Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 20 de Setembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

São Bernardo revoga licitação do transporte

Claudinei Plaza/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Administração cancela processo após o TCE suspender depois de representações


Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

17/05/2019 | 07:00


A Prefeitura de São Bernardo revogou a licitação para contratação de empresa para operar 66 linhas do transporte público municipal. A administração não informou os motivos da decisão nem detalhou se irá e quando vai reabrir a concorrência pública.

O cancelamento do certame foi publicado no Diário Oficial de ontem, 11 dias depois de o TCE (Tribunal de Contas do Estado) ter acatado denúncia feita contra o edital e determinado a suspensão do processo licitatório em caráter liminar. Outra representação foi feita contra a licitação de São Bernardo e, pelos prazos, a administração teria até hoje para responder aos questionamentos.

A F&B Transportadora Turística Ltda ingressou com pedido de suspensão do edital no fim do mês passado contestando série de itens nas regras estipuladas pelo governo são-bernardense. Entre elas a existência de lote único – cidades do tamanho de São Bernardo, com 833 mil moradores, costumam ter linhas divididas para fomento da concorrência –, a escolha de maior quantia ofertada pela outorga onerosa em vez de avaliação da menor valor de tarifa, como é prática do mercado, e exigência de pagamento de R$ 40 milhões após 90 dias do contrato assinado e apresentação de comprovação de execução de serviço com características que podem prejudicar a participação de concorrentes.

A decisão de revogar a licitação acontece no mesmo dia em que o TCE publicou, também no Diário Oficial, resultado de sessão de conselheiros que referendou a suspensão em caráter liminar. Ou seja, a paralisação, que era apenas monocrática (por decisão do conselheiro Edgard Camargo Rodrigues), virou definitiva e só seria revertida caso a Prefeitura de São Bernardo retificasse os artigos contestados.

Pelo cronograma inicial, no dia 9 de maio a administração iria colher os envelopes com propostas e dar andamento ao processo licitatório. A gestão havia publicado em março o edital para concessão do transporte coletivo. A estimativa era de 25 anos de tempo de contrato – prorrogáveis por mais cinco anos – e aporte mínimo de R$ 310,9 milhões no período. Havia necessidade de oferta de 389 veículos (mais frota reserva), sendo que, em duas décadas, nenhum carro poderia ser movido a diesel.

Em São Bernardo são transportados, por dia, cerca de 230 mil passageiros. Atualmente, as linhas são operadas pela SBCTrans por meio de contrato firmado em 1997, sendo que o acordo foi prorrogado.

Procurada pelo Diário, a Prefeitura de São Bernardo não se manifestou sobre o caso.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

São Bernardo revoga licitação do transporte

Administração cancela processo após o TCE suspender depois de representações

Raphael Rocha
Do Diário do Grande ABC

17/05/2019 | 07:00


A Prefeitura de São Bernardo revogou a licitação para contratação de empresa para operar 66 linhas do transporte público municipal. A administração não informou os motivos da decisão nem detalhou se irá e quando vai reabrir a concorrência pública.

O cancelamento do certame foi publicado no Diário Oficial de ontem, 11 dias depois de o TCE (Tribunal de Contas do Estado) ter acatado denúncia feita contra o edital e determinado a suspensão do processo licitatório em caráter liminar. Outra representação foi feita contra a licitação de São Bernardo e, pelos prazos, a administração teria até hoje para responder aos questionamentos.

A F&B Transportadora Turística Ltda ingressou com pedido de suspensão do edital no fim do mês passado contestando série de itens nas regras estipuladas pelo governo são-bernardense. Entre elas a existência de lote único – cidades do tamanho de São Bernardo, com 833 mil moradores, costumam ter linhas divididas para fomento da concorrência –, a escolha de maior quantia ofertada pela outorga onerosa em vez de avaliação da menor valor de tarifa, como é prática do mercado, e exigência de pagamento de R$ 40 milhões após 90 dias do contrato assinado e apresentação de comprovação de execução de serviço com características que podem prejudicar a participação de concorrentes.

A decisão de revogar a licitação acontece no mesmo dia em que o TCE publicou, também no Diário Oficial, resultado de sessão de conselheiros que referendou a suspensão em caráter liminar. Ou seja, a paralisação, que era apenas monocrática (por decisão do conselheiro Edgard Camargo Rodrigues), virou definitiva e só seria revertida caso a Prefeitura de São Bernardo retificasse os artigos contestados.

Pelo cronograma inicial, no dia 9 de maio a administração iria colher os envelopes com propostas e dar andamento ao processo licitatório. A gestão havia publicado em março o edital para concessão do transporte coletivo. A estimativa era de 25 anos de tempo de contrato – prorrogáveis por mais cinco anos – e aporte mínimo de R$ 310,9 milhões no período. Havia necessidade de oferta de 389 veículos (mais frota reserva), sendo que, em duas décadas, nenhum carro poderia ser movido a diesel.

Em São Bernardo são transportados, por dia, cerca de 230 mil passageiros. Atualmente, as linhas são operadas pela SBCTrans por meio de contrato firmado em 1997, sendo que o acordo foi prorrogado.

Procurada pelo Diário, a Prefeitura de São Bernardo não se manifestou sobre o caso.  

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;