Fechar
Publicidade

Sábado, 20 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Vanderlei brilha e Santos vence o Grêmio fora de casa na estreia do Brasileirão



28/04/2019 | 13:28


O Santos estreou no Brasileirão surpreendendo o Grêmio em Porto Alegre. Com grande atuação do lateral Felipe Jonatan e do goleiro Vanderlei, o time paulista conquistou seus primeiros três pontos com a vitória por 2 a 1, na manhã deste domingo.

O duelo serviu para colocar o Santos entre os favoritos, ao menos, por uma vaga na Copa Libertadores. Apesar de ter um time com carências em algumas posições, o técnico Jorge Sampaoli deu uma nova cara ao Santos, que tem encantado em alguns jogos nesta temporada. Ao time gaúcho, resta lamentar o resultado, principalmente pelo bom desempenho mostrado no duelo entre dois técnico que primam pelo futebol bem jogado e que teve os olhares de Tite, presente no estádio.

O JOGO - A postura ofensiva do Santos, montada por Sampaoli, surpreendeu o Grêmio, de Renato Gaúcho. O time paulista foi para cima e precisou de cinco minutos para abrir o marcador. Felipe Jonatan recebeu na esquerda e lançou para Jean Lucas. O meia ajeitou de cabeça para Eduardo Sasha, ex-jogador do Inter, arquirrival do Grêmio, que tocou por cima de Paulo Victor para fazer 1 a 0.

Apesar da pressão imposta pelo Santos, o Grêmio conseguiu ameaçar em jogadas de velocidades e tiros de longa distância, a exemplo da tentativa de Jean Pyerre. Ele arriscou de fora da área e obrigou Vanderlei fazer grande defesa. O goleiro voltou a brilhar, na sequência, em arremate de Leonardo.

Melhor na partida, o Santos ampliou aos 34 minutos. Soteldo cobrou escanteio e Paulo Victor saiu de soco. Felipe Jonatan antecipou o adversário, no rebote, e soltou a bomba para fazer o segundo. O Grêmio ainda tentou buscar o empate no fim, mas fez pouco para passar pelo trio de defensores da equipe paulista.

No segundo tempo, o Santos voltou com uma postura mais cautelosa, mas, mesmo assim, não deixou de ameaçar. Felipe Jonatan pegou o rebote de falta da área e parou na defesa de Paulo Victor. Logo depois, em contra-ataque do time paulista, Jean Lucas recebeu livre de marcação e desperdiçou boa oportunidade ao mandar pela linha de fundo.

O Grêmio, no entanto, foi crescendo no jogo. Aos 16 minutos, Diego Tardelli arriscou de longe, para mais uma defesa de Vanderlei. O goleiro continuou salvando o Santos. Desta vez, em um chute, da entrada da área, de Luan. Os minutos finais foram de ataque contra defesa. Aos 38 minutos, Felipe Vizeu recebeu dentro da pequena área e cabeceou para fora. Na sequência, Vanderlei fez três defesas no mesmo lance, em chutes de Tardelli e André, duas vezes. Por fim, Luan, de frente para o gol, perdeu grande chance, e André, de bicicleta, jogou na trave.

Depois de tanta pressão, o gol gremista saiu tarde, somente aos 47 minutos, com Everton. Não deu tempo para mais gols, mas ainda houve margem para o paraguaio Derlis González ser expulso depois de reclamar com a arbitragem.

Na próxima rodada, o Grêmio enfrenta o Avaí na quarta-feira, às 19h15, no Estádio da Ressacada, em Florianópolis. No dia seguinte, no mesmo horário, o Santos recebe o Fluminense, na Vila Belmiro.

FICHA TÉCNICA:

GRÊMIO 1 X 2 SANTOS

GRÊMIO - Paulo Victor; Leonardo, Pedro Geromel, Kannemann e Bruno Cortez (Felipe Vizeu); Maicon, Matheus Henrique, Jean Pyerre (Luan) e Alisson (Diego Tardelli); Everton e André. Técnico: Renato Gaúcho.

SANTOS - Vanderlei; Aguilar, Lucas Veríssimo e Gustavo Henrique; Victor Ferraz, Diego Pituca, Jean Lucas (Carlos Sánchez), Jean Mota (Alison) e Felipe Jonatan; Eduardo Sasha (Derlis González) e Soteldo. Técnico: Jorge Sampaoli.

GOLS - Eduardo Sasha, aos cinco, e Felipe Jonatan, aos 34 minutos do primeiro tempo. Everton, aos 47 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Bruno de Araújo (RJ).

CARTÕES AMARELOS - Kanemman e Maicon (Grêmio); Diego Pituca e Alison (Santos).

CARTÃO VERMELHO - Derlis González (Santos).

RENDA - R$ 1.371.049,00.

PÚBLICO - 32.318 pagantes (34.291 total).

LOCAL - Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS).



