Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 19 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Região adere paralisação nacional da educação

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Atos que começaram pela manhã vão se estender no período da tarde; ação movimenta estudantes e professores em todo o Brasil


Luana Yanka
Especial para o Diário

15/05/2019 | 11:40


Após o governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) ter anunciado o corte de 30% da verba das universidades, professores e estudantes se juntaram para fazer, nesta quarta-feira (15), paralisação nacional contra a medida, além da reforma da Previdência. O Grande ABC também aderiu o movimento. A equipe do Diário flagrou, por volta das 11h de hoje, pequeno grupo realizando passeata pela Avenida Antônio Piranga, em Diadema.

Em Mauá, alunos, pais e professores se reuniram na Praça XV de Novembro para protestar contra os cortes na Educação.

Na USP ( Universidade de São Paulo), desde cedo alunos e funcionários fazem manifesto na entrada da Cidade Universitária com faixas e um caminhão de som, fechando diversas ruas do entorno. Em outros pontos do estado como Unesp Araraquara, Usp Ribeirão Preto e Unicamp em Campinas, também ocorrem manifestações.

Às 14h está marcado na Avenida Paulista, em frente ao Masp, protesto que promete ser o maior do dia, com a participação de funcionários e estudantes de diversas escolas e universidades da Capital e região Metropolitana. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Região adere paralisação nacional da educação

Atos que começaram pela manhã vão se estender no período da tarde; ação movimenta estudantes e professores em todo o Brasil

Luana Yanka
Especial para o Diário

15/05/2019 | 11:40


Após o governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) ter anunciado o corte de 30% da verba das universidades, professores e estudantes se juntaram para fazer, nesta quarta-feira (15), paralisação nacional contra a medida, além da reforma da Previdência. O Grande ABC também aderiu o movimento. A equipe do Diário flagrou, por volta das 11h de hoje, pequeno grupo realizando passeata pela Avenida Antônio Piranga, em Diadema.

Em Mauá, alunos, pais e professores se reuniram na Praça XV de Novembro para protestar contra os cortes na Educação.

Na USP ( Universidade de São Paulo), desde cedo alunos e funcionários fazem manifesto na entrada da Cidade Universitária com faixas e um caminhão de som, fechando diversas ruas do entorno. Em outros pontos do estado como Unesp Araraquara, Usp Ribeirão Preto e Unicamp em Campinas, também ocorrem manifestações.

Às 14h está marcado na Avenida Paulista, em frente ao Masp, protesto que promete ser o maior do dia, com a participação de funcionários e estudantes de diversas escolas e universidades da Capital e região Metropolitana. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;