Fechar
Publicidade

Sábado, 24 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Petrobras anuncia Programa de Desligamento Voluntário



24/04/2019 | 21:38


A Petrobras vai priorizar os funcionários que estão próximos da aposentadoria em seu programa de demissão voluntária (PDV), aprovado pelo conselho de administração em reunião nesta quarta-feira, 24. Como antecipado pelo Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado, no início do mês, o programa já tinha sido aprovado pela diretoria e aguardava apenas o aval do colegiado. A expectativa é de retorno de R$ 4,1 bilhões até 2023, com a adesão de 4,3 mil empregados. O custo estimado é de R$ 1,1 bilhão.

"O programa tem por objetivo promover a renovação nos quadros da companhia quando for identificada essa necessidade. Seu regramento prevê também ações para retenção em processos chave, de modo a garantir a continuidade das operações e a máxima segurança na execução das atividades da companhia", informou a empresa em comunicado ao mercado.

A economia que a empresa vai alcançar com o programa dependerá do nível de adesão dos funcionários. Por enquanto, não foram informadas as condições e possíveis vantagens que serão oferecidas aos empregados. O PDV faz parte do programa de redução de custos da Petrobras, batizado de plano de resiliência, anunciado pela petroleira em março.

"O efeito nas demonstrações financeiras ocorrerá à medida em que as adesões se efetivarem", acrescentou a empresa.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Petrobras anuncia Programa de Desligamento Voluntário


24/04/2019 | 21:38


A Petrobras vai priorizar os funcionários que estão próximos da aposentadoria em seu programa de demissão voluntária (PDV), aprovado pelo conselho de administração em reunião nesta quarta-feira, 24. Como antecipado pelo Broadcast, sistema de notícias em tempo real do Grupo Estado, no início do mês, o programa já tinha sido aprovado pela diretoria e aguardava apenas o aval do colegiado. A expectativa é de retorno de R$ 4,1 bilhões até 2023, com a adesão de 4,3 mil empregados. O custo estimado é de R$ 1,1 bilhão.

"O programa tem por objetivo promover a renovação nos quadros da companhia quando for identificada essa necessidade. Seu regramento prevê também ações para retenção em processos chave, de modo a garantir a continuidade das operações e a máxima segurança na execução das atividades da companhia", informou a empresa em comunicado ao mercado.

A economia que a empresa vai alcançar com o programa dependerá do nível de adesão dos funcionários. Por enquanto, não foram informadas as condições e possíveis vantagens que serão oferecidas aos empregados. O PDV faz parte do programa de redução de custos da Petrobras, batizado de plano de resiliência, anunciado pela petroleira em março.

"O efeito nas demonstrações financeiras ocorrerá à medida em que as adesões se efetivarem", acrescentou a empresa.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;