Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 19 de Junho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Economia

soraiapedrozo@dgabc.com.br | 4435-8057

Guedes promete sequência de medidas 'fortes' para estimular a economia

Fernando Frazão/Agência Brasil Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


18/04/2019 | 00:43


O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que o governo já tem preparada uma série de medidas "extraordinariamente fortes" para estimular a economia. "Choque da energia barata, pacto federativo, redução e simplificação de impostos, privatizações", relatou o ministro, em entrevista à GloboNews na noite da quarta-feira, 17. Guedes reiterou, porém, que a reforma da Previdência é absolutamente necessária para equacionar a situação fiscal doméstica.

O ministro disse ainda que investidores estrangeiros estão entusiasmados para aportar recursos no Brasil. Quando questionado sobre a imagem do País no exterior, reconheceu que ela é "péssima", mas atribuiu isso aos governos do PT.

Sobre declarações Jair Bolsonaro que repercutiram mal no exterior, o ministro disse ainda que o presidente deve entender que suas opiniões "têm consequências". Avaliou, porém, que há quem apoie as ideias de Bolsonaro. "Quem votou no Trump e no Brexit deve ter gostado das declarações", disse.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Guedes promete sequência de medidas 'fortes' para estimular a economia


18/04/2019 | 00:43


O ministro da Economia, Paulo Guedes, disse que o governo já tem preparada uma série de medidas "extraordinariamente fortes" para estimular a economia. "Choque da energia barata, pacto federativo, redução e simplificação de impostos, privatizações", relatou o ministro, em entrevista à GloboNews na noite da quarta-feira, 17. Guedes reiterou, porém, que a reforma da Previdência é absolutamente necessária para equacionar a situação fiscal doméstica.

O ministro disse ainda que investidores estrangeiros estão entusiasmados para aportar recursos no Brasil. Quando questionado sobre a imagem do País no exterior, reconheceu que ela é "péssima", mas atribuiu isso aos governos do PT.

Sobre declarações Jair Bolsonaro que repercutiram mal no exterior, o ministro disse ainda que o presidente deve entender que suas opiniões "têm consequências". Avaliou, porém, que há quem apoie as ideias de Bolsonaro. "Quem votou no Trump e no Brexit deve ter gostado das declarações", disse.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;