Fechar
Publicidade

Sexta-Feira, 18 de Outubro

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Cultura & Lazer

cultura@dgabc.com.br | 4435-8364

Peça aborda problemas em concurso de miss Brasil

Humorístico é atração sábado, a partir das 20h, no Municipal de Santo André


Vinícius Castelli

17/04/2019 | 07:28


De forma divertida, assuntos pertinentes viram pauta e são abordados no palco por meio do espetáculo teatral Miss Brasil Sou Eu, opção da agenda do Teatro Municipal de Santo André (Praça IV Centenário) no sábado, a partir das 20h. As entradas custam de R$ 25 a R$ 50 (www.bilheteriaexpress.com.br).

Com texto e direção de Ronaldo Ciambroni, a peça mostra como um evento, que deveria ser tranquilo, como a disputa pela vaga de miss Brasil, acaba virando confusão. No palco os atores vivem o separatismo da miss Rio Grande do Sul e o regionalismo de miss Paraíba, além da a hostilidade entre as misses São Paulo e Rio de Janeiro. Para piorar, a pessoa que deveria passar a faixa para a próxima miss, por conta do ego, não o faz.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Peça aborda problemas em concurso de miss Brasil

Humorístico é atração sábado, a partir das 20h, no Municipal de Santo André

Vinícius Castelli

17/04/2019 | 07:28


De forma divertida, assuntos pertinentes viram pauta e são abordados no palco por meio do espetáculo teatral Miss Brasil Sou Eu, opção da agenda do Teatro Municipal de Santo André (Praça IV Centenário) no sábado, a partir das 20h. As entradas custam de R$ 25 a R$ 50 (www.bilheteriaexpress.com.br).

Com texto e direção de Ronaldo Ciambroni, a peça mostra como um evento, que deveria ser tranquilo, como a disputa pela vaga de miss Brasil, acaba virando confusão. No palco os atores vivem o separatismo da miss Rio Grande do Sul e o regionalismo de miss Paraíba, além da a hostilidade entre as misses São Paulo e Rio de Janeiro. Para piorar, a pessoa que deveria passar a faixa para a próxima miss, por conta do ego, não o faz.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;