Fechar
Publicidade

Sábado, 15 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Doria diz ter convicção de que reforma será aprovada até o fim de julho

José Cruz/Agência Brasil  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


25/04/2019 | 10:34


O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), reiterou nesta quinta-feira, 25, seu apoio "incondicional e sem nenhuma exigência" à reforma da Previdência. Durante evento de lançamento da campanha Brasil Quer Mais (BR+), pela International Chamber of Commerce (ICC), o governador disse ainda ter "convicção" de que a reforma será aprovada até o fim de julho.

Doria afirmou a lideranças empresariais que, com a aprovação, novos investimentos já seriam viabilizados a partir de agosto.

Para ele, a reforma "abrirá as comportas para o investimento internacional". E emendou que "todas as iniciativas do presidente Bolsonaro que são para o bem do Brasil" terão o seu apoio, "sem trocas de cargo".

O governador pediu também que os empresários se posicionem mais claramente sobre a reforma. "Os que puderem telefonem, mandem mensagem aos deputados e senadores do Congresso para que eles se sintam estimulados e protegidos (para votar a favor da reforma", disse.

Descentralização de recursos

O governador de São Paulo também defendeu e ofereceu seu apoio à proposta do ministro da Economia, Paulo Guedes, de se descentralizar os recursos da União para que Estados e municípios gerirem seus recursos.

"As pessoas não vivem na União. Vivem nos Estados e nos municípios", disse Doria.

Descentralizar recursos, segundo o governador, significa agilizar processos e diminuir a corrupção.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Doria diz ter convicção de que reforma será aprovada até o fim de julho


25/04/2019 | 10:34


O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), reiterou nesta quinta-feira, 25, seu apoio "incondicional e sem nenhuma exigência" à reforma da Previdência. Durante evento de lançamento da campanha Brasil Quer Mais (BR+), pela International Chamber of Commerce (ICC), o governador disse ainda ter "convicção" de que a reforma será aprovada até o fim de julho.

Doria afirmou a lideranças empresariais que, com a aprovação, novos investimentos já seriam viabilizados a partir de agosto.

Para ele, a reforma "abrirá as comportas para o investimento internacional". E emendou que "todas as iniciativas do presidente Bolsonaro que são para o bem do Brasil" terão o seu apoio, "sem trocas de cargo".

O governador pediu também que os empresários se posicionem mais claramente sobre a reforma. "Os que puderem telefonem, mandem mensagem aos deputados e senadores do Congresso para que eles se sintam estimulados e protegidos (para votar a favor da reforma", disse.

Descentralização de recursos

O governador de São Paulo também defendeu e ofereceu seu apoio à proposta do ministro da Economia, Paulo Guedes, de se descentralizar os recursos da União para que Estados e municípios gerirem seus recursos.

"As pessoas não vivem na União. Vivem nos Estados e nos municípios", disse Doria.

Descentralizar recursos, segundo o governador, significa agilizar processos e diminuir a corrupção.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;