Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 21 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Medina, Italo e Filipinho passam à 3ª fase em dia de estreia na etapa de Bali

Gabriel Mediana/ Reprodução Instagram Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


13/05/2019 | 09:46


O surfe brasileiro teve um bom início na etapa de Bali, na Indonésia, a terceira da temporada de 2019 do Circuito Mundial. Nesta segunda-feira, oito dos 11 representantes do País conseguiram a classificação direta à terceira fase na praia de Teramas, entre eles os três de maior destaque: Gabriel Medina, Italo Ferreira e Filipe Toledo. Deivid Silva, William Cardoso e Jessé Mendes são os três que terão de disputar a repescagem na segunda fase.

Vice-campeão na etapa de Bells Beach, na Austrália, no mês passado, Filipe Toledo mostrou que é um dos grandes favoritos a levar o título em Bali. O brasileiro acertou o "aéreo reverse" mais alto do campeonato para tirar a maior nota (9,00) e somatório (16,17) do dia. Ele avançou ao lado do compatriota Peterson Crisanto (10,40), mandando o australiano Jacob Willcox (7,60) para a repescagem.

Segundo colocado da temporada - atrás apenas do havaiano John John Florence -, Ítalo Ferreira estreou na quarta bateria com uma tornozeleira no pé direito por conta uma torção que ele sofreu há uma semana. Campeão em Bali no ano passado, o potiguar dominou o confronto contra o compatriota Caio Ibelli e o havaiano Ezekiel Lau do início ao fim.

"Estou muito feliz de estar de volta e começar bem. Estou muito confiante. Ano passado tive um dos meus melhores momentos aqui em Keramas e vamos tentar de novo. Há uma semana, eu machuquei meu tornozelo treinando. Não foi uma lesão grande, mas o meu médico veio do Brasil, me ajudou e agora estou pronto", disse Ítalo, em entrevista à Liga Mundial de Surfe (WSL, na sigla em inglês).

Gabriel Medina passou sufoco, mas também garantiu a classificação para a terceira fase com virada no fim. Com a maré baixando, as ondas começaram a ficar mais escassas na bateria do atual bicampeão mundial. O paulista teve dificuldades no confronto contra o brasileiro Deivid Silva e o indonésio Rio Waida. O surfista local de 18 anos venceu com um total de 9,60 pontos e Medina só garantiu a classificação nos instantes finais com duas ondas que renderam 9,54 pontos no total, contra 6,77 de Deivid, que caiu para a repescagem.

Outros três brasileiros também avançaram nesta segunda-feira: Yago Dora, Jadson André e Michael Rodrigues. Atual número 1 da temporada, John John Florence abriu a competição com uma vitória sobre o italiano Leonardo Fioravanti e o brasileiro Michael Rodrigues.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Medina, Italo e Filipinho passam à 3ª fase em dia de estreia na etapa de Bali


13/05/2019 | 09:46


O surfe brasileiro teve um bom início na etapa de Bali, na Indonésia, a terceira da temporada de 2019 do Circuito Mundial. Nesta segunda-feira, oito dos 11 representantes do País conseguiram a classificação direta à terceira fase na praia de Teramas, entre eles os três de maior destaque: Gabriel Medina, Italo Ferreira e Filipe Toledo. Deivid Silva, William Cardoso e Jessé Mendes são os três que terão de disputar a repescagem na segunda fase.

Vice-campeão na etapa de Bells Beach, na Austrália, no mês passado, Filipe Toledo mostrou que é um dos grandes favoritos a levar o título em Bali. O brasileiro acertou o "aéreo reverse" mais alto do campeonato para tirar a maior nota (9,00) e somatório (16,17) do dia. Ele avançou ao lado do compatriota Peterson Crisanto (10,40), mandando o australiano Jacob Willcox (7,60) para a repescagem.

Segundo colocado da temporada - atrás apenas do havaiano John John Florence -, Ítalo Ferreira estreou na quarta bateria com uma tornozeleira no pé direito por conta uma torção que ele sofreu há uma semana. Campeão em Bali no ano passado, o potiguar dominou o confronto contra o compatriota Caio Ibelli e o havaiano Ezekiel Lau do início ao fim.

"Estou muito feliz de estar de volta e começar bem. Estou muito confiante. Ano passado tive um dos meus melhores momentos aqui em Keramas e vamos tentar de novo. Há uma semana, eu machuquei meu tornozelo treinando. Não foi uma lesão grande, mas o meu médico veio do Brasil, me ajudou e agora estou pronto", disse Ítalo, em entrevista à Liga Mundial de Surfe (WSL, na sigla em inglês).

Gabriel Medina passou sufoco, mas também garantiu a classificação para a terceira fase com virada no fim. Com a maré baixando, as ondas começaram a ficar mais escassas na bateria do atual bicampeão mundial. O paulista teve dificuldades no confronto contra o brasileiro Deivid Silva e o indonésio Rio Waida. O surfista local de 18 anos venceu com um total de 9,60 pontos e Medina só garantiu a classificação nos instantes finais com duas ondas que renderam 9,54 pontos no total, contra 6,77 de Deivid, que caiu para a repescagem.

Outros três brasileiros também avançaram nesta segunda-feira: Yago Dora, Jadson André e Michael Rodrigues. Atual número 1 da temporada, John John Florence abriu a competição com uma vitória sobre o italiano Leonardo Fioravanti e o brasileiro Michael Rodrigues.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;