Fechar
Publicidade

Segunda-Feira, 22 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

|

Como vender no Instagram Stories?


Do Diário do Grande ABC

23/05/2019 | 11:30


Recentemente o CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, divulgou que o Instagram realiza testes para deixar de mostrar publicamente o número de curtidas em fotos e vídeos. Esse assunto gerou grande discussão entre marcas e influenciadores digitais, que estão investindo cada vez mais em outras funcionalidades da rede social. Uma delas é o Stories do Instagram, que, segundo levantamento da empresa Socialbakers, em um ano cresceu 21%. Acompanhe abaixo cinco dicas para entender como utilizar este recurso para impulsionar o seu negócio.

Instagram comercial – ao migrar para conta comercial, terá acesso a métricas como horário em que os seguidores estão mais ativos, número de visitas ao perfil, idade média do público e a região em que estão. Baseando-se nessas informações, já pode começar a postar conteúdos em horários específicos, entender a linguagem a ser adotada em sua conta e direcionar a campanha de ads e conteúdos para esse público, com objetivo de sempre aumentar o engajamento.

Mostre os bastidores – humanizar sua marca é muito importante para gerar empatia nos consumidores. Para isto, você pode mostrar os bastidores da sua empresa, comemorações de datas especiais, entre outras ideias que transmitam transparência aos seus seguidores. Também pode incrementar fotos da sua câmera com gif ou emoji, por exemplo, para criar conteúdo mais divertido.

Ferramentas de interação – realizar enquetes e sessões de perguntas e respostas é ótima opção para engajar seguidores e mostrar que tem interesse em saber a opinião do seu público. Recentemente, o Instagram liberou nova figurinha chamada ‘teste’, que pode ser adicionada ao Stories, por isso aproveite para usá-la e, de forma leve e divertida, fornecer respostas preciosas para direcionar melhor suas estratégias de comunicação e vendas.

Microinfluenciadores – os microinfluenciadores são ótima opção para aqueles lojistas que estão começando. Esses tipos de influencers apresentam ótimo custo-benefício, já que são fontes confiáveis de recomendação de seus seguidores. Entretanto, é preciso lembrar que investir nesse tipo de parceria requer cuidado, pois o influenciador deve ser totalmente alinhado ao seu público.

Métricas – cada vez que mostrar a foto de produto no Stories, não se esqueça de colocar o link e, se possível, também ‘UTM’ (link personalizado criado em sites como bit.ly ou o do próprio Google) para medir quantas vendas vieram de lá. Se ainda não utiliza esses rastreadores, é importantíssimo começar desde já. Por fim, não tenha medo de fazer testes e usar a criatividade para gerar conteúdo que conquiste seu público. A melhor maneira de comprovar o sucesso das suas postagens entre os seus seguidores é testando e experimentando conteúdos.

Luiz Fernando Natal é gerente de marketing BR da empresa Nuvem Shop.

Assino embaixo

Estava propenso a escrever – para este prestigioso Diário – a respeito do boicote perpetrado pelo alcaide são-bernardense (Política, dia 18), deixando patente meu inconformismo pela decisão que tomou ao pegar a bola e sair do campo. Mas um diademense, o jornalista Arlindo Ligeirinho Ribeiro, foi mais ligeiro do que eu e escreveu primeiro (Boicote, dia 22). Isto posto, tomo a liberdade de assinar embaixo a missiva do atuante cidadão diademense, que é missivista assíduo desta democrática coluna Palavra do Leitor, sempre atento ao trazer à baila cruciantes problemas – preferencialmente – regionais, que nos afetam. Saudações antiboicote.

João Paulo de Oliveira

Diadema

Enchentes

Lembram-se, são-caetanenses, das enchentes na cidade em março? Então, houve superfaturamento na compra dos colchões adquiridos pela gestão Auricchio. A compra deveria ser de R$ 42 mil, mas os itens saíram, por, pasmem, mais de R$ 70 mil! Que vergonha isso, não é mesmo? Agora, o prefeito José Auricchio Júnior pediu licença de 15 dias e só volta no dia 28. Nesse período assumiu o vice-prefeito Beto Vidoski. O que pode acontecer nesses dias com o prefeito fora do gabinete? Será clima de fim de governo, já que nem seus funcionários lhe cumprimentam mais? Prefeito, o senhor precisa urgentemente sair dessa ‘urucubaca’!

