Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 23 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Paulistano celebra centenário do tetra

Reprodução Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Clube dominou futebol na era amadora antes de seus jogadores fundarem o São Paulo FC


Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

26/04/2019 | 23:00


Referência no início do século XX, quando as equipes brasileiras davam os primeiros passos no futebol amador, o Club Athletico Paulistano dominou as disputas em São Paulo de 1905 a 1929, período no qual conquistou 11 troféus. Quatro deles de forma consecutiva, de 1916 a 1919, feito que torna a agremiação a única tetracampeã estadual até os dias atuais.

Para celebrar o centenário da conquista, o clube, localizado no Jardim América, na Capital, fará festa para convidados amanhã, com presença do presidente da Federação Paulista de Futebol, Reinaldo Carneiro Bastos, entre outras autoridades importantes.

O campeonato de 1929 foi o último do Paulistano, que preferiu não aderir à profissionalização iminente do futebol e fechou o time com 11 títulos, sendo até hoje o quinto maior vencedor da competição, atrás apenas de Corinthians (30), Santos (22), Palmeiras (22) e São Paulo (21). Parte do seu elenco se juntou à Associação Atlética das Palmeiras e fundaram, em 1930, o São Paulo FC.

“Temos muito orgulho por sermos os únicos (tetracampeões) há 100 anos. Uma marca que dificilmente será batida”, orgulhou-se o diretor de esportes do Paulistano, Eduardo Saboya, que garante não torcer contra o Corinthians, que conquistou recentemente o tricampeonato paulista e, em 2020, terá a chance de se igualar ao Paulistano. “De maneira nenhuma iremos torcer contra, mesmo porque em nosso quadro associativo existem muitos corintianos. Já não posso garantir aqueles sócios torcedores de outros times, mas reconheço que ficará um gostinho amargo caso isso venha a acontecer. De qualquer forma, eles terão de aguardar mais um ano. Por enquanto, somos os únicos tetra”, finalizou.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Paulistano celebra centenário do tetra

Clube dominou futebol na era amadora antes de seus jogadores fundarem o São Paulo FC

Anderson Fattori
Do Diário do Grande ABC

26/04/2019 | 23:00


Referência no início do século XX, quando as equipes brasileiras davam os primeiros passos no futebol amador, o Club Athletico Paulistano dominou as disputas em São Paulo de 1905 a 1929, período no qual conquistou 11 troféus. Quatro deles de forma consecutiva, de 1916 a 1919, feito que torna a agremiação a única tetracampeã estadual até os dias atuais.

Para celebrar o centenário da conquista, o clube, localizado no Jardim América, na Capital, fará festa para convidados amanhã, com presença do presidente da Federação Paulista de Futebol, Reinaldo Carneiro Bastos, entre outras autoridades importantes.

O campeonato de 1929 foi o último do Paulistano, que preferiu não aderir à profissionalização iminente do futebol e fechou o time com 11 títulos, sendo até hoje o quinto maior vencedor da competição, atrás apenas de Corinthians (30), Santos (22), Palmeiras (22) e São Paulo (21). Parte do seu elenco se juntou à Associação Atlética das Palmeiras e fundaram, em 1930, o São Paulo FC.

“Temos muito orgulho por sermos os únicos (tetracampeões) há 100 anos. Uma marca que dificilmente será batida”, orgulhou-se o diretor de esportes do Paulistano, Eduardo Saboya, que garante não torcer contra o Corinthians, que conquistou recentemente o tricampeonato paulista e, em 2020, terá a chance de se igualar ao Paulistano. “De maneira nenhuma iremos torcer contra, mesmo porque em nosso quadro associativo existem muitos corintianos. Já não posso garantir aqueles sócios torcedores de outros times, mas reconheço que ficará um gostinho amargo caso isso venha a acontecer. De qualquer forma, eles terão de aguardar mais um ano. Por enquanto, somos os únicos tetra”, finalizou.  

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;