Fechar
Publicidade

Sábado, 17 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Nacional

nacional@dgabc.com.br | 4435-8301

PF investiga contrabando de cigarros e violação de sigilo em Sorocaba (SP)

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


29/04/2019 | 09:15


A Polícia Federal (PF) e a Receita Federal deflagram nesta segunda-feira, 29, em Sorocaba, uma operação que investiga organizações criminosas que contrabandeavam cigarros do Paraguai. Na cidade localizada a 97 km de São Paulo, agentes cumprem sete mandados - cinco de busca e apreensão, um de prisão preventiva e um de prisão temporária.

As ações apuram o comércio de mercadorias estrangeiras sem o pagamento de impostos, além de investigar como integrantes do grupo tiveram acesso à informações sigilosas de investigação policial.

A Delegacia de Polícia Federal em Sorocaba começou a investigar os delitos do grupo em 2018, com base em elementos obtidos na Operação Homônimo, deflagrada para apurar crimes de violação de sigilo funcional e descaminho.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

PF investiga contrabando de cigarros e violação de sigilo em Sorocaba (SP)


29/04/2019 | 09:15


A Polícia Federal (PF) e a Receita Federal deflagram nesta segunda-feira, 29, em Sorocaba, uma operação que investiga organizações criminosas que contrabandeavam cigarros do Paraguai. Na cidade localizada a 97 km de São Paulo, agentes cumprem sete mandados - cinco de busca e apreensão, um de prisão preventiva e um de prisão temporária.

As ações apuram o comércio de mercadorias estrangeiras sem o pagamento de impostos, além de investigar como integrantes do grupo tiveram acesso à informações sigilosas de investigação policial.

A Delegacia de Polícia Federal em Sorocaba começou a investigar os delitos do grupo em 2018, com base em elementos obtidos na Operação Homônimo, deflagrada para apurar crimes de violação de sigilo funcional e descaminho.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;