Fechar
Publicidade

Domingo, 19 de Maio

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Esportes

esportes@dgabc.com.br | 4435-8384

Zverev é surpreendido por chileno, sofre virada e cai na estreia em Barcelona



23/04/2019 | 13:28


Cabeça de chave número 2 do Torneio de Barcelona, o alemão Alexander Zverev foi surpreendido em sua estreia no ATP 500 espanhol ao ser derrotado pelo chileno Nicolas Jarry, de virada, por 2 sets a 1, com parciais de 3/6, 7/5 e 7/6 (7/5). Hoje na 81ª posição do ranking mundial, o tenista sul-americano acabou triunfando em uma batalha de 2h33min no saibro da competição preparatória para Roland Garros, Grand Slam que será realizado entre os dias 9 e 26 de maio, em Paris.

Essa foi a primeira vez que Jarry encarou Zverev, atual terceiro colocado do ranking mundial, no circuito profissional da ATP. E com o surpreendente triunfo, o chileno de 23 anos avançou à segunda rodada do evento catalão e se credenciou para encarar o ganhador da partida entre o búlgaro Grigor Dimitrov e o espanhol Fernando Verdasco, programada para esta quarta-feira.

Antes de sofrer uma virada do chileno, o alemão deu a impressão de que superaria Jarry com facilidade ao ganhar o primeiro set sem oferecer nenhuma chance de quebra de saque ao rival e converter um de três break points. Porém, o chileno iniciou uma grande reação na segunda parcial, na qual também confirmou todos os seus serviços e aproveitou uma de cinco oportunidades de quebra para fazer 7/5 e empatar o duelo.

O terceiro set, o mais equilibrado da partida, foi marcado pela instabilidade dos dois tenistas, pois cada um foi superado com o saque na mão por três vezes, fato que levou a disputa ao tie-break. No desempate, o jogador do Chile lutou muito e foi um pouco melhor para aplicar o 7/5 que despachou o favorito da competição.

OUTROS JOGOS - Outras sete partidas da chave de simples de Barcelona já foram encerradas nesta terça-feira. Em uma delas, o espanhol David Ferrer arrasou o alemão Mischa Zverev, irmão do atual número 3 da ATP, por 6/3 e 6/1. Este é o penúltimo torneio da carreira do veterano tenista de 37 anos, ex-Top 10 que hoje ocupa a 155ª posição do ranking, pois ele marcou o seu adeus às quadras para o Masters 1000 de Madri, próximo evento do seu calendário e que ocorrerá entre os dias 5 e 12 de maio.

Com o triunfo sobre o atual 96º tenista do mundo, Ferrer avançou para encarar o francês Lucas Pouille, 15º cabeça de chave, que estreia direto na segunda rodada na competição catalã. Caso volte a vencer, o jogador da casa tem boa chance de encarar nas oitavas de final o seu compatriota Rafael Nadal, vice-líder do ranking mundial, que abrirá campanha diante do argentino Leonardo Mayer na quarta-feira.

NISHIKORI VENCE - O japonês Kei Nishikori, por sua vez, confirmou a sua condição de quarto cabeça de chave na estreia ao bater o norte-americano Taylor Fritz por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/2, e avançou às oitavas de final. O seu próximo rival sairá da partida entre o canadense Felix Auger-Aliassime e o tunisiano Malek Jaziri. Este último iniciou a sua campanha nesta terça-feira derrotando o argentino Guido Andreozzi por 2 sets a 1, de virada, com 6/7 (3/6), 6/4 e 6/2.

Outros três espanhóis estrearam com vitórias nesta terça em Barcelona. Um deles foi

Albert Ramos-Viñolas, que bateu o britânico Cameron Norrie por duplo 6/2, enquanto Jaume Munar eliminou o norte-americano Frances Tiafoe por 6/4 e 6/3. O outro tenista da casa que ganhou na primeira rodada foi a promessa Nicola Kuhn, de 19 anos, que derrotou o argentino Federico Delbonis por 2 sets a 1, com 7/6 (7/3), 4/6 e 6/2.

Assim, o jovem espanhol se credenciou para ser o rival de estreia do italiano Fabio Fognini, campeão do Masters 1000 de Montecarlo, no último domingo, um dia depois de desbancado o favoritismo de Rafael Nadal nas semifinais com uma grande exibição diante do 11 vezes vencedor do torneio monegasco.

