Fechar
Publicidade

Quinta-Feira, 22 de Agosto

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Senado aprova MP que extingue acordo com Ucrânia para uso da Base de Alcântara



16/04/2019 | 19:57


O Senado aprovou, nesta terça-feira, 16, a Medida Provisória que extingue a empresa binacional Alcântara Cyclone Space, criada para explorar comercialmente o lançamento de satélites na Base de Alcântara, no Maranhão. A medida, editada pelo governo do ex-presidente Michel Temer, teve apoio de líderes do governo do presidente Jair Bolsonaro para aprovação.

Integrantes do governo argumentam que o acordo com a Ucrânia só trouxe gastos desnecessários desde 2003, quando a empresa foi criada, e - mesmo não impedindo o acordo de salvaguarda assinado entre o Brasil e os Estados Unidos - evita uma "chateação" na relação com os norte-americanos.

A medida vai para promulgação, já que foi aprovada anteriormente na Câmara e teria prazo de análise do Congresso esgotado no dia 2 de maio.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Senado aprova MP que extingue acordo com Ucrânia para uso da Base de Alcântara


16/04/2019 | 19:57


O Senado aprovou, nesta terça-feira, 16, a Medida Provisória que extingue a empresa binacional Alcântara Cyclone Space, criada para explorar comercialmente o lançamento de satélites na Base de Alcântara, no Maranhão. A medida, editada pelo governo do ex-presidente Michel Temer, teve apoio de líderes do governo do presidente Jair Bolsonaro para aprovação.

Integrantes do governo argumentam que o acordo com a Ucrânia só trouxe gastos desnecessários desde 2003, quando a empresa foi criada, e - mesmo não impedindo o acordo de salvaguarda assinado entre o Brasil e os Estados Unidos - evita uma "chateação" na relação com os norte-americanos.

A medida vai para promulgação, já que foi aprovada anteriormente na Câmara e teria prazo de análise do Congresso esgotado no dia 2 de maio.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;