Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 19 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Setecidades

setecidades@dgabc.com.br | 4435-8319

Sto.André expande projeto de recapeamento de ruas

Nario Barbosa/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Promessa é a de que, até dezembro, programa municipal melhore asfalto de 50 quilômetros de vias ao custo de R$ 50 mi


Bia Moço
Do Diário do Grande ABC

24/04/2019 | 07:00


 A Prefeitura de Santo André anunciou, na tarde de ontem, nova etapa do programa Rua Nova, lançado no ano passado e que tem o objetivo de recapear 200 quilômetros de vias da cidade até o fim do próximo ano.

A segunda fase das melhorias começou pela Rua Espanha, no Parque das Nações, e deve seguir por demais vias do 2º Subdistrito. A meta é recapear 50 quilômetros de vias principais e secundárias, além de realizar obras de drenagem até dezembro.

O prefeito Paulo Serra (PSDB) afirmou que, em maio, áreas como a Vila Luzita, Jardim Santo André e Cata Preta, assim como a região do Centro expandido, serão beneficiadas com o programa. O investimento para as obras deste ano, oriundo do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), está avaliado em R$ 50 milhões.

“Diagnosticamos regiões da cidade que têm necessidade de drenagem e recapeamento para realizar este programa conjunto, que prevê a melhoria da captação de água, combate às enchentes, sistema de drenagem e também melhorar a qualidade do pavimento”, explicou o prefeito.

De acordo com o chefe do Executivo, a Rua Espanha foi diagnosticada como “uma das piores de Santo André” quando levados em conta dois critérios (pavimento e drenagem). “Para o ano que vem, faremos mais 150 quilômetros de asfalto e drenagem, totalizando 200 quilômetros de intervenções”, garantiu Paulo Serra.

Para o prefeito, os problemas de infraestrutura da cidade são resultado de “descaso das gestões anteriores” devido à falta de intervenções, o que deixou o asfalto deteriorado. “A cidade não tinha um projeto como este desde 1996. Ou seja, quase 20 anos de descaso do poder público. Temos dois grandes problemas embutidos nisso. A captação de água e enchentes, que queremos minimizar, e a qualidade das ruas e avenidas, com a alta quantidade de buracos sanada”, ressaltou Paulo Serra.

 

PRIMEIRA ETAPA

A fase inicial do Rua Nova contemplou vias dos bairros Jardim, Campestre, Alzira Franco, Utinga, Vila Alzira, Jardim do Estádio, Bangú e Centreville. Desde o lançamento do programa, a Prefeitura já recuperou 30 quilômetros de asfalto.

 

 



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Sto.André expande projeto de recapeamento de ruas

Promessa é a de que, até dezembro, programa municipal melhore asfalto de 50 quilômetros de vias ao custo de R$ 50 mi

Bia Moço
Do Diário do Grande ABC

24/04/2019 | 07:00


 A Prefeitura de Santo André anunciou, na tarde de ontem, nova etapa do programa Rua Nova, lançado no ano passado e que tem o objetivo de recapear 200 quilômetros de vias da cidade até o fim do próximo ano.

A segunda fase das melhorias começou pela Rua Espanha, no Parque das Nações, e deve seguir por demais vias do 2º Subdistrito. A meta é recapear 50 quilômetros de vias principais e secundárias, além de realizar obras de drenagem até dezembro.

O prefeito Paulo Serra (PSDB) afirmou que, em maio, áreas como a Vila Luzita, Jardim Santo André e Cata Preta, assim como a região do Centro expandido, serão beneficiadas com o programa. O investimento para as obras deste ano, oriundo do Semasa (Serviço Municipal de Saneamento Ambiental de Santo André), está avaliado em R$ 50 milhões.

“Diagnosticamos regiões da cidade que têm necessidade de drenagem e recapeamento para realizar este programa conjunto, que prevê a melhoria da captação de água, combate às enchentes, sistema de drenagem e também melhorar a qualidade do pavimento”, explicou o prefeito.

De acordo com o chefe do Executivo, a Rua Espanha foi diagnosticada como “uma das piores de Santo André” quando levados em conta dois critérios (pavimento e drenagem). “Para o ano que vem, faremos mais 150 quilômetros de asfalto e drenagem, totalizando 200 quilômetros de intervenções”, garantiu Paulo Serra.

Para o prefeito, os problemas de infraestrutura da cidade são resultado de “descaso das gestões anteriores” devido à falta de intervenções, o que deixou o asfalto deteriorado. “A cidade não tinha um projeto como este desde 1996. Ou seja, quase 20 anos de descaso do poder público. Temos dois grandes problemas embutidos nisso. A captação de água e enchentes, que queremos minimizar, e a qualidade das ruas e avenidas, com a alta quantidade de buracos sanada”, ressaltou Paulo Serra.

 

PRIMEIRA ETAPA

A fase inicial do Rua Nova contemplou vias dos bairros Jardim, Campestre, Alzira Franco, Utinga, Vila Alzira, Jardim do Estádio, Bangú e Centreville. Desde o lançamento do programa, a Prefeitura já recuperou 30 quilômetros de asfalto.

 

 

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;