Já o primeiro adversário do canadense Denis Shapovalov, nono cabeça de chave em Barcelona, será o chileno Cristian Garin, que em outro duelo do dia derrotou o eslovaco Martin Klizan por 2 sets a 0, com 7/5 e 6/4.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Zverev é surpreendido por chileno, sofre virada e cai na estreia em Barcelona


23/04/2019 | 13:28


Cabeça de chave número 2 do Torneio de Barcelona, o alemão Alexander Zverev foi surpreendido em sua estreia no ATP 500 espanhol ao ser derrotado pelo chileno Nicolas Jarry, de virada, por 2 sets a 1, com parciais de 3/6, 7/5 e 7/6 (7/5). Hoje na 81ª posição do ranking mundial, o tenista sul-americano acabou triunfando em uma batalha de 2h33min no saibro da competição preparatória para Roland Garros, Grand Slam que será realizado entre os dias 9 e 26 de maio, em Paris.

Essa foi a primeira vez que Jarry encarou Zverev, atual terceiro colocado do ranking mundial, no circuito profissional da ATP. E com o surpreendente triunfo, o chileno de 23 anos avançou à segunda rodada do evento catalão e se credenciou para encarar o ganhador da partida entre o búlgaro Grigor Dimitrov e o espanhol Fernando Verdasco, programada para esta quarta-feira.

Antes de sofrer uma virada do chileno, o alemão deu a impressão de que superaria Jarry com facilidade ao ganhar o primeiro set sem oferecer nenhuma chance de quebra de saque ao rival e converter um de três break points. Porém, o chileno iniciou uma grande reação na segunda parcial, na qual também confirmou todos os seus serviços e aproveitou uma de cinco oportunidades de quebra para fazer 7/5 e empatar o duelo.

O terceiro set, o mais equilibrado da partida, foi marcado pela instabilidade dos dois tenistas, pois cada um foi superado com o saque na mão por três vezes, fato que levou a disputa ao tie-break. No desempate, o jogador do Chile lutou muito e foi um pouco melhor para aplicar o 7/5 que despachou o favorito da competição.

OUTROS JOGOS - Outras sete partidas da chave de simples de Barcelona já foram encerradas nesta terça-feira. Em uma delas, o espanhol David Ferrer arrasou o alemão Mischa Zverev, irmão do atual número 3 da ATP, por 6/3 e 6/1. Este é o penúltimo torneio da carreira do veterano tenista de 37 anos, ex-Top 10 que hoje ocupa a 155ª posição do ranking, pois ele marcou o seu adeus às quadras para o Masters 1000 de Madri, próximo evento do seu calendário e que ocorrerá entre os dias 5 e 12 de maio.

Com o triunfo sobre o atual 96º tenista do mundo, Ferrer avançou para encarar o francês Lucas Pouille, 15º cabeça de chave, que estreia direto na segunda rodada na competição catalã. Caso volte a vencer, o jogador da casa tem boa chance de encarar nas oitavas de final o seu compatriota Rafael Nadal, vice-líder do ranking mundial, que abrirá campanha diante do argentino Leonardo Mayer na quarta-feira.

NISHIKORI VENCE - O japonês Kei Nishikori, por sua vez, confirmou a sua condição de quarto cabeça de chave na estreia ao bater o norte-americano Taylor Fritz por 2 sets a 0, com parciais de 7/5 e 6/2, e avançou às oitavas de final. O seu próximo rival sairá da partida entre o canadense Felix Auger-Aliassime e o tunisiano Malek Jaziri. Este último iniciou a sua campanha nesta terça-feira derrotando o argentino Guido Andreozzi por 2 sets a 1, de virada, com 6/7 (3/6), 6/4 e 6/2.

Outros três espanhóis estrearam com vitórias nesta terça em Barcelona. Um deles foi

Albert Ramos-Viñolas, que bateu o britânico Cameron Norrie por duplo 6/2, enquanto Jaume Munar eliminou o norte-americano Frances Tiafoe por 6/4 e 6/3. O outro tenista da casa que ganhou na primeira rodada foi a promessa Nicola Kuhn, de 19 anos, que derrotou o argentino Federico Delbonis por 2 sets a 1, com 7/6 (7/3), 4/6 e 6/2.

Assim, o jovem espanhol se credenciou para ser o rival de estreia do italiano Fabio Fognini, campeão do Masters 1000 de Montecarlo, no último domingo, um dia depois de desbancado o favoritismo de Rafael Nadal nas semifinais com uma grande exibição diante do 11 vezes vencedor do torneio monegasco.

Já o primeiro adversário do canadense Denis Shapovalov, nono cabeça de chave em Barcelona, será o chileno Cristian Garin, que em outro duelo do dia derrotou o eslovaco Martin Klizan por 2 sets a 0, com 7/5 e 6/4.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;