Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 19 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Larissa Pimenta e Daniel Cargnin conquistam ouro no Pan-Americano de Judô



25/04/2019 | 22:47


O judô brasileiro foi ao pódio com os seus seis representantes nesta quinta-feira no Campeonato Pan-Americano, realizado em Lima. E os que mais brilharam foram Larissa Pimenta (até 52kg) e Daniel Cargnin (até 66kg), que conquistaram a medalha de ouro em suas categorias. Rafaela Silva, Nathália Brígida e Eric Takabatake levaram a prata, enquanto Sarah Menezes faturou o bronze.

Larissa conquistou o título pan-americano com uma vitória por ippon sobre a norte-americana Angelica Delgado, sendo que Sarah Menezes levou o bronze após vencer a mexicana Luz Olvera. Na estreia, Larissa bateu Alaine Abuana, dos Estados Unidos, e Sarah passou por Oritia Gonzalez, da Argentina. Depois, Larissa derrotou Sarah por wazari e Kristine Jiménez, do Panamá, para avançar à final. Na repescagem, Sarah levou a melhor sobre Ecaterina Guica, do Canadá.

Já Cargnin também assegurou o ouro com um ippon, aplicado no peruano Juan Postigos. Antes, ele venceu Gerard Cadet, do Haiti, Jorge Gonzalez, da Colômbia, e Jacob Valois, do Canadá. E, assim, foi campeão após duas pratas consecutivas.

Eric Takabatake (até 60kg) foi medalhista de prata ao perder na decisão para o equatoriano Lenin Preciado. Antes, ele havia triunfado sobre o argentino Carlos Maldonado, o panamenho Bernabe Vergara e o cubano Roberto Almenares.

Nathália Brígida (48kg) foi prata após perder final para a argentina Paula Pareto, atual campeã olímpica. Antes, na sua campanha, havia vencido a mexicana Edna Carrillo, a peruana Nomei Orneta e a colombiana Luz Alvarez.

Rafaela Silva (57kg) ficou com a prata com a derrota na decisão para a canadense Christa Deguchi, campeã dos Grand Slam de Paris e Ecaterimburgo deste ano. Nas outras fases, tinha vencido a cubana Arnaes Odelin Garcia, a colombiana Yadinys Amaris e a dominicana Ana Rosa.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Larissa Pimenta e Daniel Cargnin conquistam ouro no Pan-Americano de Judô


25/04/2019 | 22:47


O judô brasileiro foi ao pódio com os seus seis representantes nesta quinta-feira no Campeonato Pan-Americano, realizado em Lima. E os que mais brilharam foram Larissa Pimenta (até 52kg) e Daniel Cargnin (até 66kg), que conquistaram a medalha de ouro em suas categorias. Rafaela Silva, Nathália Brígida e Eric Takabatake levaram a prata, enquanto Sarah Menezes faturou o bronze.

Larissa conquistou o título pan-americano com uma vitória por ippon sobre a norte-americana Angelica Delgado, sendo que Sarah Menezes levou o bronze após vencer a mexicana Luz Olvera. Na estreia, Larissa bateu Alaine Abuana, dos Estados Unidos, e Sarah passou por Oritia Gonzalez, da Argentina. Depois, Larissa derrotou Sarah por wazari e Kristine Jiménez, do Panamá, para avançar à final. Na repescagem, Sarah levou a melhor sobre Ecaterina Guica, do Canadá.

Já Cargnin também assegurou o ouro com um ippon, aplicado no peruano Juan Postigos. Antes, ele venceu Gerard Cadet, do Haiti, Jorge Gonzalez, da Colômbia, e Jacob Valois, do Canadá. E, assim, foi campeão após duas pratas consecutivas.

Eric Takabatake (até 60kg) foi medalhista de prata ao perder na decisão para o equatoriano Lenin Preciado. Antes, ele havia triunfado sobre o argentino Carlos Maldonado, o panamenho Bernabe Vergara e o cubano Roberto Almenares.

Nathália Brígida (48kg) foi prata após perder final para a argentina Paula Pareto, atual campeã olímpica. Antes, na sua campanha, havia vencido a mexicana Edna Carrillo, a peruana Nomei Orneta e a colombiana Luz Alvarez.

Rafaela Silva (57kg) ficou com a prata com a derrota na decisão para a canadense Christa Deguchi, campeã dos Grand Slam de Paris e Ecaterimburgo deste ano. Nas outras fases, tinha vencido a cubana Arnaes Odelin Garcia, a colombiana Yadinys Amaris e a dominicana Ana Rosa.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;