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Vanderlei brilha e Santos vence o Grêmio fora de casa na estreia do Brasileirão


28/04/2019 | 13:28


O Santos estreou no Brasileirão surpreendendo o Grêmio em Porto Alegre. Com grande atuação do lateral Felipe Jonatan e do goleiro Vanderlei, o time paulista conquistou seus primeiros três pontos com a vitória por 2 a 1, na manhã deste domingo.

O duelo serviu para colocar o Santos entre os favoritos, ao menos, por uma vaga na Copa Libertadores. Apesar de ter um time com carências em algumas posições, o técnico Jorge Sampaoli deu uma nova cara ao Santos, que tem encantado em alguns jogos nesta temporada. Ao time gaúcho, resta lamentar o resultado, principalmente pelo bom desempenho mostrado no duelo entre dois técnico que primam pelo futebol bem jogado e que teve os olhares de Tite, presente no estádio.

O JOGO - A postura ofensiva do Santos, montada por Sampaoli, surpreendeu o Grêmio, de Renato Gaúcho. O time paulista foi para cima e precisou de cinco minutos para abrir o marcador. Felipe Jonatan recebeu na esquerda e lançou para Jean Lucas. O meia ajeitou de cabeça para Eduardo Sasha, ex-jogador do Inter, arquirrival do Grêmio, que tocou por cima de Paulo Victor para fazer 1 a 0.

Apesar da pressão imposta pelo Santos, o Grêmio conseguiu ameaçar em jogadas de velocidades e tiros de longa distância, a exemplo da tentativa de Jean Pyerre. Ele arriscou de fora da área e obrigou Vanderlei fazer grande defesa. O goleiro voltou a brilhar, na sequência, em arremate de Leonardo.

Melhor na partida, o Santos ampliou aos 34 minutos. Soteldo cobrou escanteio e Paulo Victor saiu de soco. Felipe Jonatan antecipou o adversário, no rebote, e soltou a bomba para fazer o segundo. O Grêmio ainda tentou buscar o empate no fim, mas fez pouco para passar pelo trio de defensores da equipe paulista.

No segundo tempo, o Santos voltou com uma postura mais cautelosa, mas, mesmo assim, não deixou de ameaçar. Felipe Jonatan pegou o rebote de falta da área e parou na defesa de Paulo Victor. Logo depois, em contra-ataque do time paulista, Jean Lucas recebeu livre de marcação e desperdiçou boa oportunidade ao mandar pela linha de fundo.

O Grêmio, no entanto, foi crescendo no jogo. Aos 16 minutos, Diego Tardelli arriscou de longe, para mais uma defesa de Vanderlei. O goleiro continuou salvando o Santos. Desta vez, em um chute, da entrada da área, de Luan. Os minutos finais foram de ataque contra defesa. Aos 38 minutos, Felipe Vizeu recebeu dentro da pequena área e cabeceou para fora. Na sequência, Vanderlei fez três defesas no mesmo lance, em chutes de Tardelli e André, duas vezes. Por fim, Luan, de frente para o gol, perdeu grande chance, e André, de bicicleta, jogou na trave.

Depois de tanta pressão, o gol gremista saiu tarde, somente aos 47 minutos, com Everton. Não deu tempo para mais gols, mas ainda houve margem para o paraguaio Derlis González ser expulso depois de reclamar com a arbitragem.

Na próxima rodada, o Grêmio enfrenta o Avaí na quarta-feira, às 19h15, no Estádio da Ressacada, em Florianópolis. No dia seguinte, no mesmo horário, o Santos recebe o Fluminense, na Vila Belmiro.

FICHA TÉCNICA:

GRÊMIO 1 X 2 SANTOS

GRÊMIO - Paulo Victor; Leonardo, Pedro Geromel, Kannemann e Bruno Cortez (Felipe Vizeu); Maicon, Matheus Henrique, Jean Pyerre (Luan) e Alisson (Diego Tardelli); Everton e André. Técnico: Renato Gaúcho.

SANTOS - Vanderlei; Aguilar, Lucas Veríssimo e Gustavo Henrique; Victor Ferraz, Diego Pituca, Jean Lucas (Carlos Sánchez), Jean Mota (Alison) e Felipe Jonatan; Eduardo Sasha (Derlis González) e Soteldo. Técnico: Jorge Sampaoli.

GOLS - Eduardo Sasha, aos cinco, e Felipe Jonatan, aos 34 minutos do primeiro tempo. Everton, aos 47 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Bruno de Araújo (RJ).

CARTÕES AMARELOS - Kanemman e Maicon (Grêmio); Diego Pituca e Alison (Santos).

CARTÃO VERMELHO - Derlis González (Santos).

RENDA - R$ 1.371.049,00.

PÚBLICO - 32.318 pagantes (34.291 total).

LOCAL - Arena do Grêmio, em Porto Alegre (RS).

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;