Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 23 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Evento reúne gerações de sambistas e apresenta rodas de conversa

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Projeto acontece no Sesc em quatro datas


Vinícius Castelli
Do Diário do Grande ABC

17/05/2019 | 07:16


Troca de experiências por meio de encontro de artistas contemporâneos com músicos e compositores que ajudaram a escrever a história do samba de São Paulo. É o que promove a unidade andreense do Sesc (Rua Tamarutaca, 302. Tel.: 4469-1200) com a segunda edição do projeto Memórias do Samba Paulista: Encontro de Gerações.

A agenda, com início hoje, segue em cartaz até dia 7 de junho, sempre a partir das 21h. Os encontros serão mediados pelo radialista e pesquisador Moisés da Rocha. Nas rodas de conversas os convidados aproveitarão para compartilhar suas lembranças. Além disso, interpretarão algumas canções acompanhados por bandas de base diferentes em cada data.

E quem abre a programação hoje é o compositor Canhotinho, de São Caetano, conhecido principalmente por seu trabalho junto ao grupo Demônios da Garoa. Quem o acompanha na conversa é o pessoal do Conjunto João Rubinato, que se dedica a celebrar a obra de Adoniran Barbosa (1910 -1982).

No encontro seguinte, marcado para dia 24, Rocha recebe o cantor e compositor Eduardo Gudin e Julião Pinheiro, um dos fundadores da famosa roda Samba do Ouvidor, no Rio de Janeiro. Eles celebrarão suas parcerias em comum com o pai de Julião. Paulo César Pinheiro.

Dono de composições como Ronda e Volta Por Cima, o paulistano Paulo Vanzolini (1924-2013) é o assunto da conversa do dia 31, data em que o mediador recebe Roberto Seresteiro e a cantora Ana Bernardo.

Por fim, dia 7 de junho, o andreense Leandro Matos e a sambista do bairro São Mateus, em São Paulo, Tia Cida dos Terreiros apresentam o espetáculo O Samba das Quebradas. Os bilhetes para cada encontro custam de R$ 6 a R$ 20 e podem ser comprados nas unidades do Sesc e pelo site www.sescsp.org.br.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Evento reúne gerações de sambistas e apresenta rodas de conversa

Projeto acontece no Sesc em quatro datas

Vinícius Castelli
Do Diário do Grande ABC

17/05/2019 | 07:16


Troca de experiências por meio de encontro de artistas contemporâneos com músicos e compositores que ajudaram a escrever a história do samba de São Paulo. É o que promove a unidade andreense do Sesc (Rua Tamarutaca, 302. Tel.: 4469-1200) com a segunda edição do projeto Memórias do Samba Paulista: Encontro de Gerações.

A agenda, com início hoje, segue em cartaz até dia 7 de junho, sempre a partir das 21h. Os encontros serão mediados pelo radialista e pesquisador Moisés da Rocha. Nas rodas de conversas os convidados aproveitarão para compartilhar suas lembranças. Além disso, interpretarão algumas canções acompanhados por bandas de base diferentes em cada data.

E quem abre a programação hoje é o compositor Canhotinho, de São Caetano, conhecido principalmente por seu trabalho junto ao grupo Demônios da Garoa. Quem o acompanha na conversa é o pessoal do Conjunto João Rubinato, que se dedica a celebrar a obra de Adoniran Barbosa (1910 -1982).

No encontro seguinte, marcado para dia 24, Rocha recebe o cantor e compositor Eduardo Gudin e Julião Pinheiro, um dos fundadores da famosa roda Samba do Ouvidor, no Rio de Janeiro. Eles celebrarão suas parcerias em comum com o pai de Julião. Paulo César Pinheiro.

Dono de composições como Ronda e Volta Por Cima, o paulistano Paulo Vanzolini (1924-2013) é o assunto da conversa do dia 31, data em que o mediador recebe Roberto Seresteiro e a cantora Ana Bernardo.

Por fim, dia 7 de junho, o andreense Leandro Matos e a sambista do bairro São Mateus, em São Paulo, Tia Cida dos Terreiros apresentam o espetáculo O Samba das Quebradas. Os bilhetes para cada encontro custam de R$ 6 a R$ 20 e podem ser comprados nas unidades do Sesc e pelo site www.sescsp.org.br.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;