Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 18 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Inflação de serviços é de 0,32% no IPCA de abril e de 3,89% em 12 meses



10/05/2019 | 10:35


Os preços de serviços avançaram 0,32% no Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de abril, mesma variação registrada na leitura de março, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O IPCA de abril teve alta de 0,57%, ante um avanço de 0,75% em março.

No acumulado em 12 meses, o índice de serviços do IPCA ficou em 3,89% em abril, maior taxa desde março de 2018, quando ficou em 3,94%.

Segundo o pesquisador Fernando Gonçalves, da Gerência de Sistema Nacional de Índices de Preços (SNIPC) do IBGE, a alimentação fora foi o destaque na inflação de serviços de abril. No IPCA como um todo, o item alimentação fora pesa 8,78% -- no índice de serviços, o peso é maior.

Para Gonçalves, a alimentação fora de casa pode ter ficado mais cara em abril por conta de repasse de custos, incluindo do principal insumo. A inflação de alimentos estava em ritmo mais forte em março e restaurantes e bares podem ter feito os repasses em abril.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Inflação de serviços é de 0,32% no IPCA de abril e de 3,89% em 12 meses


10/05/2019 | 10:35


Os preços de serviços avançaram 0,32% no Índice Nacional de Preços ao Consumidor Amplo (IPCA) de abril, mesma variação registrada na leitura de março, informou o Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). O IPCA de abril teve alta de 0,57%, ante um avanço de 0,75% em março.

No acumulado em 12 meses, o índice de serviços do IPCA ficou em 3,89% em abril, maior taxa desde março de 2018, quando ficou em 3,94%.

Segundo o pesquisador Fernando Gonçalves, da Gerência de Sistema Nacional de Índices de Preços (SNIPC) do IBGE, a alimentação fora foi o destaque na inflação de serviços de abril. No IPCA como um todo, o item alimentação fora pesa 8,78% -- no índice de serviços, o peso é maior.

Para Gonçalves, a alimentação fora de casa pode ter ficado mais cara em abril por conta de repasse de custos, incluindo do principal insumo. A inflação de alimentos estava em ritmo mais forte em março e restaurantes e bares podem ter feito os repasses em abril.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;