Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 18 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

São Caetano decide futuro na Série D diante do Tubarão

AD São Caetano/Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Após duas derrotas, Azulão recebe equipe catarinense, às 16h, no Anacleto Campanella


Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

18/05/2019 | 07:00


Na expectativa, o São Caetano projetava chegar à terceira rodada da fase de grupos do Campeonato Brasileiro da Série D tentando encaminhar a classificação para a próxima etapa do torneio. Entretanto, a realidade é totalmente diferente: após duas derrotas, o Azulão recebe o Tubarão, às 16h, no Estádio Anacleto Campanella, em busca de forças para vencer pela primeira vez, ultrapassar o adversário no Grupo A16 e iniciar reviravolta na classificação.

No mesmo horário, em Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul, o Caxias (quatro pontos) recebe o Cianorte, do Paraná, que soma seis. Ambas as equipes venceram o São Caetano e empate entre elas poderia ser interessante. Desde que o time do Grande ABC faça sua parte.
A cobrança interna vem sendo grande, inclusive entre os próprios jogadores, que não enxergam outra possibilidade que não seja vencer hoje para seguir acreditando em um desfecho feliz.

“Cada jogo é uma final, pois não vencemos os dois primeiros. Como a competição é curta, devemos pensar apenas em conquistar os pontos e, assim, continuar sonhando com a vaga na segunda fase”, declarou o meia-atacante Jefferson Maranhão, que teve o discurso endossado pelo técnico Luiz Gabardo. “Cada jogo é uma decisão. Precisamos ganhar a primeira partida e aí, depois, pensar jogo a jogo”, afirmou o comandante.

Com um ponto conquistado, o adversário de hoje foi avaliado como perigoso por Maranhão. “O Tubarão é uma excelente equipe. Tanto que empatou contra o Caxias, que é outro forte adversário. Será um jogo em que teremos muito trabalho e, por isso, precisamos estar bem focados”, previu.

Luiz Gabardo não tem problemas de lesão ou suspensão para escalar o São Caetano. Assim, fica a dúvida se ele vai manter a equipe da derrota para o Cianorte (1 a 0) ou repetirá a que caiu na estreia para o Caxias (1 a 0)

Pelo lado catarinense, o técnico Luizinho Vieira pretende manter o esquema que prioriza a defesa para depois atacar, sobretudo porque o Azulão terá de propor o jogo para alcançar os primeiros três pontos. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

São Caetano decide futuro na Série D diante do Tubarão

Após duas derrotas, Azulão recebe equipe catarinense, às 16h, no Anacleto Campanella

Dérek Bittencourt
Do Diário do Grande ABC

18/05/2019 | 07:00


Na expectativa, o São Caetano projetava chegar à terceira rodada da fase de grupos do Campeonato Brasileiro da Série D tentando encaminhar a classificação para a próxima etapa do torneio. Entretanto, a realidade é totalmente diferente: após duas derrotas, o Azulão recebe o Tubarão, às 16h, no Estádio Anacleto Campanella, em busca de forças para vencer pela primeira vez, ultrapassar o adversário no Grupo A16 e iniciar reviravolta na classificação.

No mesmo horário, em Caxias do Sul, no Rio Grande do Sul, o Caxias (quatro pontos) recebe o Cianorte, do Paraná, que soma seis. Ambas as equipes venceram o São Caetano e empate entre elas poderia ser interessante. Desde que o time do Grande ABC faça sua parte.
A cobrança interna vem sendo grande, inclusive entre os próprios jogadores, que não enxergam outra possibilidade que não seja vencer hoje para seguir acreditando em um desfecho feliz.

“Cada jogo é uma final, pois não vencemos os dois primeiros. Como a competição é curta, devemos pensar apenas em conquistar os pontos e, assim, continuar sonhando com a vaga na segunda fase”, declarou o meia-atacante Jefferson Maranhão, que teve o discurso endossado pelo técnico Luiz Gabardo. “Cada jogo é uma decisão. Precisamos ganhar a primeira partida e aí, depois, pensar jogo a jogo”, afirmou o comandante.

Com um ponto conquistado, o adversário de hoje foi avaliado como perigoso por Maranhão. “O Tubarão é uma excelente equipe. Tanto que empatou contra o Caxias, que é outro forte adversário. Será um jogo em que teremos muito trabalho e, por isso, precisamos estar bem focados”, previu.

Luiz Gabardo não tem problemas de lesão ou suspensão para escalar o São Caetano. Assim, fica a dúvida se ele vai manter a equipe da derrota para o Cianorte (1 a 0) ou repetirá a que caiu na estreia para o Caxias (1 a 0)

Pelo lado catarinense, o técnico Luizinho Vieira pretende manter o esquema que prioriza a defesa para depois atacar, sobretudo porque o Azulão terá de propor o jogo para alcançar os primeiros três pontos. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;