Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 19 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Porta-voz, sobre reforma na CCJ: Bolsonaro se sente reconhecido pelo parlamento

Tomaz Silva/Agência Brasil Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Admissão foi aprovada na noite de terça-feira (23); presidente quer aprovar proposta o quanto antes



24/04/2019 | 19:07


O presidente Jair Bolsonaro fez, através do porta-voz do Planalto, Otávio do Rêgo Barros, um aceno ao Congresso Nacional ao dizer que se sentiu "reconhecido" pelos parlamentares após a aprovação da reforma da Previdência na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara. A admissibilidade do texto foi aprovada no colegiado na noite de terça-feira, 23.

O porta-voz disse que o presidente quer aprovar a proposta no menor prazo possível e que há uma longa caminhada após o primeiro passo ter sido dado. "É nesse contexto que o presidente se sente fortalecido, eu diria mais, se sente reconhecido pelo nosso parlamento, na medida em que o parlamento está dando continuidade a esse processo que ele apresentou naquele primeiro passo", declarou Rêgo Barros.

O Planalto classificou a aprovação na CCJ como uma "vitória". O porta-voz destacou que essa vitória não seria do presidente, mas de toda a sociedade brasileira. O presidente declarou ainda, através de Rêgo Barros, estar "feliz" e ter reconhecido o esforço do Congresso para o andamento da medida.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Porta-voz, sobre reforma na CCJ: Bolsonaro se sente reconhecido pelo parlamento

Admissão foi aprovada na noite de terça-feira (23); presidente quer aprovar proposta o quanto antes


24/04/2019 | 19:07


O presidente Jair Bolsonaro fez, através do porta-voz do Planalto, Otávio do Rêgo Barros, um aceno ao Congresso Nacional ao dizer que se sentiu "reconhecido" pelos parlamentares após a aprovação da reforma da Previdência na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara. A admissibilidade do texto foi aprovada no colegiado na noite de terça-feira, 23.

O porta-voz disse que o presidente quer aprovar a proposta no menor prazo possível e que há uma longa caminhada após o primeiro passo ter sido dado. "É nesse contexto que o presidente se sente fortalecido, eu diria mais, se sente reconhecido pelo nosso parlamento, na medida em que o parlamento está dando continuidade a esse processo que ele apresentou naquele primeiro passo", declarou Rêgo Barros.

O Planalto classificou a aprovação na CCJ como uma "vitória". O porta-voz destacou que essa vitória não seria do presidente, mas de toda a sociedade brasileira. O presidente declarou ainda, através de Rêgo Barros, estar "feliz" e ter reconhecido o esforço do Congresso para o andamento da medida.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;