Fechar
Publicidade

Quarta-Feira, 17 de Julho

|

Max º Min º
Clima da Região Trânsito Assine Clube do Assinante Diário Virtual Login

Política

politica@dgabc.com.br | 4435-8391

Confronto entre Poderes não ajuda a construir democracia, afirma Doria

Denis Maciel/DGABC  Diário do Grande ABC - Notícias e informações do Grande ABC: Santo André, São Bernardo, São Caetano, Diadema, Mauá, Ribeirão Pires e Rio Grande da Serra


16/04/2019 | 09:47


O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), disse na manhã desta terça-feira, 16, ao Broadcast Político que o confronto entre Poderes é prejudicial ao País e que não vai ajudar na construção da democracia nem na aprovação da reforma da Previdência.

Questionado sobre as buscas e apreensões em decorrência do inquérito que apura ofensas a ministros do Supremo Tribunal Federal, o tucano disse que não havia tomado conhecimento da operação, mas que é necessário respeitar as instituições.

"O Brasil precisa de paz, precisa de equilíbrio, de serenidade, não pode haver confrontos entre Judiciário, Legislativo e Executivo", disse. "Isso não contribuiu ao Brasil, isso não vai ajudar a construir nem a democracia nem a aprovação da reforma da Previdência, nem dar ao País a calma e a tranquilidade dentro do exercício democrático para o avanço da economia e o respeito às instituições."

Questionado sobre o adiamento da apreciação da reforma da Previdência na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), Doria limitou-se a dizer que "agora já tá feito". "Vamos recuperar o tempo perdido. Não vai atrapalhar a reforma", disse o governador paulista.



Comentários

Atenção! Os comentários do site são via Facebook. Lembre-se de que o comentário é de inteira responsabilidade do autor e não expressa a opinião do jornal. Comentários que violem a lei, a moral e os bons costumes ou violem direitos de terceiros poderão ser denunciados pelos usuários e sua conta poderá ser banida.

Confronto entre Poderes não ajuda a construir democracia, afirma Doria


16/04/2019 | 09:47


O governador de São Paulo, João Doria (PSDB), disse na manhã desta terça-feira, 16, ao Broadcast Político que o confronto entre Poderes é prejudicial ao País e que não vai ajudar na construção da democracia nem na aprovação da reforma da Previdência.

Questionado sobre as buscas e apreensões em decorrência do inquérito que apura ofensas a ministros do Supremo Tribunal Federal, o tucano disse que não havia tomado conhecimento da operação, mas que é necessário respeitar as instituições.

"O Brasil precisa de paz, precisa de equilíbrio, de serenidade, não pode haver confrontos entre Judiciário, Legislativo e Executivo", disse. "Isso não contribuiu ao Brasil, isso não vai ajudar a construir nem a democracia nem a aprovação da reforma da Previdência, nem dar ao País a calma e a tranquilidade dentro do exercício democrático para o avanço da economia e o respeito às instituições."

Questionado sobre o adiamento da apreciação da reforma da Previdência na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), Doria limitou-se a dizer que "agora já tá feito". "Vamos recuperar o tempo perdido. Não vai atrapalhar a reforma", disse o governador paulista.

Ao acessar você concorda com a nossa Política de Privacidade.


Para continuar, faça o seu login:


  • Aceito receber novidades e ofertas do Diário do Grande ABC e parceiros por
    correio eletrônico, mala direta, SMS ou outros meios de comunicação.


Ou acesse todo o conteúdo de forma ilimitada:

Veja como ter acesso a todo o conteúdo de forma ilimitada:

Copyright © 1995-2017 - Todos direitos reservados

;