Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 21 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Prisão de Temer é 'despropósito', afirma MDB

Marcelo Camargo/Agência Brasil Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


10/05/2019 | 12:36


O Movimento Democrático Brasileiro, partido de Michel Temer, se pronunciou sobre a nova prisão do ex-presidente, que se entregou na superintendência da Polícia Federal em São Paulo nesta quinta-feira, 9. Para o MDB, a detenção de Temer, "sob argumento de que ele representa um perigo à ordem pública", é um "despropósito".

Em nota publicada no site do Partido, o MDB diz ainda que "continua acreditando na Justiça brasileira e espera que os excessos sejam contidos e que a verdade prevaleça no andamento das investigações".

O partido já foi presidido por Temer em três ocasiões: entre setembro de 2001 e março de 2009, quando era deputado; entre janeiro e junho de 2010, também quando fazia parte da Câmara Federal; e entre janeiro de 2014 e abril de 2016, quando Temer era vice-presidente da República. Hoje o líder nacional do MDB é o ex-senador Romero Jucá.

Na tarde desta quinta-feira, 9, o ex-presidente e o coronel João Baptista Lima Filho se entregaram na superintendência da Polícia Federal em São Paulo, para o cumprimento da prisão preventiva no âmbito da Operação Descontaminação, braço da Lava Jato no Rio.

A defesa do ex-presidente apresentou, também na tarde desta quinta, um pedido de habeas corpus no Superior Tribunal de Justiça. O processo foi encaminhado para o ministro Antonio Saldanha, que deve avaliar o pedido de Temer na próxima terça-feira, 14.

A liminar que havia suspendido a prisão preventiva de Temer e Lima foi revogada na terça, 8, pela 1ª da turma de desembargadores do TRF-2 no Rio.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Prisão de Temer é 'despropósito', afirma MDB


10/05/2019 | 12:36


O Movimento Democrático Brasileiro, partido de Michel Temer, se pronunciou sobre a nova prisão do ex-presidente, que se entregou na superintendência da Polícia Federal em São Paulo nesta quinta-feira, 9. Para o MDB, a detenção de Temer, "sob argumento de que ele representa um perigo à ordem pública", é um "despropósito".

Em nota publicada no site do Partido, o MDB diz ainda que "continua acreditando na Justiça brasileira e espera que os excessos sejam contidos e que a verdade prevaleça no andamento das investigações".

O partido já foi presidido por Temer em três ocasiões: entre setembro de 2001 e março de 2009, quando era deputado; entre janeiro e junho de 2010, também quando fazia parte da Câmara Federal; e entre janeiro de 2014 e abril de 2016, quando Temer era vice-presidente da República. Hoje o líder nacional do MDB é o ex-senador Romero Jucá.

Na tarde desta quinta-feira, 9, o ex-presidente e o coronel João Baptista Lima Filho se entregaram na superintendência da Polícia Federal em São Paulo, para o cumprimento da prisão preventiva no âmbito da Operação Descontaminação, braço da Lava Jato no Rio.

A defesa do ex-presidente apresentou, também na tarde desta quinta, um pedido de habeas corpus no Superior Tribunal de Justiça. O processo foi encaminhado para o ministro Antonio Saldanha, que deve avaliar o pedido de Temer na próxima terça-feira, 14.

A liminar que havia suspendido a prisão preventiva de Temer e Lima foi revogada na terça, 8, pela 1ª da turma de desembargadores do TRF-2 no Rio.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;