Fechar
Publicidade

Terça-Feira, 12 de Novembro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Jardim Santo André recebe programa Moeda Verde

Bia Moço/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Comunidade é a 9ª contemplada pela inciativa


Bia Moço
Do Diário do Grande ABC

25/04/2019 | 12:38


A comunidade do Jardim Santo André recebeu a primeira ação do programa Moeda Verda, na manhã desta quinta-feira (25), sendo a nona área contemplada. A iniciativa já distribuiu 17 toneladas de alimentos (verduras, legumes e hortaliças) e coletou 86 toneladas de resíduos, beneficiando quase 22 mil moradores das áreas carentes da cidade.

Realizado pela Prefeitura e pelo Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), a medida entrou em sua terceira fase de expansão ontem, dando início no atendimento também no Sítio dos Vianas.

Até o final do ano, o Moeda Verde vai chegar a outras sete comunidades da cidade, ampliando a abrangência do programa em 14 pontos de troca, e beneficiando, direta e indiretamente, cerca de 78% dos residentes de núcleos e assentamentos de Santo André.

Para o prefeito Paulo Serra (PSDB), o programa tornou-se orgulho para cidade. “Já duas cidades do interior vieram conhecer o Moeda Verde para levarem o modelo aos municípios. É um projeto que veio para revolucionar, mudando a visão da população e criando sentimento de pertencimento de suas áreas.”

O material recebido nas trocas do Moeda Verde é encaminhado às cooperativas de reciclagem parceiras do Semasa. Os alimentos doados aos moradores são doados pelo Banco de Alimentos e também dos produtores rurais urbanos de Santo André, que fornecem todas as hortaliças distribuídas.

Superintendente do Semasa, Almir Cicote, destacou impacto que a medida gera na vida da população. “Gradativamente o programa tem melhorado a qualidade de vida e o ambiente em que as pessoas vivem.”
 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Jardim Santo André recebe programa Moeda Verde

Comunidade é a 9ª contemplada pela inciativa

Bia Moço
Do Diário do Grande ABC

25/04/2019 | 12:38


A comunidade do Jardim Santo André recebeu a primeira ação do programa Moeda Verda, na manhã desta quinta-feira (25), sendo a nona área contemplada. A iniciativa já distribuiu 17 toneladas de alimentos (verduras, legumes e hortaliças) e coletou 86 toneladas de resíduos, beneficiando quase 22 mil moradores das áreas carentes da cidade.

Realizado pela Prefeitura e pelo Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), a medida entrou em sua terceira fase de expansão ontem, dando início no atendimento também no Sítio dos Vianas.

Até o final do ano, o Moeda Verde vai chegar a outras sete comunidades da cidade, ampliando a abrangência do programa em 14 pontos de troca, e beneficiando, direta e indiretamente, cerca de 78% dos residentes de núcleos e assentamentos de Santo André.

Para o prefeito Paulo Serra (PSDB), o programa tornou-se orgulho para cidade. “Já duas cidades do interior vieram conhecer o Moeda Verde para levarem o modelo aos municípios. É um projeto que veio para revolucionar, mudando a visão da população e criando sentimento de pertencimento de suas áreas.”

O material recebido nas trocas do Moeda Verde é encaminhado às cooperativas de reciclagem parceiras do Semasa. Os alimentos doados aos moradores são doados pelo Banco de Alimentos e também dos produtores rurais urbanos de Santo André, que fornecem todas as hortaliças distribuídas.

Superintendente do Semasa, Almir Cicote, destacou impacto que a medida gera na vida da população. “Gradativamente o programa tem melhorado a qualidade de vida e o ambiente em que as pessoas vivem.”
 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;