Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 19 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Moradores cobram manutenção em via do Jd.Esperança

Celso Luiz/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

De terra, Avenida Benjamim Baptista Cerezoli apresenta problema em dias de sol ou chuva


Victor Augusto
Especial para o Diário

24/04/2019 | 07:00


 Deserto de poeira ou mar de lama. Os dois cenários são possíveis para a Avenida Benjamim Baptista Cerezoli, localizada no bairro Jardim Esperança, em Ribeirão Pires. Tudo depende das condições climáticas. “Quando chove, a lama não deixa a gente andar. Quando não chove, a poeira toma conta”, exemplifica a dona de casa Nadir Toledo, 62 anos, que vive no local há 25.

Moradores do entorno que são obrigados a circular pela área também precisam conviver com a falta de iluminação e com pragas urbanas. Vânia Oliveira Lima, 44, no bairro há 22 anos, diz que a vizinhança solicita, com frequência, melhorias no local, mas a Prefeitura nunca resolve totalmente o problema. “Passam máquinas na rua, às vezes. Dá uma melhorada por uns dois meses, mas depois volta a ficar ruim, principalmente quando chove.”

A via é sede de um espaço comunitário, o LeBem, que oferece cerca de 1.000 vagas em cursos (nas áreas técnica, cultural e esportiva) gratuitos e workshops todos os anos. No entanto, por conta da dificuldade de acesso, muitos participantes desistem, revela o coordenador geral do projeto, Rafael Britto, 33. “Geralmente conseguimos preencher todas as vagas, mas os alunos acabam desistindo do curso por conta do acesso ao espaço, argumentando que os pais não os deixam ir devido ao mato alto e ao ‘mar de lama’ quando chove.”

Em resposta ao Diário, a Prefeitura de Ribeirão Pires informou que os serviços de manutenção da Avenida Benjamim Baptista Cerezoli serão realizados nos próximos dias por profissionais da Secretaria de Serviços Urbanos.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Moradores cobram manutenção em via do Jd.Esperança

De terra, Avenida Benjamim Baptista Cerezoli apresenta problema em dias de sol ou chuva

Victor Augusto
Especial para o Diário

24/04/2019 | 07:00


 Deserto de poeira ou mar de lama. Os dois cenários são possíveis para a Avenida Benjamim Baptista Cerezoli, localizada no bairro Jardim Esperança, em Ribeirão Pires. Tudo depende das condições climáticas. “Quando chove, a lama não deixa a gente andar. Quando não chove, a poeira toma conta”, exemplifica a dona de casa Nadir Toledo, 62 anos, que vive no local há 25.

Moradores do entorno que são obrigados a circular pela área também precisam conviver com a falta de iluminação e com pragas urbanas. Vânia Oliveira Lima, 44, no bairro há 22 anos, diz que a vizinhança solicita, com frequência, melhorias no local, mas a Prefeitura nunca resolve totalmente o problema. “Passam máquinas na rua, às vezes. Dá uma melhorada por uns dois meses, mas depois volta a ficar ruim, principalmente quando chove.”

A via é sede de um espaço comunitário, o LeBem, que oferece cerca de 1.000 vagas em cursos (nas áreas técnica, cultural e esportiva) gratuitos e workshops todos os anos. No entanto, por conta da dificuldade de acesso, muitos participantes desistem, revela o coordenador geral do projeto, Rafael Britto, 33. “Geralmente conseguimos preencher todas as vagas, mas os alunos acabam desistindo do curso por conta do acesso ao espaço, argumentando que os pais não os deixam ir devido ao mato alto e ao ‘mar de lama’ quando chove.”

Em resposta ao Diário, a Prefeitura de Ribeirão Pires informou que os serviços de manutenção da Avenida Benjamim Baptista Cerezoli serão realizados nos próximos dias por profissionais da Secretaria de Serviços Urbanos.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;