Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 15 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Diadema história da evolução do transporte

Do carro de boi ao batelão, das matas à represa


Ademir Medici
Do Diário do Grande ABC

24/05/2019 | 07:00


O pesquisador Walter Adão Carreiro é o convidado desta semana do programa Memória na TV, pelo Diário OnLine (www.dgabc.com.br). Aos 80 anos completados este mês, Carreiro focaliza a evolução dos transportes coletivos em Diadema.

O carro de boi fez história na cidade, a exemplo do batelão que transportava lenha e outras mercadorias pela Represa Billings, além de passageiros. Depois viriam os veículos automotores.

Walter Carreiro mostra outras imagens. O programa é aberto com cenas de uma peça teatral com a história da cidade – Giro Cultural – desde o século XVIII, quando foi erguida uma primeira capela, até os dias presentes.

“Diadema era chamada de Mata ou Sítio da Capela, ou de Cupecê”, rememora o entrevistado. Na peça, que é exibida regularmente no Centro de Memória de Diadema, três funcionários municipais fazem os papéis de Antonio Piranga, Amélia Eugênia e Pedro Viana, personagens históricos da cidade.

O PESQUISADOR
Walter Carreiro é autor do livro Diadema, Em Cada Esquina Uma História, lançado em 2012 e que focaliza as origens dos nomes dos bairros e logradouros públicos.

Natural de Areiópolis, antigo distrito de São Manuel, Interior de São Paulo, a família de Walter Carreiro veio para Diadema quando ele tinha 7 anos. Carreiro estudou na cidade e trabalhou como metalúrgico. Foi um dos mais jovens autonomistas de Diadema.

Ao se aposentar, passou a se dedicar em tempo integral à construção da memória. Seus primeiros trabalhos foram publicados aqui em Memória há 30 anos.

Aos 80 anos, Walter Carreiro é casado com dona Cida. Tem cinco filhos, três netos e um bisneto. Já reuniu 4.000 fotos acerca da história de Diadema.

Memória na TV
- Entrevistado: Walter Carreiro, pesquisador de Diadema
- No ar pelo Diário OnLine:www.dgabc.com.br. 

‘De mãos vazias''

Absalão Mendes, escriturário, desliga o ventilador, ajeita a camisa dentro das calças, apanha o paletó da cadeira e vai espiar na janela de vidro.

Da crônica de Lourenço Diaféria publicada pelo Diário em 24 de maio de 1989. Confiram a íntegra no Facebook da Memória.

Diário há 30 anos
Quarta-feira, 24 de maio de 1989 – ano 32, edição 7073

ManchetePM reprime e a Paulista vira tumulto. A passeata dos professores, em greve há um mês, terminou em violência e trânsito congestionado.

Santo André – Jornal oficial divulga criação de empresa municipal de transportes; Prefeitura desmente.

Handebol – O Campeonato Brasileiro de Clubes, categoria júnior masculino, começa no Ginásio Pedro Dell’Antonia, em Santo André.

Em 24 de maio de...

1914 – Inaugurado o sistema de abastecimento de água em Santo André. Uma cidade sem calçamento, o que levou o Estadão a escrever: “Os habitantes desta localidade se vêm às tontas com a densa nuvem de poeira que se ergue nas ruas à passagem dos veículos, cujo trânsito é constante”.

1919 – Acordo põe fim à greve na fábrica de sabão e óleo da Matarazzo, em São Caetano.

- A Casa Lebre, no Centro da Capital, afixará, na sua vitrine, o resultado durante o jogo de Brasil e Uruguai, na decisão do Sul-Americano.

- No Cine-Teatro Avenida, da Avenida São João, ‘em soirée’, são exibidos ‘todos os grandes acontecimentos esportivos dos dias 17 e 18 entre argentinos, brasileiros, chilenos e uruguaios’.

Internacional

- Do noticiário do Correio Paulistano: a Itália vai assinar o tratado de paz com a Áustria.

- Do noticiário do Estadão: Roma, 23. Em palestra com jornalistas sul-americanos, o deputado Ugo Scalori disse ser plenamente justificável a impaciência das viúvas e dos órfãos de guerra no que diz respeito às pensões a que 

têm direito.

Hoje

- Dia do Café

- Dia do Datilógrafo

- Dia da Infantaria

- Dia do Telegrafista

- Dia do Vestibulando

- Dia Nacional do Cigano

Santos do Dia

- Nossa Senhora Auxiliadora. Invocação mariana nascida no ano de 1571 e festa instituída em 1816, pelo papa Pio VII.

