Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 23 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Automóveis

automoveis@dgabc.com.br | 4435-8337

Montadoras buscam inovação em startups

Divulgação Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra

Questões como conectividade, mobilidade e energia limpa impulsionam trabalho dos fabricantes


Nilton Valentim
Do Diário do Grande ABC

19/04/2019 | 08:53


É fato que a indústria automobilística é responsável por avanços tecnológicos. E para que isso ocorra, o setor se cerca de profissionais de destaque em áreas como engenharia e design. Mas nos dias atuais isso nem sempre é suficiente, e as montadoras precisam buscar ‘novas cabeças’ para continuar inovando.

Questões como conectividade, mobilidade, energia limpa ou até mesmo como será o modelo do carro do futuro, impulsionam e balizam o trabalho dos fabricantes. E tais soluções nem sempre são propostas por quem utiliza o crachá da empresa.

De olho na criatividade, Renault, Nissan e Mitsubishi criaram a Alliance Ventures, com verba de US$ 1 bilhão para investir em startups, que já está presente no Vale do Silício (Estados Unidos), Amsterdã (Holanda), Paris (França), Xangai (China), Tóquio (Japão) e Tel Aviv (Israel).

Ontem, a marca francesa inaugurou o Renault Lab, localizado no Cubo, em São Paulo. O espaço, que foi fundado em 2015, abriga 120 startups e é considerado o maior polo de fomento ao empreendedorismo tecnológico da América Latina.

No local, a Renault pretende utilizar o conceito do espaço que é conectar em um só lugar empreendedores, grandes empresas, investidores e universidades para inovar, buscar novos modelos de negócio, novas formas de trabalhar. Além disso, a marca disponibiliza um carro modelo Zoe, movido a energia elétrica, para ser compartilhado entre os usuários do prédio. O sistema é acessado via plataforma Joycar, startup presente no Cubo, e o carregador utilizado para abastecer o veículo é em parceria com a Efacec. O aluguel custa R$ 6 por 15 minutos.
“Queremos marcar presença neste ecossistema para oferecer nossas soluções, desenvolver projetos inovadores de mobilidade sustentável e também para a fábrica 4.0”, afirma Ricardo Gondo, presidente da Renault do Brasil.

CONDOMÍNIO
Hoje a Renault já disponibiliza o uso compartilhado de veículos para os funcionários de São José dos Pinhais por meio de aplicativo. Outra iniciativa da marca é desenvolvida junto a uma construtora em Belo Horizonte, em Minas Gerais, moradores de um condomínio têm dois Zoe que podem ser compartilhados. Esse serviço deverá chegar também a São Paulo, em conjunto de prédios que será construído.
No mundo, a empresa realiza iniciativas semelhantes em cidades como Madri (Espanha) e Paris (França). Nelas é possível reservar e utilizar carros como o Zoe e o pequeno Twizy, ambos elétricos. As reservas são feitas por aplicativos e o preço cobrado no cartão de crédito.  



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Montadoras buscam inovação em startups

Questões como conectividade, mobilidade e energia limpa impulsionam trabalho dos fabricantes

Nilton Valentim
Do Diário do Grande ABC

19/04/2019 | 08:53


É fato que a indústria automobilística é responsável por avanços tecnológicos. E para que isso ocorra, o setor se cerca de profissionais de destaque em áreas como engenharia e design. Mas nos dias atuais isso nem sempre é suficiente, e as montadoras precisam buscar ‘novas cabeças’ para continuar inovando.

Questões como conectividade, mobilidade, energia limpa ou até mesmo como será o modelo do carro do futuro, impulsionam e balizam o trabalho dos fabricantes. E tais soluções nem sempre são propostas por quem utiliza o crachá da empresa.

De olho na criatividade, Renault, Nissan e Mitsubishi criaram a Alliance Ventures, com verba de US$ 1 bilhão para investir em startups, que já está presente no Vale do Silício (Estados Unidos), Amsterdã (Holanda), Paris (França), Xangai (China), Tóquio (Japão) e Tel Aviv (Israel).

Ontem, a marca francesa inaugurou o Renault Lab, localizado no Cubo, em São Paulo. O espaço, que foi fundado em 2015, abriga 120 startups e é considerado o maior polo de fomento ao empreendedorismo tecnológico da América Latina.

No local, a Renault pretende utilizar o conceito do espaço que é conectar em um só lugar empreendedores, grandes empresas, investidores e universidades para inovar, buscar novos modelos de negócio, novas formas de trabalhar. Além disso, a marca disponibiliza um carro modelo Zoe, movido a energia elétrica, para ser compartilhado entre os usuários do prédio. O sistema é acessado via plataforma Joycar, startup presente no Cubo, e o carregador utilizado para abastecer o veículo é em parceria com a Efacec. O aluguel custa R$ 6 por 15 minutos.
“Queremos marcar presença neste ecossistema para oferecer nossas soluções, desenvolver projetos inovadores de mobilidade sustentável e também para a fábrica 4.0”, afirma Ricardo Gondo, presidente da Renault do Brasil.

CONDOMÍNIO
Hoje a Renault já disponibiliza o uso compartilhado de veículos para os funcionários de São José dos Pinhais por meio de aplicativo. Outra iniciativa da marca é desenvolvida junto a uma construtora em Belo Horizonte, em Minas Gerais, moradores de um condomínio têm dois Zoe que podem ser compartilhados. Esse serviço deverá chegar também a São Paulo, em conjunto de prédios que será construído.
No mundo, a empresa realiza iniciativas semelhantes em cidades como Madri (Espanha) e Paris (França). Nelas é possível reservar e utilizar carros como o Zoe e o pequeno Twizy, ambos elétricos. As reservas são feitas por aplicativos e o preço cobrado no cartão de crédito.  

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;