Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 21 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Termomecanica anuncia investimento de R$ 80 milhões

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Montante será aplicado entre 2019 e 2021, após crescimento de 33% no ano passado


Da Redação

05/05/2019 | 07:20


Consolidados os resultados financeiros de 2018, a Termomecanica anuncia investimentos de R$ 80 milhões entre 2019 e 2021, sendo grande parte destinados à ampliação e consolidação da fabricação de alumínio.

Do total de recursos, cerca de R$ 50 milhões estão sendo empregados na compra de equipamentos e adequação da infraestrutura para que a companhia passe também a fundir os lingotes de alumínio, matéria-prima para a fabricação de tubos e vergalhões. Como até então esses produtos eram comprados no mercado, parte desse material fundido será para suprir a demanda interna, e o excedente será para atender o segmento de linhas de transmissão de energia. O objetivo é que essa nova fase entre em produção no segundo semestre de 2020.

A Termomecanica, indústria de transformação de cobre e suas ligas sediada em São Bernardo encerrou 2018 com receita bruta da ordem de R$ 1,65 bilhão, alta de 33%. O lucro líquido foi de R$ 149 milhões, 10,5% superior em relação ao ano anterior.

Para 2019, de acordo com a empresa, as expectativas são promissoras, com tendência de crescimento nos mercados interno e externo. “Os números de 2018 foram positivos e não houve perda de desempenho operacional versus 2017, ano em que a variação dos metais apresentou-se acima da média histórica, culminando, assim, em um resultado bruto bastante favorável. Nosso desempenho comercial em 2018 foi um destaque e pudemos alcançar excelentes resultados em nossas operações, com a receita líquida crescendo 34,7%”, explica Regina Celi Venâncio, presidente da Termomecanica.

O volume total de vendas superou 76 mil toneladas, representando crescimento de 5,6% em relação a 2017. As vendas da Termomecanica em 2018 destacaram-se pelo crescimento de market share, tanto no mercado interno – que cresceu 4,3%, quanto no externo, que ampliou em 11%. Por outro lado, as margens foram afetadas pela queda de 11% no preço das commodities de cobre no 2° semestre de 2018.

O grupo de produtos que apresentou resultados mais expressivos foi o de laminados e vergalhões, tanto internamente como nas exportações. As vendas tiveram maior expressão nos segmentos de construção civil (13%) e mecânica e metalurgia (4%). No mercado externo, os maiores compradores foram os Estados Unidos e países da América Latina. 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Termomecanica anuncia investimento de R$ 80 milhões

Montante será aplicado entre 2019 e 2021, após crescimento de 33% no ano passado

Da Redação

05/05/2019 | 07:20


Consolidados os resultados financeiros de 2018, a Termomecanica anuncia investimentos de R$ 80 milhões entre 2019 e 2021, sendo grande parte destinados à ampliação e consolidação da fabricação de alumínio.

Do total de recursos, cerca de R$ 50 milhões estão sendo empregados na compra de equipamentos e adequação da infraestrutura para que a companhia passe também a fundir os lingotes de alumínio, matéria-prima para a fabricação de tubos e vergalhões. Como até então esses produtos eram comprados no mercado, parte desse material fundido será para suprir a demanda interna, e o excedente será para atender o segmento de linhas de transmissão de energia. O objetivo é que essa nova fase entre em produção no segundo semestre de 2020.

A Termomecanica, indústria de transformação de cobre e suas ligas sediada em São Bernardo encerrou 2018 com receita bruta da ordem de R$ 1,65 bilhão, alta de 33%. O lucro líquido foi de R$ 149 milhões, 10,5% superior em relação ao ano anterior.

Para 2019, de acordo com a empresa, as expectativas são promissoras, com tendência de crescimento nos mercados interno e externo. “Os números de 2018 foram positivos e não houve perda de desempenho operacional versus 2017, ano em que a variação dos metais apresentou-se acima da média histórica, culminando, assim, em um resultado bruto bastante favorável. Nosso desempenho comercial em 2018 foi um destaque e pudemos alcançar excelentes resultados em nossas operações, com a receita líquida crescendo 34,7%”, explica Regina Celi Venâncio, presidente da Termomecanica.

O volume total de vendas superou 76 mil toneladas, representando crescimento de 5,6% em relação a 2017. As vendas da Termomecanica em 2018 destacaram-se pelo crescimento de market share, tanto no mercado interno – que cresceu 4,3%, quanto no externo, que ampliou em 11%. Por outro lado, as margens foram afetadas pela queda de 11% no preço das commodities de cobre no 2° semestre de 2018.

O grupo de produtos que apresentou resultados mais expressivos foi o de laminados e vergalhões, tanto internamente como nas exportações. As vendas tiveram maior expressão nos segmentos de construção civil (13%) e mecânica e metalurgia (4%). No mercado externo, os maiores compradores foram os Estados Unidos e países da América Latina. 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;