positivo: duas vitórias e uma derrota, para a República Dominicana, na quarta. O primeiro triunfo foi sobre a China, atual campeã olímpica. Nesta Liga das Nações, que substituiu o Grand Prix a partir do ano passado, o técnico José Roberto Guimarães não pode com várias jogadoras titulares, casos de Thaísa, Adenizia, Dani Lins. Elas pediram dispensa por diversos motivos, a maior parte por conta de desgaste físico.

Sem elas, Zé Roberto vem contando com a liderança de Gabi e com o brilho de Paula Borgos, maior pontuadora da partida desta quinta. Ela anotou 17 pontos e teve a companhia de Mara, com nove. Pelas russas, o destaque foi Margarita Kurilo, responsável por 12 pontos.

Nesta quinta, o treinador escalou a equipe sem mudanças em relação ao revés de quarta: Macris, Paula Borgo, Mara, Bia, Gabi, Amanda e a líbero Leia. Paula começou a se destacar logo nos primeiros pontos no set inicial, quando fazia estrago na defesa russa. Com facilidade, o Brasil abriu 9/4 no placar e não teve problemas para aumentar a vantagem até fechar a parcial.

O segundo set foi o mais equilibrado da partida. A Rússia chegou a fazer 6/3. As brasileiras só equilibraram quando empataram em 10/10. Daí em diante, as anfitriãs assumiram novamente o controle da partida e fecharam o set. Na última parcial,

Na próxima semana, a segunda da competição, o Brasil voltará à quadra contra a Holanda, na terça-feira, na cidade holandesa de Apeldoorn. Na sequência, os adversários serão a Polônia, no dia seguinte, e a Bulgária, na quinta, dia 30, também em solo holandês.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;