Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 21 de Fevereiro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Diadema comemora Dia do Idoso com lançamento de cartilha


Michele Loureiro
Da Sucursal de Diadema

27/09/2007 | 07:17


Dizem que a melhor fase da vida é a terceira idade. Para comemorar o Dia Nacional do Idoso, a Prefeitura de Diadema lança uma cartilha especial. A cidade possui cerca de 24 mil pessoas acima de 65 anos, o que representa 5% da população.

O manual orienta este público e deve servir como aliado. Nele é possível tomar conhecimento, por exemplo, de que os idosos a partir de 65 anos que não possuem meios para prover sua subsistência têm assegurado o benefício mensal de um salário-mínimo.

Melhor idade - Para muitas pessoas, a vida só começa depois do 60. É o caso de Maria Raimunda Vargas, 71, que só quando começou a praticar atividades gratuitas oferecidas pelo município conseguiu fazer amigos e se livrar da depressão. “Hoje, canto no coral e sou muito feliz. Já até apareci em propaganda de ônibus”, disse.

O Coral Encanto de Diadema se apresenta nesta quinta-feira na Fundação Florestan Fernandes (Rua Manoel da Nóbrega, 1.149), como parte da agenda de comemorações. No mesmo local acontece a palestra, ministrada pela juíza Cláudia Maria Carbonari, que fala sobre os direitos dos idosos.


Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Diadema comemora Dia do Idoso com lançamento de cartilha

Michele Loureiro
Da Sucursal de Diadema

27/09/2007 | 07:17


Dizem que a melhor fase da vida é a terceira idade. Para comemorar o Dia Nacional do Idoso, a Prefeitura de Diadema lança uma cartilha especial. A cidade possui cerca de 24 mil pessoas acima de 65 anos, o que representa 5% da população.

O manual orienta este público e deve servir como aliado. Nele é possível tomar conhecimento, por exemplo, de que os idosos a partir de 65 anos que não possuem meios para prover sua subsistência têm assegurado o benefício mensal de um salário-mínimo.

Melhor idade - Para muitas pessoas, a vida só começa depois do 60. É o caso de Maria Raimunda Vargas, 71, que só quando começou a praticar atividades gratuitas oferecidas pelo município conseguiu fazer amigos e se livrar da depressão. “Hoje, canto no coral e sou muito feliz. Já até apareci em propaganda de ônibus”, disse.

O Coral Encanto de Diadema se apresenta nesta quinta-feira na Fundação Florestan Fernandes (Rua Manoel da Nóbrega, 1.149), como parte da agenda de comemorações. No mesmo local acontece a palestra, ministrada pela juíza Cláudia Maria Carbonari, que fala sobre os direitos dos idosos.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;