Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 17 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Trabalhadores da Móveis Bartira mantêm greve e fazem passeata em São Caetano

Divulgação / Edson Bernardes Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

A caminhada começou em frente a fábrica e terminou na sede das Casas Bahia, onde aconteceu ato de protesto


Lorena S. Ávila
Especial para o Dgabc

23/05/2019 | 19:01


Os trabalhadores da fábrica de móveis Bartira, realizaram hoje pela manhã uma passeata que teve início em frente à empresa, na Av. do Estado, e foi até a sede da Casas Bahia, conhecida como loja zero, na Av. Conde Francisco de Matarazzo, em São Caetano, onde aconteceu um pequeno ato de protesto, passando pelo Viaduto da Independência. Eles reivindicaram o direito de não trabalhar aos sábados, o que motiva greve que está no terceiro dia.

De acordo com Edison Bernardes, presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil de São Caetano, a manifestação reuniu cerca de 500 funcionários do período matutino. Em audiência de conciliação realizada ontem no TRT (Tribunal Regional do Trabalho) não houve acordo. O desembargador deu prazo de 12 dias para que as partes apresentem resoluções.

Questionada pela equipe do Diário, a Móveis Bartira respondeu em nota que menos de 100 trabalhadores aderiram a passeata e o protesto em frente a loja não durou nem uma hora.

Bernardes ainda reitera que o sindicato está aberto para negociações, mas caso a empresa não queira oferecer um acordo que favoreça os trabalhadores, será votado dissídio de greve pelo órgão. A paralisação está mantida até o dia 3 de junho, data limite para que entrem em consenso.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Trabalhadores da Móveis Bartira mantêm greve e fazem passeata em São Caetano

A caminhada começou em frente a fábrica e terminou na sede das Casas Bahia, onde aconteceu ato de protesto

Lorena S. Ávila
Especial para o Dgabc

23/05/2019 | 19:01


Os trabalhadores da fábrica de móveis Bartira, realizaram hoje pela manhã uma passeata que teve início em frente à empresa, na Av. do Estado, e foi até a sede da Casas Bahia, conhecida como loja zero, na Av. Conde Francisco de Matarazzo, em São Caetano, onde aconteceu um pequeno ato de protesto, passando pelo Viaduto da Independência. Eles reivindicaram o direito de não trabalhar aos sábados, o que motiva greve que está no terceiro dia.

De acordo com Edison Bernardes, presidente do Sindicato dos Trabalhadores da Construção Civil de São Caetano, a manifestação reuniu cerca de 500 funcionários do período matutino. Em audiência de conciliação realizada ontem no TRT (Tribunal Regional do Trabalho) não houve acordo. O desembargador deu prazo de 12 dias para que as partes apresentem resoluções.

Questionada pela equipe do Diário, a Móveis Bartira respondeu em nota que menos de 100 trabalhadores aderiram a passeata e o protesto em frente a loja não durou nem uma hora.

Bernardes ainda reitera que o sindicato está aberto para negociações, mas caso a empresa não queira oferecer um acordo que favoreça os trabalhadores, será votado dissídio de greve pelo órgão. A paralisação está mantida até o dia 3 de junho, data limite para que entrem em consenso.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;