Fechar
Publicidade

Domingo, 19 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Vitor Hugo diz que instalação da comissão especial será na quinta-feira



23/04/2019 | 15:16


O líder do governo na Câmara, deputado Major Vitor Hugo (PSL-GO), disse nesta terça-feira, 23, que a instalação da comissão especial que analisará a proposta de reforma da Previdência se dará na próxima quinta-feira (25), mas a primeira reunião de trabalho do colegiado deve ocorrer apenas em 7 de maio, após o feriado.

A instalação será feita na quinta-feira para dar uma sinalização positiva de que a Câmara está empenhada na tramitação da reforma. Mas, segundo ele, o feriado de 1º de maio dificulta a obtenção de quórum para inaugurar os trabalhos da comissão que discutirá o mérito da proposta.

O líder evitou dizer que o calendário pode prejudicar o objetivo do governo de aprovar a proposta no plenário da Câmara ainda no primeiro semestre deste ano. A comissão especial tem o prazo de até 40 sessões para discutir o mérito da reforma. Vitor Hugo não quis estimar quantas serão usadas. Na reforma do ex-presidente Michel Temer, não se chegou à metade desse prazo.

"Não quero estabelecer cronograma (de tramitação)", afirmou o líder. Ele disse, porém, que o governo está trabalhando para construir maioria "o mais rápido possível".

A reforma deve ter sua admissibilidade votada nesta terça na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara. A sessão estava marcada para 14h30, mas começou por volta das 15h.

Segundo Major Vitor Hugo, há sobre a mesa sete requerimentos integrantes do "kit obstrução" da oposição: um para inversão de pauta, um para retirada da reforma de pauta e cinco para adiamento da sessão. Eles precisarão ser votados individualmente. Por isso, a previsão dele é que a sessão se estenda para depois das 21h.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Vitor Hugo diz que instalação da comissão especial será na quinta-feira


23/04/2019 | 15:16


O líder do governo na Câmara, deputado Major Vitor Hugo (PSL-GO), disse nesta terça-feira, 23, que a instalação da comissão especial que analisará a proposta de reforma da Previdência se dará na próxima quinta-feira (25), mas a primeira reunião de trabalho do colegiado deve ocorrer apenas em 7 de maio, após o feriado.

A instalação será feita na quinta-feira para dar uma sinalização positiva de que a Câmara está empenhada na tramitação da reforma. Mas, segundo ele, o feriado de 1º de maio dificulta a obtenção de quórum para inaugurar os trabalhos da comissão que discutirá o mérito da proposta.

O líder evitou dizer que o calendário pode prejudicar o objetivo do governo de aprovar a proposta no plenário da Câmara ainda no primeiro semestre deste ano. A comissão especial tem o prazo de até 40 sessões para discutir o mérito da reforma. Vitor Hugo não quis estimar quantas serão usadas. Na reforma do ex-presidente Michel Temer, não se chegou à metade desse prazo.

"Não quero estabelecer cronograma (de tramitação)", afirmou o líder. Ele disse, porém, que o governo está trabalhando para construir maioria "o mais rápido possível".

A reforma deve ter sua admissibilidade votada nesta terça na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) da Câmara. A sessão estava marcada para 14h30, mas começou por volta das 15h.

Segundo Major Vitor Hugo, há sobre a mesa sete requerimentos integrantes do "kit obstrução" da oposição: um para inversão de pauta, um para retirada da reforma de pauta e cinco para adiamento da sessão. Eles precisarão ser votados individualmente. Por isso, a previsão dele é que a sessão se estenda para depois das 21h.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;