Fernando Zucatelli

São Caetano

Samu

O prefeito, muito animado, toma posse de terreno localizado na Rua Joaquim Nabuco, Centro de São Bernardo, área onde funcionava posto de combustível, para fazer a nova base do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). Portanto, chama atenção e muito por ser área onde o solo é de risco. Entretanto, ‘a empresa que adquirir terreno contaminado e expuser pessoas aos riscos inerentes, sem adotar o devido procedimento de regularização do solo, para posteriormente obter a aprovação dos órgãos competentes, estará sujeita a assumir as consequências decorrentes da ação irresponsável’, alerta a Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo). Portanto, as perguntas: a Prefeitura executou a descontaminação do solo? Removeu tanques subterrâneos? Penso que existe situação de descumprimento das normas neste caso. Olhando a movimentação, fica a impressão de que nada disso foi observado. Vejo exposição e risco grave, pois terá constantemente movimentação de veículos e o risco de existir gases já é alarmante. Com a palavra a Prefeitura e a Cetesb.

Luizinho Fernandes

São Bernardo

Espertão

Bolsonaro convocou atos de apoio a ele para domingo, mas disse que não vai participar (Política, ontem). Será que os fantoches aparecerão?

Ulisses Noronha

São Caetano

No passado

No Mensalão e no Petrolão, não se juntaram para um ‘decência já!’ nem ‘fórum pela moralidade’. Onde os partidos PSDB, PT, PDT, Cidadania, PCdoB, Psol, PV, Rede, PSB e a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) e UNE (União Nacional dos Estudantes) estavam? Eu imagino...

Tânia Tavares

Capital

Resposta

Em relação à carta do leitor José Alfeu Pagoto (Parque Central, ontem), a Prefeitura de Santo André, por meio do Dpav (Departamento de Parques e Áreas Verdes), informa que a manutenção do Parque Central vem sendo efetuada de maneira corretiva, com fechamento de erosões causadas pelo excesso de chuva. O trabalho que está em fase de conclusão no Parque Celso Daniel será realizado nos demais parques municipais, de acordo com o cronograma do Dpav.

Prefeitura de Santo André 

As cartas para esta seção devem ser encaminhadas pelos Correios (Rua Catequese, 562, bairro Jardim, Santo André, CEP 09090-900) ou por e-mail (palavradoleitor@dgabc.com.br). Necessário que sejam indicados nome e endereço completos e telefone para contato. Não serão publicadas ofensas pessoais. Os assuntos devem versar sobre temas abordados pelo jornal. O Diário se reserva o direito de publicar somente trechos dos textos.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Como vender no Instagram Stories?

Do Diário do Grande ABC

23/05/2019 | 11:30


Recentemente o CEO do Facebook, Mark Zuckerberg, divulgou que o Instagram realiza testes para deixar de mostrar publicamente o número de curtidas em fotos e vídeos. Esse assunto gerou grande discussão entre marcas e influenciadores digitais, que estão investindo cada vez mais em outras funcionalidades da rede social. Uma delas é o Stories do Instagram, que, segundo levantamento da empresa Socialbakers, em um ano cresceu 21%. Acompanhe abaixo cinco dicas para entender como utilizar este recurso para impulsionar o seu negócio.

Instagram comercial – ao migrar para conta comercial, terá acesso a métricas como horário em que os seguidores estão mais ativos, número de visitas ao perfil, idade média do público e a região em que estão. Baseando-se nessas informações, já pode começar a postar conteúdos em horários específicos, entender a linguagem a ser adotada em sua conta e direcionar a campanha de ads e conteúdos para esse público, com objetivo de sempre aumentar o engajamento.

Mostre os bastidores – humanizar sua marca é muito importante para gerar empatia nos consumidores. Para isto, você pode mostrar os bastidores da sua empresa, comemorações de datas especiais, entre outras ideias que transmitam transparência aos seus seguidores. Também pode incrementar fotos da sua câmera com gif ou emoji, por exemplo, para criar conteúdo mais divertido.

Ferramentas de interação – realizar enquetes e sessões de perguntas e respostas é ótima opção para engajar seguidores e mostrar que tem interesse em saber a opinião do seu público. Recentemente, o Instagram liberou nova figurinha chamada ‘teste’, que pode ser adicionada ao Stories, por isso aproveite para usá-la e, de forma leve e divertida, fornecer respostas preciosas para direcionar melhor suas estratégias de comunicação e vendas.

Microinfluenciadores – os microinfluenciadores são ótima opção para aqueles lojistas que estão começando. Esses tipos de influencers apresentam ótimo custo-benefício, já que são fontes confiáveis de recomendação de seus seguidores. Entretanto, é preciso lembrar que investir nesse tipo de parceria requer cuidado, pois o influenciador deve ser totalmente alinhado ao seu público.