- Nossa Senhora da Estrada

- Bvs. Manuel Gomes Gonzáles e Adílio Daronch

Município Paulista

Hoje é o aniversário de Nova Odessa, criado em 24 de maio de 1905 como núcleo colonial destinado à localização de imigrantes russos. Elevado a município em 1959, quando se separa de Americana.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Diadema história da evolução do transporte

Do carro de boi ao batelão, das matas à represa

Ademir Medici
Do Diário do Grande ABC

24/05/2019 | 07:00


O pesquisador Walter Adão Carreiro é o convidado desta semana do programa Memória na TV, pelo Diário OnLine (www.dgabc.com.br). Aos 80 anos completados este mês, Carreiro focaliza a evolução dos transportes coletivos em Diadema.

O carro de boi fez história na cidade, a exemplo do batelão que transportava lenha e outras mercadorias pela Represa Billings, além de passageiros. Depois viriam os veículos automotores.

Walter Carreiro mostra outras imagens. O programa é aberto com cenas de uma peça teatral com a história da cidade – Giro Cultural – desde o século XVIII, quando foi erguida uma primeira capela, até os dias presentes.

“Diadema era chamada de Mata ou Sítio da Capela, ou de Cupecê”, rememora o entrevistado. Na peça, que é exibida regularmente no Centro de Memória de Diadema, três funcionários municipais fazem os papéis de Antonio Piranga, Amélia Eugênia e Pedro Viana, personagens históricos da cidade.

O PESQUISADOR
Walter Carreiro é autor do livro Diadema, Em Cada Esquina Uma História, lançado em 2012 e que focaliza as origens dos nomes dos bairros e logradouros públicos.

Natural de Areiópolis, antigo distrito de São Manuel, Interior de São Paulo, a família de Walter Carreiro veio para Diadema quando ele tinha 7 anos. Carreiro estudou na cidade e trabalhou como metalúrgico. Foi um dos mais jovens autonomistas de Diadema.

Ao se aposentar, passou a se dedicar em tempo integral à construção da memória. Seus primeiros trabalhos foram publicados aqui em Memória há 30 anos.

Aos 80 anos, Walter Carreiro é casado com dona Cida. Tem cinco filhos, três netos e um bisneto. Já reuniu 4.000 fotos acerca da história de Diadema.

Memória na TV
- Entrevistado: Walter Carreiro, pesquisador de Diadema
- No ar pelo Diário OnLine:www.dgabc.com.br. 

‘De mãos vazias''

Absalão Mendes, escriturário, desliga o ventilador, ajeita a camisa dentro das calças, apanha o paletó da cadeira e vai espiar na janela de vidro.

Da crônica de Lourenço Diaféria publicada pelo Diário em 24 de maio de 1989. Confiram a íntegra no Facebook da Memória.

Diário há 30 anos
Quarta-feira, 24 de maio de 1989 – ano 32, edição 7073

ManchetePM reprime e a Paulista vira tumulto. A passeata dos professores, em greve há um mês, terminou em violência e trânsito congestionado.

Santo André – Jornal oficial divulga criação de empresa municipal de transportes; Prefeitura desmente.

Handebol – O Campeonato Brasileiro de Clubes, categoria júnior masculino, começa no Ginásio Pedro Dell’Antonia, em Santo André.

Em 24 de maio de...

1914 – Inaugurado o sistema de abastecimento de água em Santo André. Uma cidade sem calçamento, o que levou o Estadão a escrever: “Os habitantes desta localidade se vêm às tontas com a densa nuvem de poeira que se ergue nas ruas à passagem dos veículos, cujo trânsito é constante”.

1919 – Acordo põe fim à greve na fábrica de sabão e óleo da Matarazzo, em São Caetano.

- A Casa Lebre, no Centro da Capital, afixará, na sua vitrine, o resultado durante o jogo de Brasil e Uruguai, na decisão do Sul-Americano.

- No Cine-Teatro Avenida, da Avenida São João, ‘em soirée’, são exibidos ‘todos os grandes acontecimentos esportivos dos dias 17 e 18 entre argentinos, brasileiros, chilenos e uruguaios’.

Internacional

- Do noticiário do Correio Paulistano: a Itália vai assinar o tratado de paz com a Áustria.

- Do noticiário do Estadão: Roma, 23. Em palestra com jornalistas sul-americanos, o deputado Ugo Scalori disse ser plenamente justificável a impaciência das viúvas e dos órfãos de guerra no que diz respeito às pensões a que 

têm direito.

Hoje

- Dia do Café

- Dia do Datilógrafo

- Dia da Infantaria

- Dia do Telegrafista

- Dia do Vestibulando

- Dia Nacional do Cigano

Santos do Dia

- Nossa Senhora Auxiliadora. Invocação mariana nascida no ano de 1571 e festa instituída em 1816, pelo papa Pio VII.

- Nossa Senhora da Estrada

- Bvs. Manuel Gomes Gonzáles e Adílio Daronch

Município Paulista

Hoje é o aniversário de Nova Odessa, criado em 24 de maio de 1905 como núcleo colonial destinado à localização de imigrantes russos. Elevado a município em 1959, quando se separa de Americana.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;