Fechar
Publicidade

Domingo, 21 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

DEM ameaça deixar a sessão de votação da reforma da Previdência



23/04/2019 | 17:39


O DEM ameaçou deixar a sessão de votação da reforma da Previdência depois que a líder do governo no Congresso, Joice Hasselmann (PSL-SP), fez um discurso inflamado, aos gritos, contra a tentativa da oposição de obstruir a tramitação da proposta. "Mais uma fala do governo e o DEM se retira da votação", avisou o deputado Arthur Oliveira Maia (DEM-BA). Ele ficou irritado porque não é primeira vez que Joice quebra acordo da base para que os deputados não usem tempo de fala na sessão para agilizar os trabalhos.

Aos gritos, Joice criticou a procrastinação da votação da reforma na CCJ. "Já deu essa discussão. Não podemos mais empurrar com a barriga", disse Joice. Segundo ela, não há sigilo dos dados da Previdência. Joice defendeu que o debate do impacto da reforma seja feito na comissão especial.

"Será que tenho que dar aula? Aqui se discute constitucionalidade", ironizou. "Senhores, está ficando feio. População quer que essa comissão trabalhe", acrescentou.

A líder do governo acusou a oposição de fazer conversa fiada e de serem "paladinos da calculadora previdenciária".

"A oposição que vote contra, mas que deixe a gente fazer trabalho", disse ela, avisando que na próxima semana já há um novo feriado a atrapalhar o calendário reforma.

"A oposição não está preocupada com o País. Oposição parece jardim de infância. É um show de irresponsabilidade", gritou ela no momento em que a oposição ensaiava novo tumulto.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

DEM ameaça deixar a sessão de votação da reforma da Previdência


23/04/2019 | 17:39


O DEM ameaçou deixar a sessão de votação da reforma da Previdência depois que a líder do governo no Congresso, Joice Hasselmann (PSL-SP), fez um discurso inflamado, aos gritos, contra a tentativa da oposição de obstruir a tramitação da proposta. "Mais uma fala do governo e o DEM se retira da votação", avisou o deputado Arthur Oliveira Maia (DEM-BA). Ele ficou irritado porque não é primeira vez que Joice quebra acordo da base para que os deputados não usem tempo de fala na sessão para agilizar os trabalhos.

Aos gritos, Joice criticou a procrastinação da votação da reforma na CCJ. "Já deu essa discussão. Não podemos mais empurrar com a barriga", disse Joice. Segundo ela, não há sigilo dos dados da Previdência. Joice defendeu que o debate do impacto da reforma seja feito na comissão especial.

"Será que tenho que dar aula? Aqui se discute constitucionalidade", ironizou. "Senhores, está ficando feio. População quer que essa comissão trabalhe", acrescentou.

A líder do governo acusou a oposição de fazer conversa fiada e de serem "paladinos da calculadora previdenciária".

"A oposição que vote contra, mas que deixe a gente fazer trabalho", disse ela, avisando que na próxima semana já há um novo feriado a atrapalhar o calendário reforma.

"A oposição não está preocupada com o País. Oposição parece jardim de infância. É um show de irresponsabilidade", gritou ela no momento em que a oposição ensaiava novo tumulto.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;