Métricas – cada vez que mostrar a foto de produto no Stories, não se esqueça de colocar o link e, se possível, também ‘UTM’ (link personalizado criado em sites como bit.ly ou o do próprio Google) para medir quantas vendas vieram de lá. Se ainda não utiliza esses rastreadores, é importantíssimo começar desde já. Por fim, não tenha medo de fazer testes e usar a criatividade para gerar conteúdo que conquiste seu público. A melhor maneira de comprovar o sucesso das suas postagens entre os seus seguidores é testando e experimentando conteúdos.

Luiz Fernando Natal é gerente de marketing BR da empresa Nuvem Shop.

Assino embaixo

Estava propenso a escrever – para este prestigioso Diário – a respeito do boicote perpetrado pelo alcaide são-bernardense (Política, dia 18), deixando patente meu inconformismo pela decisão que tomou ao pegar a bola e sair do campo. Mas um diademense, o jornalista Arlindo Ligeirinho Ribeiro, foi mais ligeiro do que eu e escreveu primeiro (Boicote, dia 22). Isto posto, tomo a liberdade de assinar embaixo a missiva do atuante cidadão diademense, que é missivista assíduo desta democrática coluna Palavra do Leitor, sempre atento ao trazer à baila cruciantes problemas – preferencialmente – regionais, que nos afetam. Saudações antiboicote.

João Paulo de Oliveira

Diadema

Enchentes

Lembram-se, são-caetanenses, das enchentes na cidade em março? Então, houve superfaturamento na compra dos colchões adquiridos pela gestão Auricchio. A compra deveria ser de R$ 42 mil, mas os itens saíram, por, pasmem, mais de R$ 70 mil! Que vergonha isso, não é mesmo? Agora, o prefeito José Auricchio Júnior pediu licença de 15 dias e só volta no dia 28. Nesse período assumiu o vice-prefeito Beto Vidoski. O que pode acontecer nesses dias com o prefeito fora do gabinete? Será clima de fim de governo, já que nem seus funcionários lhe cumprimentam mais? Prefeito, o senhor precisa urgentemente sair dessa ‘urucubaca’!

Fernando Zucatelli

São Caetano

Samu

O prefeito, muito animado, toma posse de terreno localizado na Rua Joaquim Nabuco, Centro de São Bernardo, área onde funcionava posto de combustível, para fazer a nova base do Samu (Serviço de Atendimento Móvel de Urgência). Portanto, chama atenção e muito por ser área onde o solo é de risco. Entretanto, ‘a empresa que adquirir terreno contaminado e expuser pessoas aos riscos inerentes, sem adotar o devido procedimento de regularização do solo, para posteriormente obter a aprovação dos órgãos competentes, estará sujeita a assumir as consequências decorrentes da ação irresponsável’, alerta a Cetesb (Companhia Ambiental do Estado de São Paulo). Portanto, as perguntas: a Prefeitura executou a descontaminação do solo? Removeu tanques subterrâneos? Penso que existe situação de descumprimento das normas neste caso. Olhando a movimentação, fica a impressão de que nada disso foi observado. Vejo exposição e risco grave, pois terá constantemente movimentação de veículos e o risco de existir gases já é alarmante. Com a palavra a Prefeitura e a Cetesb.

Luizinho Fernandes

São Bernardo

Espertão

Bolsonaro convocou atos de apoio a ele para domingo, mas disse que não vai participar (Política, ontem). Será que os fantoches aparecerão?

Ulisses Noronha

São Caetano

No passado

No Mensalão e no Petrolão, não se juntaram para um ‘decência já!’ nem ‘fórum pela moralidade’. Onde os partidos PSDB, PT, PDT, Cidadania, PCdoB, Psol, PV, Rede, PSB e a OAB (Ordem dos Advogados do Brasil) e UNE (União Nacional dos Estudantes) estavam? Eu imagino...

Tânia Tavares

Capital

Resposta

Em relação à carta do leitor José Alfeu Pagoto (Parque Central, ontem), a Prefeitura de Santo André, por meio do Dpav (Departamento de Parques e Áreas Verdes), informa que a manutenção do Parque Central vem sendo efetuada de maneira corretiva, com fechamento de erosões causadas pelo excesso de chuva. O trabalho que está em fase de conclusão no Parque Celso Daniel será realizado nos demais parques municipais, de acordo com o cronograma do Dpav.

Prefeitura de Santo André 

As cartas para esta seção devem ser encaminhadas pelos Correios (Rua Catequese, 562, bairro Jardim, Santo André, CEP 09090-900) ou por e-mail (palavradoleitor@dgabc.com.br). Necessário que sejam indicados nome e endereço completos e telefone para contato. Não serão publicadas ofensas pessoais. Os assuntos devem versar sobre temas abordados pelo jornal. O Diário se reserva o direito de publicar somente trechos dos textos.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;